Month: September 2015

Primeiro Museu da Empatia do mundo coloca você no lugar de outras pessoas

Londres recebe o primeiro Museu da Empatia do mundo como parte do Thames Festival, baseado nas ideias do pensador cultural Roman Krznari.

Com exposição itinerante, os visitantes encontram um espaço onde poderão se colocar no lugar de outras pessoas e ver o mundo através dos olhos delas.

O objetivo do museu é promover uma revolução nas relações humanas através do desenvolvimento da empatia. Para os criadores do projeto, empatia é o antídoto perfeito contra preconceito, conflitos sociais e desigualdade.

Ao entrar no local, você é convidado a vestir os calçados de outra pessoa, uma alusão à expressão inglesa in your shoes que literalmente significa “nos seus sapatos”, ou seja, como é estar no lugar de outra pessoa.

Então começa uma caminhada ao mesmo tempo em que você segue escutando um áudio em um pequeno ipod suffle com a história dela.

Um jornalista do O Globo visitou o museu e fez a seguinte narração: “Quando visitei o espaço, os sapatos do meu tamanho, bem enlamaçados, pertenciam a um arqueólogo que explicou muitas curiosidades sobre o rio Tâmisa e que revelou ter decidido estudar história porque tinha sido adotado e sentia falta de ter uma história própria. Pedi para escutar outras e em um par bem acima do meu número descobri uma história incrível de um homem que sofreu um golpe e foi preso por tráfico de heroína – e depois de sair da cadeia e ser inocentado só pensava em vingança. Mas ele então fez um curso de arte e decidiu se dedicar a isso apra canalizar a sua raiva e acabou levando outros ex-presidiários a fazer o mesmo. Um deles era um tipo durão e agressivo que acabou revelando uma paixão por desenhar personagens da Disney. Em outra surpresa, um par de salto altos pertence na verdade a um homem que faz um bingo semanal como drag queen. E o mais interessante de tudo: a seleção é feita dentro de uma caixa de sapatos gigante.”

Em breve, o museu também terá uma versão digital online, que além de vídeos, também vai contar com críticas de filmes e livros que ajudam as pessoas a enxergar outras experiências e abrir a mente para a empatia.

Fonte: Razões para Acreditar

7 coisas que você não deve fazer no metrô de Londres

O metrô de Londres é uma confusão mistura entre etiqueta, superlotação e odor de corpo. Com o metrô noturno chegando (será?), você não seria julgado por pensar que a vida no tube é bastante complicada. Posto isso, lembre-se de nunca, mas nunca mesmo, fazer o seguinte..

  1. Arrancar a sua sobrancelha
  2. Sentar num banco para pessoas idosas, grávidas ou deficientes
  3. Apenas pensar
  4. Apertar o botão “abrir a porta”
  5. Ler seu próprio jornal
  6. Tirar uma selfie no tube (mesmo que seu cachorro seja fofo!)
  7. Desistir do seu lugar por causa do Hugh Laurie

Fonte: Time Out

Estudantes como alvo das limitações na imigração corre o risco de denegrir a reputação do Reino Unido

David Cameron foi avisado por seu próprio secretário de Relações Exteriores que a inclusão de estudantes estrangeiros no alvo da migração líquida do governo corre o risco de comprometer a reputação da Grã-Bretanha no exterior.

Em uma carta ao primeiro-ministro, Philip Hammond escreve: “De um ponto de vista político externo, o papel da Grã-Bretanha como um destino de classe mundial para estudantes internacionais é um elemento altamente significativo do nosso sutil poder de oferta. É uma questão que cresce consistentemente comigo por nossos conterrâneos estrangeiros.”

Sr. Hammond junta-se o chanceler e ao secretário de negócios na chamada para os números de estudantes a serem retirados da meta de reduzir a migração líquida dos atuais 330 mil para menos de 100 mil pela próxima eleição geral. “É hora de tomar a decisão de contar alunos separadamente internacionais que vêm estudar aqui no Reino Unido, desde que eles estejam aqui para o estudo legítimo”, afirma na carta.

Sua intervenção deixa Theresa May cada vez mais isolada em continuar a insistir para que os estudantes estrangeiros fazem parte das medidas. Os dados mais recentes mostram que no ano até o final de março o número de estudantes estrangeiros que vêm para o Reino Unido por mais de um ano aumentou de 176.000 para 188.000. Cerca de três quartos deles eram cidadãos não europeus.

Como resultado, uma fonte do governo afirmou que algumas matérias como Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática estavam em risco de ser retirados por algumas universidades, porque confiaram em estudantes estrangeiros para fazer com que esses cursos fossem economicamente viáveis. Isso seria altamente embaraçoso para o governo, que fez campanha para impulsionar a participação em disciplinas STEM.

A fonte do governo também observou que os estudantes estrangeiros poderiam valer £12 bilhões por ano em taxas de ensino superior até 2020. “Não temos muitas indústrias de exportação globalmente competitivas. Devemos celebrar ao invés em vez de considerá-la como uma praga de imigração”, a fonte disse.

O primeiro-ministro enfrenta agora uma decisão difícil entre apoiar sua secretária ou se aliar com o chanceler, secretário de Relações Exteriores e secretário de negócios.

Fonte: Channel4.com

Fale com a LondonHelp4U para tours personalizados em Londres

Olá!

Para você que está vindo pra Londres e quer contar com a segurança de uma empresa séria e quer um profissional para lhe acompanhar nos passeios e mostrar o melhor da capital inglesa, a LondonHelp4U agora também indica guia de turismo personalizado.

Fale agora mesmo conosco no 020 7636 8500 ou envie seu e-mail no intercambio@londonhelp4u.co.uk. Será um prazer lhe ajudar!

Estúdios do Harry Potter vão ter aula de Defesa Contra a Arte das Trevas para os visitantes

Com novidades de tempos em tempos, normalmente tentando relacionar os eventos à época do ano, os estúdios dos filmes “Harry Potter” em Londres prepararam algo muito especial para o Halloween desse ano: uma aula real de Defesa Contra a Arte das Trevas. Entre os dias 16 de Outubro e 1 de Novembro, os visitantes do tour da Warner Bros vão ser convidados a participar de uma experiência interativa criada por Paul Harris, responsável por desenvolver as cenas de batalhas com as varinhas mágicas entre os seguidores d’Aquele-Que-Não-Deve-Ser-Nomeado e a Ordem da Fênix no quinto filme da série. O coreógrafo vai ensinar os movimentos básicos para vencer uma luta entre varinhas e os fãs poderão testar o que aprenderam em um combate fictício.

O clima sombrio vai continuar ainda com a exibição das máscaras e figurinos negros usados pelos vilões, uma réplica de 6 metros de Nagini, a cobra de Voldemort, e um manequim flutuante da professora de Estudos dos Trouxas, Caridade Burbage, capturada no filme ‘Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1’. Todos poderão também descobrir como as varinhas foram feitas durante a produção, com alguns dos cenografistas mostrando as técnicas utilizadas para construir, a mão, cada uma delas: foram milhares de varinhas, cada uma com um formato e um desenho diferentes para refletir a personalidade de seu dono.

No Beco Diagonal, visitantes poderão ver as sombras dos Comensais da Morte passando pelas lojas do local e a sinistra loja de antiguidades Borgin & Burkes, que vai incluir o Armário Sumidouro, por onde o grupo maligno entrava em Hogwarts, a Mão da Glária. E um dos vagões do trem Hogwarts Express vai ter a presença dos Dementadores, os seguradores de alma que aterrorizaram Harry e seus amigos em ‘Harry Potter e o Prisioneiro de Askaban’. E finalmente o Salão Principal de Hogwarts será todo decorado com o banquete de Halloween que os alunos da escola de magia tinham todos os anos. Os ingressos precisam ser reservados no site da atração mas incluem todas as atividades extras.

A LondonHelp4U vende ingressos para você conhecer os estúdios do Harry Potter e viver essa experiência incrível no Halloween! Fale conosco no 020 7636 8500 ou envie um e-mail para intercambio@londonhelp4u.co.uk.

Fonte: O Globo