Month: May 2016

Seguro-saúde para europeus

Um dos maiores benefícios de ser europeu é ter o direito de viajar pelos países da União Européia de forma segura, prática e sem vistos e nem do passaporte, você pode utilizar a carteira de motorista, por exemplo.

Porém, o que muitos esquecem, é o seguro-viagem. Para europeus a melhor alternativa é tirar, gratuitamente, o EHIC (European Health Insurance Card). Esse documento garante o acesso a tratamentos urgentes por um valor menor ou, na grande maioria das vezes, totalmente gratuito. No entanto, vale lembrar: o cartão não cobre tratamento na rede privada. Além disso, ele não dá o direito de viajar com o intuito de receber tratamento para uma já existente doença na rede pública de outro país.

Por exemplo, se você mora em Portugal e quer vir para a Inglaterra com para fazer algum tratamento, as chances são que o NHS irá recusar o tratamento. Você precisa estar turistando em outro país e sofrer um acidente e/ou alguma doença transmissível para poder receber o tratamento gratuito.

O cartão de saúde europeu é gratuito e para solicitá-lo basta um comprovante de residência na Inglaterra. Este cartão também pode ser utilizado por familiares não europeus (se os mesmos possuem o visto EEA Family permit, ou qualquer outro visto de família).

Vale lembrar que o EHIC não substitui o seguro viagem. Ele não cobre cuidados médicos privados ou custos com medicamento, como acidentes de esqui (no qual precisam resgatá-lo de helicóptero), retorno emergencial para a Inglaterra, perda e/ou roubo. Também não é válido em cruzeiros.

Também é preciso lembrar que, caso seja necessário pagar pela consulta, os valores diferem de país para país. Na Espanha, a consulta médica não é cobrada, enquanto na França você pagaria apenas 30% do valor habitual. Em Portugal, tanto consulta quanto atendimento hospitalar não tem custo, enquanto na Bélgica, a diária hospitalar custa 15 euros.

 

A LondonHelp4U é uma agência de imigração com 15 anos de experiência em processos de vistos para o Reino Unido. Nossa missão é proporcionar, cada dia mais,  acesso ao Reino Unido para imigrantes brasileiros.

Quer falar com a gente? Nos contate por telefone +55 11 3283 0906 (Brasil) ou +44 0207 636 8500 (Reino Unido) ou por e-mail info@londonhelp4u.co.uk

Tire suas dúvidas, marque uma consulta, torne processos burocráticos fáceis e rápidos com a ajuda da #LH4U.

Para mais dicas e informações sobre imigração e a Inglaterra, acompanhe nossas redes sociais.

Como se adaptar na Inglaterra como um Brasileiro

Morar na Inglaterra tornou-se algo popular para os Brasileiros. De fato, estima-se que 2.3m brasileiros vivem atualmente em UK. O que não é tão surpreendente – brasileiros e britânicos adoram esporte, em particular football e adoram a chuva (essa última pode ser uma mentira).

Então juntamos 5 coisas que surpreendem os brasileiros que vêem para a Inglaterra pela primeira vez.

  1. Topless no parque

    É só ter um raio de sol que os britânicos já lotam os parques, é muito comum observar pessoas de bikini (e muitas vezes sem bikini); Os brasileiros também gosta de “torrar no sol”, porém, na praia. Apesar de ser incomum, não vai levar muito tempo para você também se acostumar: e ir correndo pro parque assim que chegar o verão.
  2. Usando o transporte público ? Silêncio, por favor.
    Underground, Train Station, Train, Subway
    Apesar da superlotação durante “rush hours”, os londrinos não possuem o hábito de conversar durante a viagem. E se você é do tipo que adora falar no telefone/com seus amigos no metrô, não fique surpreso se ouvir um “shhhhhhhhh”.

    Aparentemente, eles gostam de manter o silêncio. A não ser para dizer “desculpa”. Eles falam “sorry” para tudo ! contato visual melhor evitar …

  3. Cerveja “quente” e “on tap/draft”(mais conhecido no Brasil como Chope)
    Beer, Restaurant, Italians, Berlin, Kurfürstendamm
    O clima da Inglaterra é frio. Talvez, para compensar isso, a cerveja não é fria. Britânicos amam uma “ale”(tipo de cerveja)- tradicionalmente servido abaixo da temperatura ambiente (temperatura da adega, na verdade).Basicamente, é quente. Mas não tem problema, durante o inverno é só ficar 5 minutos fora do pub que a cerveja fica geladinha.
  4. Abrir uma conta bancária
    Credit Car, Bank Card, Payment, Business, Debit Card
    Abrir uma conta bancária pode ser uma verdadeira missão. Principalmente para quem acabou de chegar na terra da rainha. Primeiro você precisa de um comprovante de residência, no qual precisa ter seu nome. Isso significa que: para quem alugou quarto em uma casa, e as contas estão inclusas, pode se tornar bem complicado conseguir o comprovante.

    Porém para conseguir alugar uma casa/quarto com contrato, você precisará de uma conta bancária na Inglaterra.

  5. Máquina de lavar roupa, na cozinha!
    fonte www.kitchensourcebook.co.uk
    Não há muito o que dizer aqui. É simplesmente estranho.

    (Embora se você parar para pensar, pode se tornar bem prático, se você quiser lavar suas roupas enquanto você cozinha o jantar).

    A LondonHelp4U é uma agência de imigração com 15 anos de experiência em processos de vistos para o Reino Unido. Nossa missão é proporcionar, cada dia mais,  acesso ao Reino Unido para imigrantes brasileiros.

    Quer falar com a gente? Nos contate por telefone +55 11 3283 0906 (Brasil) ou +44 0207 636 8500 (Reino Unido) ou por e-mail info@londonhelp4u.co.uk

    Tire suas dúvidas, marque uma consulta, torne processos burocráticos fáceis e rápidos com a ajuda da #LH4U.

    Para mais dicas e informações sobre imigração e a Inglaterra, acompanhe nossas redes sociais.

5 museus em Londres com entrada gratuita

 

Paraíso para os amantes das artes sem grana no bolso, Londres tem importantes museus com entrada franca permanentemente. Abaixo confira os museus que você não precisa pagar para aproveitar.

 

BRITISH MUSEUM

No British Museum, relíquias arqueológicas como a Pedra da Roseta, peça-chave para a compreensão dos hieróglifos egípcios, e os frisos do Partenon, devidamente afanados de Atenas, dividem espaço com um moderno pátio coberto projetado pelo escritório do arquiteto Norman Foster.


NATIONAL GALLERY

Na Trafalgar Square, o museu londrino é uma das referências da Europa e expõe obras relevantes dos séculos 13 ao 20, com trabalhos de quase todos os renascentistas, impressionistas e modernistas mais importantes.


V&A

V&A

Este museu abriga uma das maiores coleções do mundo de artes decorativas, em campos tão variados como a cerâmica, esculturas, miniaturas retrato e fotografia. Entre os destaques estão as Galerias britânicas de 1500-1900, que são dispostos em ordem cronológica para traçar a história do design britânica desde o reinado de Henry VIII até o da rainha Victoria.


Museum of London

A história de Londres, desde os tempos pré-históricos até o presente é contada no Museu de Londres através de reconstrução de objetos e interiores (como tijolos, materiais etc) e cenas de rua, além de exposições de artefatos originais encontrados durante escavações arqueológicas. Verifique o website antes de sua visita para verificar exposições temporárias, palestras, passeios e eventos infantis.


Science Museum

O Museu da Ciência tem sete andares de exposições de entretenimento e educacional, incluindo o módulo de comando da Apollo 10 e um simulador de vôo. A Wellcome Asa mostra a evolução da ciência contemporânea, medicina e tecnologia. O museu também contém uma coleção substancial de tesouros da história médica.

 

Existem mais de 20 museus totalmente gratuitos em Londres. Quer saber de todos ? Visite o Time Out :).

A LondonHelp4U é uma agência de imigração com 15 anos de experiência em processos de vistos para o Reino Unido. Nossa missão é proporcionar, cada dia mais,  acesso ao Reino Unido para imigrantes brasileiros.

Quer falar com a gente? Nos contate por telefone +55 11 3283 0906 (Brasil) ou +44 0207 636 8500 (Reino Unido) ou por e-mail info@londonhelp4u.co.uk

Tire suas dúvidas, marque uma consulta, torne processos burocráticos fáceis e rápidos com a ajuda da #LH4U.

Para mais dicas e informações sobre imigração e a Inglaterra, acompanhe nossas redes sociais.