Tag: crianças abandonadas

12 passos do Programa Transformação

‘ Da criança de rua para a criança feliz’

Desde 1993 a Happy Child desenvolve um programa eficaz, que vem transformando a vida de milhares de crianças de rua, ajudando-as a serem reinseridas em suas famílias, comunidades e sociedade.

Para combater o crescente problema de menores abandonados, a entidade precisa de mais recursos para continuar colocando em ação os 12 passos de Programa Transformação. 

 1.       Prevenção

O programa de prevenção da Happy Child atinge crianças que vivem em condições extremas nas favelas brasileiras. Em Belo Horizonte, o programa não apenas oferece atividades para 200 menores duas vezes ao ano nos clubes de férias da entidade, como também trabalha com agentes locais que apoiam e dão conselhos às famílias das crianças.   

 2.      Estender a mão e resgatar

O atendimento inicial às crianças é feito na Casa Emaus – um abrigo 24h para menores em situação de risco. O objetivo do local é recuperar cada criança do ponto de vista emocional, espiritual, físico, educacional e social. A estadia é de no máximo 12 semanas.

 3.      Recepção e estabilização

Profissionais qualificados recebem as crianças, que muitas vezes têm problemas com droga ou apresentam comportamento agressivo.  São oferecidos tratamentos para estabilização do comportamento e desintoxicação, se necessário, além de check-ups médicos.

 4.      Avaliação

 Informações referentes ao histórico da criança são levantadas e, se possível, os familiares são contactados.

 5.      Desenvolvimento pessoal

Um especialista ajuda a resgatar e recuperar a auto-estima e o senso de valor do menor. 

 6.      Ajuda de especialista

Acesso a psicólogo, assistente social treinado e time de nove profissionais aptos a ajudar. Também há uma unidade de apoio à família, para os parentes das crianças.

 7.      Abrigos (longo prazo)

Meninos e meninas são encaminhados para um dos cinco abrigos da Happy Child, onde ficam por um longo período. Cada casa recebe 12 crianças, que são atendidas por um time de profissionais dedicados.

 8.      Fazenda comunitária

Centro de refúgio para as crianças que oferece programas estruturados de educação ambiental, workshops de artesanato e treinamento para escolas locais e comunidades.

 9.      Integração

 10.  Rotina e recreação

Casas modelo de vida familiar normal, com crianças incentivadas a ajudar em casa, construir relacionamentos e participar de várias atividades, incluindo aulas de arte, artesanato, culinária e catequese.

 11.  Envolvimento com o mundo exterior

Crianças frequentam escolas locais e participam de atividades extracurriculares. 

 12.  Retorno à família

São exploradas possibilidades de restabelecer a conexão com as famílias das crianças. Amparo e adoção.

Ajude a Happy Child a continuar colocando em prática esses 12 passos do Programa Transformação. Faça uma doação mensal à entidade e garanta um futuro melhor para crianças brasileiras. Visite este site : www.justgiving.com/happychild/donate e colabore.

Participe da campanha ‘1000 Balões’ da Happy Child e ajude crianças do Brasil

O Brasil é a bola da vez. Em 2014 vai sediar a Copa do Mundo. Em 2016, as Olimpíadas. O que significa que o país vai ser foco de atenção da comunidade internacional e destino de milhares de turistas. E é exatamente esse cenário que levanta uma preocupação de algumas entidades sociais: que o evento acabe resultando em problemas ligados ao turismo sexual infantil. Retirar as crianças das ruas é o primeiro passo para mudar essa situação. E você pode ajudar.

A Happy Child – uma organização não governamental que trabalha com menores abandonados de Belo Horizonte e Recife – está lutando por essa causa. Para garantir a reintegração dessas crianças à comunidade, a entidade tem em Minas Gerais um centro de emergência 24h e ainda 8 abrigos. Agora, a Happy Child quer repetir o sucesso do projeto no nordeste brasileiro e construir 3 centros para crianças e adolescentes  em situação de risco que vivem em Recife. A expansão garantiria que o número de atendidos passasse de 150 para 450.

Metade dos custos do empreendimento vai ser pago pelo governo de Recife. Mas o restante – £96.000 – terá que ser arrecadado. A Happy Child precisa da sua colaboração. Uma campanha foi criada com o objetivo de buscar 1000 brasileiros que se comprometam a fazer uma doação mensal à entidade. Faça parte da campanha ‘1000 balões’. Doando mensalmente, você garante que todos os dias centenas de crianças continuem recebendo apoio, segurança e amor.

Para fazer uma doação mensal, basta visitar esta pagina www.justgiving.com/happychild/donate e se inscrever. Todo mês, seu dinheiro vai ser revertido em prol das crianças de Recife.

Quando a milésima pessoa aderir à campanha, a Happy Child irá lançar 1000 balões biodegradáveis com o nome dos doadores.

Participe da campanha ‘1000 Balões’. Faça a diferença e mude o futuro de quem não teve outra escolha e fez das ruas o seu próprio lar.

Campanha dos 1,000 Balões no céu de Londres

O Brasil já deixou de ser um país emergente para se converter na sexta economia mais poderosa do planeta. Somos ricos, mas nossa desigualdade e problemas sociais ainda são tão expressivos quanto nossas potencialidades. Uma cena que já estamos habituados é aquela das crianças nas ruas, pedindo dinheiro na janela dos carros nos semáforos, nas ruas, reunidas e dormindo em trapos. E algo muito pior: o Brasil já superou a Indonésia como destino de turismo sexual infantil e nossas crianças, principalmente no nordeste, são vítimas da lascívia de pedófilos internacionais.

São milhões de crianças nas ruas. Três milhões pelo cálculo do UNICEF. É uma infância cruel e nos sentimos muitas vezes impotentes diante destas cenas, muitas vezes por não saber o que fazer.

Mas podemos fazer algo, uma grande diferença na vida e destino de muitos meninos e meninas de rua. Mais que poder fazer, temos o dever de fazer, principalmente nós que moramos no Reino Unido, em Londres, onde uma cena dessas jamais seria aceita e a criança é muito protegida pelo Estado.

Lançamos a Campanha dos Mil Balões da Happy Child International. Com essa campanha pretendemos conseguir mil brasileiros daqui do Reino Unido que estarão doando mensalmente a quantia de £3 ou £5 em suporte das crianças de rua e das meninas vítimas da prostituição infantil de Pernambuco.

Óbvio que se quiser doar mais, isso será bem aceito, mas queremos que as pessoas sintam que estão fazendo uma diferença, mas não no bolso delas, já que essa quantia é o preço de um café ou pouco mais. Não importa se você pode ajudar com três ou com três mil, o importante é entender a importância de participar, de tirar das ruas essas crianças. E não se preocupe que a Happy Child International prestará conta de cada libra que receber. Além disso, estaremos divulgando mês a mês os resultados da campanha. Ao final de dez mêses estaremos soltando balões com os nomes de todos os doadores. Tantos balões quanto doadores e esperamos encher o céu de Londres com milhares de balões.

Para ajudar a dar suporte a campanha, convidamos dez empresas que estarão competindo entre si por dez meses, para ver qual delas consegue o maior número de doadores. A competição e a performance de cada empresa será nas nossas páginas. Até agora oito empresas já confirmaram sua presença, confira quais sáo: Skin Care for Life, Vertice Services -Accountancy & Consultancy, LondonHelp4U, Cortisso Accommodation, Messina Clinic, Casa Brasil, Made in Brasil, The Brompton Quarter Brasserie e BR Jet Delivery. 

Confira a seguir a carta de Sarah de Carvalho, CEO da organização Happy Child International.

Apesar de status do Brasil como uma das mais rápidas economias em crescimento do mundo, a escala do problema de crianças de rua no país é enorme. A UNICEF estima que há três milhões de crianças – o equivalente a quase metade da população da República da Irlanda – que vivem e trabalham nas ruas – muitos envolvidos e explorados pelo tráfico de drogas, outros mendigando, e muitos vendendo seus corpos por um prato de comida.

Eu sou uma cidadã do Reino Unido casada com um brasiliero, e tenho trabalhado com crianças de rua e crianças em risco no Brasil desde 1991. Na época, eu tinha uma carreira de sucesso na televisão. Tudo mudou quando eu visitei o Brasil e fiquei chocada com o que vi – as crianças que vivem em barracos miseráveis em favelas entre os cafetões, prostitutas e traficantes de drogas. Resolvi fazer o que eu pudesse para ajudar – e,  portanto, assim nasceu a charity Criança Feliz.

Preocupação crescente – Exploração Infantil

Começando com um abrigo de 24 horas em Belo Horizonte, Criança Feliz tem agora dez casas e uma fazenda que hoje é auto-sustentável, através do apoio do governo local, de negócios e das igrejas. Agora estamos levando o projeto para Recife, no Nordeste mais pobre, onde o “turismo” sexual infantil e a falta de moradia é um problema ainda maior. Até agora só temos fundos para um abrigo para os meninos de rua.

Nossa Campanha dos 1,000 Balões para Recife

Precisamos deseperadamente da ajuda dos brasileiros que vivem no Reino Unido, necessária para abrir três centros para crianças de rua no Recife este ano. Isso nos permitirá aumentar o número de crianças que ajudamos, hoje em torno de 150, para 450, dando-lhes um lugar seguro para ficar e, eventualmente, reintegrá-los de volta para suas famílias e comunidades. Com os holofotes do mundo sobre o Brasil em 2014, quando sedia a Copa do Mundo de futebol, e em 2016, novamente quando hospeda os Jogos Olímpicos, precisamos urgentemente de ações para deter o turismo sexual infantil e manter nossas crianças longe das ruas. Isso não pode ser feito sem a sua ajuda.

Em Recife, o governo concordou em arcar com a metade do custo de execução e fornecimento de novas casas. A metade restante – £ 96.000 – nós precisamos levantar. Precisamos de 1.000 pessoas que se para se inscrevam em nossa Campanha dos 1,000 Balões para Recife, que possam doar mesalmente um mínimo de £3.

Nos últimos 18 anos, com a ajuda de nossos leais apoiadores do Reino Unido e uma equipe maravilhosa no Brasil, cerca de 9,000 crianças foram reabilitadas em suas famílias e comunidades. Mas, apesar de tudo o que conseguimos, ainda há muito mais a ser feito.

Apenas £ 3 por mês – ou mais se puder…

Tão pouco quanto £3 por mês nos permite resgatar, alimentar e abrigar em uma casa um menino de rua por um dia, enquanto £10 por mês iria pagar a educação e reabilitação de uma criança de rua.

Pagando regularmente por débito direto, cada mês, você estará nos possibilitando apoiar as crianças em uma base regular e contínua. Isto é essencial para que sejamos capazes de lhes dar a segurança permanente, apoio e amor que eles precisam.

Por favor, visite e inscreva-se agora www.happychild.org. Precisamos muito da sua ajuda. Obrigado por sua generosidade.

 Sarah de Carvalho

 

Fonte: Jornal Brazilian Post