Ano: 2013

Conheça as regras para brasileiros que desejam se casar com britânicos

Com o mundo cada dia mais globalizado, diferenças de cultura e de idioma não são mais barreiras entre as pessoas. Por isso mesmo, não é difícil encontrar casais de diferentes nacionalidades dispostosa começar uma nova vida juntos. Se esse for o seu caso, o seu parceiro é britânico e você está planejando se mudar com ele (ou ela) para o Reino Unido, é importante saber de antemão quais os passos que vocês dois deverão seguir se quiserem se tornar marido e mulher.

Se você estiver no Brasil e tiver planos de se casar no Reino Unido com britânico,  você terá, em primeiro lugar, de solicitar para um visto de noiva (ou noivo). Para requerer o visto, você e o seu parceiro precisam ter 18 anos de idade, no mínimo, e ele (ou ela) devem ganhar no mínimo £ 18.600 brutas por ano. Se você tiver filhos de outra união e tiver planos de levá-los ao Reino Unido com você, seu noivo (ou noiva) precisarão comprovar uma renda anual bruta de £22.400, valor que aumenta gradativamente dependendo do número de filhos que você tiver.

O governo também vai exigir de você um nível mínimo de ingles. Para isso, você precisa se submeter a testes que sejam reconhecidos pelo Home Office (órgão do governo que cuida dos assuntos relativos à imigração). No teste, você precisa alcançar, no mínimo, nível A1. A1 é uma espécie de “nota” que examinadores dão aos solicitantes, de acordo com o sistema britânico.

Uma vez emitido o visto de noiva (ou noivo), você poderá se casar no Reino Unido e, dentro do país, solicitar um visto de esposa (ou esposo). Esse visto é geralmente válido por 2,5 anos. Ele permite que você viva e trabalhe legalmente no Reino Unido com seu parceiro.  Esse visto poderá ser renovado por mais 2,5 anos. Uma vez concluídos os cinco anos, você poderá, então, requerer um visto de residência permanente no Reino Unido.

E se o meu parceiro quiser vir ao Brasil para se casar comigo?

Imaginando que o seu parceiro é quem queira viajar para o Brasil para se casar com você, nada mudará. Vocês dois precisam cumprir os mesmos pré-requisitos. A diferença seria que, em vez de ir para o Reino Unido com visto de noiva, você poderá solicitar um visto de esposa (ou esposo) no Brasil.

Precisa fazer o teste A1?

A LondonHelp4U, além de trabalhar com solicitações para obtenção de todos os tipos de visto para o Reino Unido, oferece também o teste de inglês A1. O exame, que vai avaliar sua capacidade de ouvir, compreender e se comunicar em inglês, dura aproximadamente 10 minutos e pode ser feito em diversas datas em Londres, pelo custo de £200 libras. Para saber mais, escreva para info@londonhelp4u.co.uk.

Conheça as lendas e os mistérios do interior da Inglaterra

Se você é apaixonado por passeios históricos, tem paixão por lendas e sempre adorou filmes de reis e cavaleiros, preste atenção neste roteiro cheio de mistério.

Visite Avenbury, o único vilarejo da Inglaterra construído dentro de um círculo de pedras. É neste vilarejo que está localizado o famoso Red Lion Pub, com mais de 400 anos de história. Segundo a lenda britânica, fantasmas costumam “visitar” o local. Enquanto você curte a sua “pint”, nome dado ao chope pelos ingleses, fique de olhos abertos. Com um pouco de sorte, imaginação ou depois de umas cervejas a mais, talvez você consiga ver a mulher mais famosa deste pub, a lady Florre. Depois de a Guerra Civil Inglesa (1642 – 1951), Lady Florre foi assassinada pelo marido ao ser encontrada com um amante. Dizem, no entanto, que apesar do final trágico, lady Florre continua a “passear” pelo pub.

Depois do chope em Avenbury, conheça a mística Stonehenge, considerada patrimônio da Humanidade pela Unesco graças ao sítio arqueológico. Quem for ali, poderá visitar aneis feitos de pedras, erguidos provavelmente no ano 3100 a.C, e construídos possivelmente para a celebração de rituais religiosos.

Para os amantes de histórias de reis e cavaleiros, prato cheio é o passeio a Glastonbury Abbey. A abadia pode ter sido o primeiro local onde o lendário Rei Arthur foi enterrado. Ao nome do rei associam-se figuras como a do mago Merlim, da rainha Guinevere, dos Cavaleiros da Távola Redonda e da espada de Excalibur.

O roteiro também inclui uma noite de hospedagem em um dos hotéis da rede Hilton. Assim, depois desse verdadeiro mergulho no passado, você volta à realidade em alto estilo.

O pacote (£109 libras por pessoa)

  • Primeiro dia  – 25 de maio

Saída  de Londres – a partir das 9h

Visite Glastonbury e conheça as ruínas da abadia de Glastonbury e as paisagens do interior da Inglaterra

Relaxe em um dos hotéis da rede Hilton (o jantar está incluso no preço do pacote)

  • Segundo dia – 26 de maio

Café da manhã no hotel (incluso no preço do pacote)

Visite o sítio arqueológico de Stonehenge (entrada inclusa no preço do pacote)

Passeio guiado pelo vilarejo de Avebury e ao pub “assombrado” Red Lion

Visite West Kennet Long Barrow

Chegada a Londres  – por volta das 19h

Como pedir um visto de noiva(o)/esposa(o) para residir no Reino Unido

Texto: Giselle Ribeiro

Com o mundo cada vez mais globalizado e unificado, mais estrangeiros decidem se casar e recomeçar a vida no país de origem de um dos parceiros. Quando o país de residência é o Reino Unido, é importante saber com antecedência os passos para obter o visto assim como os pré requisitos exigidos pelo governo britânico, indiferente se o parceiro é britânico ou europeu. Qualquer pessoa pode se unir legalmente por meio de casamento ou união civil. Entretanto, veja como proceder caso seu parceiro seja britânico, europeu, ou portador de residência permanente:

*Casamento com britânico –  aplicação   feita no Brasil

Aplicação feita no Reino Unido

  • Ambos devem ser maiores de 18 anos
  • Dependente deve possuir nível mínimo de   inglês A1**
  • Patrocinador deve demonstrar renda mínima   anual de £18.600 * **
  • Visto será de 2.5 anos com possibilidade de   renovação
  •   Ambos devem ser maiores de 18 anos
  • Dependente deve possuir um visto válido –   visto de turista não é aceito
  • Dependente deve possuir nível mínimo de   inglês A1
  •  Patrocinador deve demonstrar renda mínima   de 18.600*
  • Visto será de 2.5 anos com possibilidade de   renovação

*As regras são as mesmas para requerentes em contração de união com portadores de residência permanente

**A LondonHelp4U oferece o teste de inglês nível A1 em São Paulo

***Quando o requerente possui  filhos dos quais deseja incluir na aplicação a renda anual do patrocinador aumenta para £22.400, aumentando gradativamente caso o requerente possua mais de um filho

Casamento com europeu – aplicação feita no Brasil

Aplicação feita no Reino Unido

  • Ambos devem ser maiores de 18 anos
  • É aconselhável que o europeu possua   registro de residência no Reino Unido
  • Não é necessário requisitos mínimos da   língua inglesa
  • Não é necessário prova de renda mínima
  • Visto inicial de 6 meses podendo ser   renovado em solo britânico por 5 anos
  • Ambos devem ser maiores de 18 anos
  • É aconselhável que o europeu possua   registro de residência  no Reino Unido
  • Não é necessário requisitos mínimos da   língua inglesa
  • Visto inicial de 5 anos com possibilidade   de renovação

Outras exigências analisadas para toda e qualquer aplicação:

  • Ambos os requerentes se conhecem pessoalmente
  • Demonstrar evidências de que o relacionamento é genuíno

O pedido de visto poderá ser negado se:

  • O requerente não-membro da comunidade europeia está sob ordem de deportação
  • Possui registro criminal em algumas situações
  • Se existe evidências de má conduta
  • Se é portador de Tuberculose
  • Se fez uso de documentos falsos
  • Se possui uma dívida maior ou igual a £1000 ao NHS – Sistema Nacional de Saúde

Lembrando que a partir de outubro de 2013 todos os requerentes para residência permanente com parceiros britânicos ou visto definitivo em UK deverão apresentar nível de inglês B1 além do teste Life in the UK ou ESOL citizenship.

Preencha o formulário abaixo, marque sua consulta e tire suas dúvidas.

Nome

E-mail

Telefone:

O que você precisa?

Data pretendida:

Hora pretendida:

Mensagem:

Como ouviu falar da LondonHelp4u?

Por favor, digite o que você vê na imagem:
captcha

 Li e concordo com os Termos e Condições Gerais da LondonHelp4U

Como renovar seu passaporte brasileiro no Reino Unido

Estar com a documentação em dia, dentro do prazo de validade, é o primeiro passo para viver no Reino Unido com segurança e ter a possibilidade de viajar a outros países com tranquilidade. Com a alta demanda pela emissão de passaportes fora do Brasil, é importante se programar para realizar a requisição com antecedência e evitar atrasos no agendamento de entrevista e de confecção do documento.  Ainda que o passaporte esteja válido, é possível dar entrada na documentação. Brasileiros residentes no Reino Unido devem requerer o passaporte junto ao Consulado Geral do Brasil em Londres, pessoalmente ou por correio.

Passo a Passo

Deve ser preenchido um formulário disponível no site do consulado (http://cglondres.itamaraty.gov.br/pt-br/instrucoes_de_preenchimento_scedv.xml).

De acordo com as informações presentes no site do Consulado do Brasil em Londres, o formulário deve ser entregue ao consulado com: uma foto 3,5×4,5 recente, passaporte a ser renovado, comprovante de agendamento de horário, documento oficial com nome atual (RG, Certidão de Nascimento ou Certidão de Casamento), comprovante de quitação das obrigações eleitorais (pode ser impresso no site do Tribunal Superior Eleitoral), documento militar (para homens entre 18 e 45 anos) e comprovante de pagamento da taxa de £120,00 para renovação de passaporte para maiores de 18 anos,  £80,00 para pessoas entre 4 e 18 anos incompletos, e £40,00 para crianças entre 0 e 4 anos. A taxa pode ser paga como Postal Order em qualquer Post Office (correios), nominal ao Consulate General of Brazil in London. O consulado oferece a lista online completa de documentos para facilitar a organização dos documentos em cada caso: http://cglondres.itamaraty.gov.br/pt-br/passaporte.xml.

Preencha o formulário abaixo, marque sua consulta e tire suas dúvidas.

Nome

E-mail

Telefone:

O que você precisa?

Data pretendida:

Hora pretendida:

Mensagem:

Como ouviu falar da LondonHelp4u?

Por favor, digite o que você vê na imagem:
captcha

 Li e concordo com os Termos e Condições Gerais da LondonHelp4U

Você vive no Reino Unido sem falar inglês?

Há pessoas em todo o Reino Unido, embora não nascidos na Inglaterra, conseguindo ter seu próprio negócio ou manter um emprego, sem saber falar Inglês corretamente. Mas será que é mesmo possível viver aqui sem conhecimento adequado da língua nativa?

A comunidade romena é um dos maiores grupos de imigrantes no Reino Unido, com um número estimado de 150.000 pessoas residindo no nordeste de Londres. Petru Clej, intérprete romeno trabalhando em Londres, diz que dentro dessas “comunidades locais” é bem possível viver sem falar e aprender Inglês. “Eles se estabelecem aqui em grupos. Há bairros inteiros cheios de romenos. Eles têm as suas próprias lojas, suas próprias igrejas, assinam a TV romena, e ainda trabalham juntos. É fácil encontrar romenos vivendo aqui por mais de 10 anos sem falar uma palavra de Inglês. Embora não tenham uma vida integrada, conseguem sobreviver. Se têm filhos, eles vão para a escola, aprendem Inglês e os filhos acabam como intérpretes para os pais. Portanto, não há sempre um incentivo para aprender” diz Petru Clej.

Para a comunidade brasileira a situação não é muito diferente. Há uma estimada de 200.000 brasileiros vivendo no Reino Unido, onde 130.000 moram em Londres. Se você andar pelas ruas do noroeste de Londres ouvirá Português, língua nativa do Brasil, por onde passar. Assim como para os romenos, é possível encontrar brasileiros naturalizados britânicos que vivem no Reino Unido por mais de 10 anos, mas mal conseguem manter uma conversa com um nativo. Por isso, suas vidas também são limitadas a um status de conveniência e dependência de parentes e amigos da mesma nacionalidade.

Apesar certos campos dos serviços sociais oferecerem ajuda com interpretação, como o sistema de justiça criminal, por exemplo, conseguir viver no Reino Unido sem falar Inglês a um nível avançado está ficando mais e mais difícil. Habib Rahman, do Conselho para o Bem-Estar dos Imigrantes, diz que as pessoas geralmente querem aprender Inglês para se integrar na sociedade britânica. Mas o problema é que não querem fazer esforço, porque são dependentes de outras pessoas ou porque vivem aqui ilegalmente. Líder do Partido Trabalhista, Ed Miliband, disse que “não muito tem sido feito para garantir a integração na sociedade em geral das comunidades imigrantes. Mas se as pessoas querem se estabelecer no Reino Unido falar Inglês é fundamental. É de seu próprio interesse aprender a língua nativa para que tenham acesso a oportunidades de emprego melhores, e educação para si e seus filhos.”

Mas agora as coisas estão mudando, principalmente para aqueles que desejam residir no Reino Unido, especialmente para os que desejam se naturalizar. O teste life inthe UK foi idealizado para preencher esta lacuna, e encorajar as pessoas a aprender não só a língua como também a história do local onde escolheram para viver. Então, se você mora no Reino Unido e quer aprender Inglês, bem como se preparar para o teste life in the UK entre em contato conosco. Oferecemos cursos de preparação regularmente, com um professor britânico. Além disso, temos parcerias com as melhores escolas de inglês no Reino Unido para fornecer aos nossos clientes os melhores programas de aprendizado.