Month: March 2015

Home Office anuncia taxa para direito a uso dos serviços do NHS para imigrantes com visto

Novidades no Home Office

A partir de 6 de abril de 2015, cidadãos que tiverem a intenção de permanecer no Reino Unido por um período superior a 6 meses serão requisitados a pagar uma taxa de saúde quando fizerem sua solicitação de visto.

Estes imigrantes temporários serão solicitados a pagar £200 por ano por esta taxa. Já o valor para estudantes é de £150. Cidadãos que precisam de visto para permanecer no Reino Unido e que já estão em território britânico e que querem solicitar a extensão de seu visto também serão solicitados a pagar esta taxa.

Esta taxa assegura que imigrantes temporários e pessoas que precisam de visto para ficar no país por um período superior a 6 meses contribuam para o National Health Service (NHS), serviço de saúde pública do Reino Unido, em uma maneira adequada ao seu status de imigração em território britânico.

Alguns esclarecimentos

A contribuição não é uma taxa de visto. Ela será coletada pelo Home Office e será enviada diretamente ao NHS e dará aos imigrantes acesso aos serviços dele nos mesmos termos que os residentes permanentes do Reino Unido. Este valor é competitivo e terá um custo menor no período do que o custo apenas de um seguro-saúde.

Seguro-saúde para estudantes e trabalhadores é uma comum solicitação em muitas outras nações, como Austrália e Estados Unidos, onde os custos são mais altos.

Quem não precisa pagar

Existem algumas pessoas que não precisam pagar por essa taxa. Veja a lista:

– Se você estiver solicitando um visto de visitante

– Se você estiver solicitando a residência permanente (indefinite leave to remain)

– Se você é um diplomata ou um membro de uma das forças armadas e não está sujeito ao controle de imigração

– Se você é um membro de família de um cidadão europeu que esteja trabalhando no Reino Unido

– Se você está solicitando um visto para Isle of Man ou Channel Islands

– Se você é um cidadão de um território britânico fora do Reino Unido residente das Ilhas Falkland

– Se você estiver buscando asilo ou solicitando proteção humanitária (ou você é um dependente desta pessoa)

– Se você foi identificado como vítima de tráfico humano (ou se você é um dependente desta pessoa)

– Se as concessões de violência doméstica do Home Office aplicarem para você (ou se você é dependente desta pessoa)

– Se ter de deixar o Reino Unido seria contra seus direitos baseado no Artigo 3 da Convenção Europeia dos Direitos Humanos (ou se você for dependente desta pessoa)

Se você quer solicitar seu visto sem pagar esta taxa, faça-o até dia 03 de abril de 2015.

Para mais informações, acesse http://www.ein.org.uk/news/nhs-charges-migrants-being-introduced-next-month#leaflet.

Site de viagens elege os melhores destinos do Brasil e do mundo

Um dos maiores sites de viagens, o TripAdvisor, divulgou nesta terça-feira (24/03) sua lista anual com os melhores destinos. Na lista mundial, a cidade de Marrakesh, no Marrocos, aparece em primeiro lugar. No Brasil, quem lidera a lista é Gramado, no Rio Grande do Sul. Os rankings são elaborados a partir das resenhas de usuários do site.

“Esses destinos escolhidos pela nossa comunidade são ricos em história, cultura e beleza e oferecem infinitos lugares para explorar”, afirmou em nota Barbara Messing, diretora de marketing do TripAdvisor.

Se você está planejando fazer uma viagem nos próximos meses e ainda não decidiu para onde ir, vale a pena olhar as sugestões.

MUNDO

1. Marrakesh, Marrocos
2. Siem Reap, Camboja
3. Istambul, Turquia
4. Hanói, Vietnã
5. Praga, República Tcheca
6. Londres, Reino Unido
7. Roma, Itália
8. Buenos Aires, Argentina
9. Paris, França
10. Cidade do Cabo Central, África do Sul
11. Nova York, EUA
12. Zermatt, Suíça
13. Barcelona, Espanha
14. Göreme, Turquia
15. Ubud, Indonésia
16. Cusco, Peru
17. São Petersburgo, Rússia
18. Bangcoc, Tailândia
19. Catmandu, Nepal
20. Atenas, Grécia
21. Budapeste, Hungria
22. Queenstown, Nova Zelândia
23. Hong Kong, China
24. Dubai, Emirados Árabes
25. Sydney, Austrália

BRASIL

1. Gramado (RS)
2. Rio de Janeiro (RJ)
3. São Paulo (SP)
4. Florianópolis (SC)
5. Foz do Iguaçu (PR)
6. Salvador (BA)
7. Jericoacoara (CE)
8. Ipojuca (PE)
9. Curitiba (PR)
10. Fortaleza (CE)

Fonte: Época Negócios Online