Month: May 2019

As melhores praias inglesas

Falta menos de um mês para o verão e por isso preparamos uma lista de cinco destinos imperdíveis para curtir a estação

Esqueça tudo que já te falaram sobre as praias da Inglaterra! Claro que elas não são tão bonitas como as do Brasil, mas possuem sua beleza característica e a experiência é incrível. Numa cidade britânica de litoral, normalmente a praia não é a única atração turística, pois a cidade tem muito mais a oferecer.

A contagem regressiva para o verão começou! A estação mais ensolarada do ano começa dia 21 de junho no hemisfério norte, a menos de um mês, e vai até 23 de setembro. Por ser uma ilha, a Inglaterra é literalmente cercada de praias. Tem muitas opções de onde curtir o verão. Para você ir se planejando, preparamos uma lista das melhores praias inglesas.

Se você vai à Inglaterra no verão, visite as praias. Se você mora a Inglaterra, tire cinco finais de semana para ir em cada uma dessas praias e depois nos diga qual gostou mais.

1) Cuckmere Haven

Esta praia pertence ao município de Seaford, a uma hora de trem de Londres. Para acessar a praia é necessário caminhar por 30 minutos numa trilha que segue as curvas do rio Cuckmere. É difícil escolher o que é mais bonito: a trilha ou a praia. Ao invés de areia, você vai encontrar pedrinhas. A cor da água do mar tem tons de azuis vívidos e ao fundo as maravilhosas Seven Sisters, sete montanhas enormes de calcário. Da Cuckmere Haven as pessoas também sobem as montanhas. A vista é deslumbrante.

Foto: Natalia Fernandes
Foto: Natalia Fernandes

2) Brighton

Badalada, Brighton é conhecida como Londres a beira mar. A orla da praia é impressionante, muitos pubs, baladas e o famoso píer. No píer há um parque de diversões com montanhas-russas, carrinho bate-bate e um brinquedo de queda livre que você tem que ir!

Brighton também tem um palácio bem no centro da cidade, além de ruas comerciais, parques, igrejas e casas típicas vitorianas.

3) Bournemouth

Diferente das duas anteriores, Bournemouth possui areia. Ela tem um pouco mais de 11 quilômetros de extensão e chega a lembrar as praias do Brasil. Para quem mora na Inglaterra, é bom para matar a saudade da terrinha brasileira.

A cidade também é linda. O centro, em especial, é encantador. Bournemouth também possui casas vitorianas em frente ao mar, o que deixa tudo bem mais charmoso.

4) Durdle Door e Lulworth Cove

Na chamada “Jurassic Coast” duas praias muito perto uma da outra chamam a atenção dos turistas por suas belezas naturais. A primeira é a Durdle Door, que possui um arco de pedra formado graças as erosões ao longo de milhões de anos. Para chegar são necessários 30 minutos de caminhada.

Perto dali tem a Lulworth Cove, que é uma espécie de piscina formada ao longo de milhares de anos também. Nos dias de sol as pessoas entram na água, mas atenção, mesmo com muito calor a água é extremamente gelada e para nós, brasileiros, é quase impossível de entrar.

As duas praias são cercadas por falésias e a vista para o mar é linda. Recomendamos que você assista ao pôr do sol de lá do alto.

5) Torquay

Os fãs de Agatha Christie vão gostar de visitar Torquay. A escritora nasceu lá no século XIX. Sobre as praias da cidade, todas são encantadoras. A principal delas tem muitos barcos e é linda. O fundo é composto por montanhas com várias casas e prédio construídas nelas. No alto do morro você consegue ter uma visão do mar, dos barcos e das casas que o cerca. Tudo na cidade é elegante e simpático ao mesmo tempo.

Torquay fica no condado de Cornwall e as praias dessa região em geral são muito bonitas. Newquay e Porthcurno são cidades destaques de Cornwall por possuírem praias magníficas.

Por Natalia Fernandes

LEGAL MINUTE: new vote on an exit deal, illegal immigration, Settled application and other news about Brexit

Theresa May will put her Brexit deal to a vote—for the fourth time

A new vote on an exit deal proposed by Theresa May now has a date: the week of June 3. It will be the fourth time that the House of Commons votes on May’s Brexit deal, after rejecting it in each prior vote. From CNN.

European elections 2019: where the parties stand on Brexit

UK elections to the European Parliament are fast approaching, and the candidates contesting the elections have now been confirmed in each of the 12 electoral regions. Here is what we know so far about how the main parties are preparing for the 23 May polls. From BBC.

3,500 Indians applying for UK visa every day

The 12th edition of the Cricket World Cup is scheduled to be hosted by England and Wales. Probably this is why as high as 3,500 Indians are applying for a United Kingdom (UK) visa on a daily basis, according to agencies involved in facilitating UK visa. From Times Now.

EU settlement scheme doesn’t work, say couple held at airport

The first flaws in the new immigration scheme for EU citizens who want to remain in the UK after Brexit have been exposed after a couple who live in Oxford were blocked from getting a flight back from Turkey to the UK. From The Guardian.

Illegal immigration to UK will rise after Brexit, study suggests

The report by the Social Market Foundation said closing legal migration routes after Brexit would lead to more people trying to enter and stay in the UK illegally. It said politicians who claim that Brexit will solve public concerns about immigration should “come clean” about the actual consequences of ending free movement. The study analysed previous cases where immigration was restricted and entry policies tightened, including Britain ending unrestricted migration from Commonwealth countries in the 1960s and the US stopping a programme for Mexican workers in 1965. From Independent.

Descubra Belfast: 8 lugares surpreendentes

Com uma história impressionante, a capital da Irlanda do Norte não é muito conhecida pelos turistas e até moradores brasileiros do Reino Unido

A Irlanda do Norte também compõe o Reino Unido. Sua capital, Belfast, tem em torno de 300 mil habitantes e muitas opções do que fazer. Porém, o que destaca Belfast das outras cidades irlandesas é sua história recente.

A cidade passou por uma violenta guerra civil de 1969 a 1998! O período ficou conhecido como “The Troubles”. Para você ter uma ideia de quão perigosa ficou a cidade, na década de 80 ela estava na lista de lugares “proibidos aos turistas no mundo”. A guerra ocorreu porque havia vários desacordos, mas o principal problema foi quando os ingleses chegaram a Irlanda para demarcar território. Os chamados Unionistas e Protestantes queriam manter a Irlanda do Norte no Reino Unido e brigavam com os Republicanos e Católicos, que queriam ser independentes. Durante a guerra civil, os grupos se enfrentavam nas ruas de Belfast, além de bombas destruir prédios e os rivais serem proibidos de entrarem um no bairro do outro.

Mas agora Belfast é uma das mais seguras e interessantes para se visitar na Europa. Recentemente fizemos uma lista de locações de Game of Thrones na Irlanda do Norte e um fato curioso sobre o turismo no país é que a série trouxe muito mais turistas para a região do que o governo já trouxe. Confira a lista de oito lugares em Belfast que você tem que visitar um dia.

1) Titanic Belfast Museum

O museu do Titanic aborda desde a construção do navio mais famoso do mundo até o devastador naufrágio e as consequências, inclusive com relatos de sobreviventes. Lá dentro tudo é muito interativo e com efeitos especiais, o que encanta crianças e adultos. O tamanho do Titanic impressiona e o plano ambicioso para a época te leva de volta ao passado. O museu não fica neste local à toa. Foi exatamente lá que o Titanic foi construído séculos atrás. O ingresso custa por volta de £ 20.

2) Prefeitura de Belfast

Quem gosta de construções icônicas tem que ir ao Belfast City Hall. O prédio é de 1906 e foi construído com pedra de Portland num estilo barroco. Você pode visitar o interior dele gratuitamente com guia. A noite o prédio é iluminado com holofotes de diferentes cores e a visita em ambos os horários valem a pena.

3) Castelo de Belfast

Originalmente, o Castelo de Belfast foi construído no século XII. Mas, infelizmente, ele sofreu um incêndio em 1708 e foi reconstruído num parque floresta, o Cave Hill Country Park. Às vezes tem males que vêm para o bem! Antes, o castelo ficava bem no centro da cidade. Hoje, como fica no parque, existem jardins, florestas e, por ser em um lugar alto, a vista da cidade é muito bonita.

4) Jardim Botânico de Belfast

O Jardim Botânico existe em Belfast desde 1828. Ele é um extenso jardim de rosas, carvalhos e plantas raras e conta também com uma estufa. No Jardim Botânico sempre tem exposições, recitais, concertos e ópera: atente-se a programação quando for a Belfast para não perder nada. Dentro da área do Jardim tem o Ulster Museum, um museu de arte, história e ciências naturais. Lá tem fósseis de dinossauros, múmia do Egito e até quadros modernos. O Jardim Botânico e o Museu são gratuitos. Imperdível!    

5) Murais de Belfast e Muro da Paz

Em todo lugar no lado oeste da cidade você encontrará lindos murais com muitos grafites com ilustrações políticas, de celebridades, históricas…  Lá tem também o Muro da Paz, que separava as duas comunidades que viviam em guerras e hoje, assim como o Muro de Berlim, está coberto de arte e inclui mensagens e assinaturas de visitantes famosos, como Dalai Lama. Leve um canetão e deixe um recadinho também.

Atrás do muro ficavam (e o mais interessante: ainda ficam!) os católicos. Para acessar tem um portão. Do lado de fora é a parte protestante da cidade. Uma dica de passeio é andar pelos dois bairros: a Shankill Road, que é o lado protestante e a Falls Road, o lado católico. Ainda hoje existem discordâncias entre as duas partes, mas ambos toleram as opiniões diferentes dos outros, diferente das gerações passadas. Na Shankill Road muitas casas possuem a bandeira do Reino Unido, enquanto que na Falls Road pode-se perceber que os grafites desta parte do muro têm um cunho mais político, com pinturas de Nelson Mandela e temas separatistas, como a Catalunha na Espanha.

6) Albert Memorial Clock

Numa mistura de Torre de Pisa com a torre do Big Ben, o Albert Memorial Clock é um monumento memorável da cidade! Além da estátua do Príncipe Albert e de leões coroados, a construção chama atenção por ser inclinada, não tanto quanto a torre de Pisa, mas que não passa despercebida.

7) Cathedral Quarter

Uma rua apenas de pubs, restaurantes e música ao vivo: perfeito para curtir a noite em Belfast. O beco possui muitos grafites, lugares temáticos, luzes de Natal o ano todo e até um túnel de guarda-chuvas amarelos. Os pubs mais famosos da Cathedral Quarter são: The Dark Horse (que inclusive tem um dos portões de Game of Thrones e já falamos dele aqui http://bit.ly/2WG5u5b), o Duke of York, o The Harp Bar e o Sunflower.

8) Giant’s Causeway

Apesar de não ser em Belfast, o passeio nas Giant’s Causeway merece a sua atenção total. Este é a principal atração turística da Irlanda do Norte e fica a apenas uma hora de carro do centro de Belfast. Inclusive, muitas agências em Belfast oferecem o passeio por em média £ 30 por pessoa.

As Giant’s Causeway são patrimônio da UNESCO. O formato curioso das rochas agrada os perfeccionistas, já que elas se juntam perfeitamente. Estudos dizem que foram necessários 60 milhões de anos para as pedras ganharem este formato. O passeio é perfeito para uma day trip.

Legal Minute: immigration, Home Office, Brexit, and Royal Baby’s dual Nationality

“I was wrong to be silent”. The president of the EU commission has said he regrets not intervening in the UK’s Brexit referendum to correct “lies” about the bloc during the campaign. From Independent.

Nearly 900 children classified as stateless were obliged to pay Home Office immigration fees last year as part of their applications to become British citizens, figures show. Stuart Tannock, a sociology professor who works with Citizens UK, said: “Without citizenship, the government risks leaving children unable to attend university, get a job, or even without a nationality at all. We are urging the Home Office to reduce the cost of citizenship so these young people can have a bright future in the country they call home.” From The Guardian.

Meghan Markle and Harry’s son qualifies for status no other royal has. The Duchess and Duke of Sussex’s baby could become a US citizen. In order for this to become a reality, Harry and Meghan would need to register the birth at an American consulate. Conversely, Meghan can apply to become a UK citizen after five years in the country. From Mirror.

Musicians have called for the Government to preserve their freedom of movement in a post-Brexit Europe. A report by the ISM shows around 50% of surveyed musicians have suffered negative effects from Brexit, with 65% saying difficulty travelling to EU countries was the biggest concern. From ITV.

A woman threatened with deportation has been told she can stay in the UK temporarily. Pauline Taylor-French, 45, fled Jamaica 17 years ago with her two daughters after suffering violent abuse. She had lived legally in the UK, but was told in 2017 by the Home Office her right to remain had been refused. Her husband Grahame said she had now been given leave to stay for 30 months, which would give them time to plan for the future. From BBC.

Aberdeen taxi driver spends thousands in visa battle for wife. Keith Webster, 49, and his wife Susan, 55, from Arizona, have had her visa request to stay in the UK rejected twice. Keith believes they have spent more than £8,000 trying to resolve the problem and had written to Home Secretary Sajid Javid about getting a resolution to their case. From Evening Express.