Visto de estudante para o Reino Unido é sucesso

Giselle Ribeiro

Introduzido como concessão ministerial em janeiro de 2011, o Student Visitor Visa (ESVV), disponível para estudantes não membros da União Européia, para cursos com duração entre seis e onze meses, tem sido aclamado como sucesso pela renomada associação EnglishUK, a mais prestigiada instituição que promove a qualidade do ensino da língua inglesa no mundo, do qual a LondonHelp4U é parceiro.

Em uma carta ao ministro de Imigração, Damien Green, o EnglishUK destacou muitos dos aspectos positivos do regime imigratório, incluindo uma baixa taxa de recusa de pedidos de visto (oito por cento entre os membros do EnglishUK), taxa de retorno após o término do visto, e o fato de que mais de 80 por cento dos estudantes que vieram para o Reino Unido através dessa rota atingiram o nível de linguagem exigido, ao final do programa.

“Os resultados são muito positivos e indicam, acreditamos, que não só deve ser continuado essa rota de visto, mas deve homologada como permanente nas regras de imigração”, diz o presidente do EnglishUK , Tony Millns.

EnglishUK fez várias sugestões quanto à forma em que o regime poderia ser mais rigoroso, inclusive que todas as escolas de idiomas que recrutam estudantes na rota de visto ESVV estarem sujeitos à acreditação (o esquema de garantia de qualidade administrado pelo British Council e EnglishUK) e que os dados do ‘e-Borders’ – o sistema eletrônico de controle de fronteiras, que coleta e analisa informações sobre os entrangeiros que tentam entrar, e sair, do Reino Unido – identificar as escolas onde houve evidência de alunos que excederam seu tempo de visto.

Os membros do esquema de confiança EnglishUK informam que 93 por cento dos estudantes em rota ESVV, mais tarde requereram outro curso, enovo visto, podendo retornar legalmente para o Reino Unido. Isso, sugere uma proporção significativa no número de alunos que voltaram para casa no fim do visto, o que para o Ministério de Fronteiras é uma vitória.

Embora o visto de estudante continua sendo constantemente analisado pelo consulado britânico, de acordo com dados do EnglishUK, os alunos que cumpriram programas de estudo em 2011 de 32 semanas, a grande maioria atingiu o nível de Inglês B1 (Intermediário) até o final do curso, sugerindo novamente que o visto está cumprindo seu papel, no que diz respeito ao tempo necessário para o aprendizado do aluno. Isto também significa que todas as reformas feitas no sistema de ensino Inglês no final do ano passado, incluindo instituições de ensino de línguas, a fim de garantir a qualidade e melhor experiência para alunos extrangeiros também estão melhorando ainda mais a qualidade de ensino no Reino Unido. Razão pela qual muitas escolas tiveram sua licença cassada, e outras tantas foram rebaixadas quanto à qualidade de ensino.

A regulamentação prevê que 85 por cento dos estudantes, não membros da União Européia, estudando em escolas acreditadas pelo selo de qualidade HTS* completaram seus cursos, e que não mais de 20 por cento dos pedidos de visto da escola pode ser recusado pela ministério. Por essa razão, fique atento também se a escola escolhida possui o selo de qualidade. Isto também significa que as escolas e agências credenciadas ao EnglishUK devem seguir diretrizes rígidas de qualidade, a fim de proporcionar a melhor experiência para os estudantes estrangeiros. A LondonHelp4U se orgulha de dizer que teve 0% dos seus pedidos de visto de estudante negados em 2011, e 2% para as restantes categorias. Até o final de Maio de 2012, tivemos 0% dos vistos negados em todas as categorias. Não apenas porque nos mantemos atualizados com todas as mudanças, mas também porque trabalhamos com transparência, e valorizamos o futuro de nossos clientes.

* HTS (Escolas altamente confiáveis)

Fonte: N.A. Star Travel Magazine: UK’s Extended Student Visitor a success. London,UK. Issue 212,  p.10.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *