Month: April 2013

Exibição de Sebastião Salgado em Londres chega às últimas semanas

© Sebastião Salgado / Amazonas Images
© Sebastião Salgado / Amazonas Images

A mostra do fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado em Londres chega às últimas semanas. Resultado de um trabalho desenvolvido ao longo de oito anos, a exibição “Genesis”, em cartaz até o dia 8 de setembro no National History Museum, traz 200 fotos em branco-e-preto que celebram o poder da natureza intocada e examinam a relação entre o homem e a fragilidade do nosso planeta.

“Genesis fala de iniciações, de um planeta intocado, de suas mais prístinas regiões, de estilos de vida tradicionais e em harmonia com a natureza. Eu quis visitar lugares intocados e que continuam assim até hoje. Eu quero que o público veja nosso planeta com um olhar diferente e que se sintam tocados por isso”, disse Salgado ao Museu de História Natural de Londres, local sede da exibição.

Para desenvolver o projeto Genesis, o fotógrafo brasileiro percorreu regiões isoladas em 32 países, viajando a pé, de avião, de barco e de canoa. A exibição leva o público a vulcões nas Ilhas Galápagos, pinguins e baleias da Antártida, além de uma tribo indígena da Amazônia.

Onde
Museu de História Natural de Londres
Cromwell Road
SW 7 5BD
Estação de metro mais próxima – South Kensigton (Piccadilly Line)

Quando
De 11 de Abril a 8 de Setembro de 2013

Quanto
Adultos – £ 10
Crianças  – £ 5

Contatos
020 7942 5000
www.nhm.ac.uk

Documentário celebra os muitos sotaques da Língua Portuguesa

Para celebrar o dia da Língua Portuguesa neste 5 de maio, a Queen Mary University of London exibe o documentário “Língua – Vidas em Português”. O longa, produzido em 2002, traz entrevistas com ilustres representantes da língua, como o escritor português José Saramago, o compositor e sambista brasileiro, Martinho da Vila, e com o escritor moçambicano, Mia Couto.

No documentário, entrevistados defendem a ideia de que não existe uma língua única chamada português, mas línguas diversas “faladas” em português. Prato cheio para quem curte diferença de sotaques e expressões, para os amantes da poesia e da música, o filme será exibido na terça-feira, dia 7 de maio, às 17h, no  Hitchcock Cinema.

Onde

Hitchcock Cinema (Arts One G.19)

327 Mile End Road

London E14 NS (Mile End Tube Station)

Quando

7 de Maio, às 17h

Parceiros de britânicos vítimas de violência doméstica podem requerer visto para permanecer no Reino Unido

Mulheres, maridos e parceiros de britânicos vítimas de violência doméstica podem requerer permissão para viver no Reino Unido indefinidamente, mesmo se romperem a relação antes do período de cinco anos.  A mesma regra vale para vítimas que estejam casadas ou sejam parceiras de pessoas que possuem o visto de residência definitiva no Reino Unido.

Para conseguir o visto de residência permanente, conhecido como ILR (Indefinite Leave to Remain), a vítima de violência doméstica precisa, em primeiro lugar, comprovar que sua relação era legítima, ou seja, que o casamento ou união estável não existiam apenas para a obtenção do visto.

A pessoa também precisa apresentar provas dos abusos que sofreu e comprovar que a relação foi rompida em razão de violência doméstica. O Home Office, órgão do governo responsável por assuntos de imigração, não especifica quais são as evidências aceitas como prova de abuso doméstico, mas recomenda que as vítimas procurem a polícia e denunciem o agressor ou discutam sobre o problema durantes sessões de aconselhamento, por exemplo.

Benefícios

Durante o andamento do processo do pedido de visto, a vítima de violência doméstica pode ter acesso a benefícios públicos por um período máximo de três meses. Cabe ao governo, no entanto, decidir se a pessoa deve ou não receber auxílio financeiro.

Como buscar ajuda

Se você é vítima de violência doméstica, saiba que o Reino Unido conta com ONGs e órgãos oficiais para auxilia-la (o). Aqui, o link de acesso para alguma dessas organizações (http://www.ukba.homeoffice.gov.uk/sitecontent/documents/residency/domestic-violence-help.pdf).

 

Conheça as lendas e os mistérios do interior da Inglaterra

Se você é apaixonado por passeios históricos, tem paixão por lendas e sempre adorou filmes de reis e cavaleiros, preste atenção neste roteiro cheio de mistério.

Visite Avenbury, o único vilarejo da Inglaterra construído dentro de um círculo de pedras. É neste vilarejo que está localizado o famoso Red Lion Pub, com mais de 400 anos de história. Segundo a lenda britânica, fantasmas costumam “visitar” o local. Enquanto você curte a sua “pint”, nome dado ao chope pelos ingleses, fique de olhos abertos. Com um pouco de sorte, imaginação ou depois de umas cervejas a mais, talvez você consiga ver a mulher mais famosa deste pub, a lady Florre. Depois de a Guerra Civil Inglesa (1642 – 1951), Lady Florre foi assassinada pelo marido ao ser encontrada com um amante. Dizem, no entanto, que apesar do final trágico, lady Florre continua a “passear” pelo pub.

Depois do chope em Avenbury, conheça a mística Stonehenge, considerada patrimônio da Humanidade pela Unesco graças ao sítio arqueológico. Quem for ali, poderá visitar aneis feitos de pedras, erguidos provavelmente no ano 3100 a.C, e construídos possivelmente para a celebração de rituais religiosos.

Para os amantes de histórias de reis e cavaleiros, prato cheio é o passeio a Glastonbury Abbey. A abadia pode ter sido o primeiro local onde o lendário Rei Arthur foi enterrado. Ao nome do rei associam-se figuras como a do mago Merlim, da rainha Guinevere, dos Cavaleiros da Távola Redonda e da espada de Excalibur.

O roteiro também inclui uma noite de hospedagem em um dos hotéis da rede Hilton. Assim, depois desse verdadeiro mergulho no passado, você volta à realidade em alto estilo.

 

O pacote (£109 libras por pessoa)

  • Primeiro dia  – 25 de maio

Saída  de Londres – a partir das 9h

Visite Glastonbury e conheça as ruínas da abadia de Glastonbury e as paisagens do interior da Inglaterra

Relaxe em um dos hotéis da rede Hilton (o jantar está incluso no preço do pacote)

 

  • Segundo dia – 26 de maio

Café da manhã no hotel (incluso no preço do pacote)

Visite o sítio arqueológico de Stonehenge (entrada inclusa no preço do pacote)

Passeio guiado pelo vilarejo de Avebury e ao pub “assombrado” Red Lion

Visite West Kennet Long Barrow

Chegada a Londres  – por volta das 19h

Governo vai exigir mais de quem quiser o passaporte britânico

A partir de 28 de outubro, quem quiser conseguir residência definitiva no Reino Unido ou obter a cidadania britânica precisará cumprir com as novas exigências do governo.  Além do teste “Life in the UK” ou “ESOL Certificate with Citizenship”, o governo britânico passará a exigir dos candidatos um certificado de inglês reconhecido pelo Home Office. O certificado deverá comprovar que o aplicante possui, no mínimo, nível intermediário de inglês (B1).

Atualmente, quem deseja obter o visto de residência definitiva no Reino Unido ou o passaporte britânico, tem duas opções

  1. Comprovar que foi aprovado no teste “Life in the UK”
  2. Apresentar um certificado ESOL with Citizenship (level entry 1, 2, 3)

Europeus e familiares de europeus

Europeus e pessoas casadas com europeus (incluindo parceiros de mesmo sexo) só deverão cumprir com as novas exigências do governo caso queiram obter a cidadania britânica. Nada vai mudar para esposos ou parceiros de europeus que estiverem aplicando para o visto de residência definitiva.