Mês: janeiro 2020

MINUTO LEGAL: a última semana de UK na UE

Os membros do Parlamento Europeu apoiaram os termos da saída do Reino Unido da UE. Os eurodeputados ratificaram o Acordo de Retirada do Brexit por 621 votos a 49, após um debate emocional em Bruxelas. As informações são de BBC.

*

Confuso com a saga de 1.300 dias do Brexit? Entenda como e por que aconteceu, e o que pode ser esperado em 2020 e depois. As informações são de The Guardian.

*

O que acontece depois que o Reino Unido deixa a UE? Às 23 horas do dia 31 de janeiro de 2020, o Reino Unido deixará oficialmente a União Europeia. Nos termos do Acordo de Retirada, o Reino Unido entrará em um período de transição cumprirá as regras da UE, apesar de não ser mais um membro. As informações são de iNews.

*

Os principais cientistas devem receber vistos rápidos para a Grã-Bretanha, enquanto os ministros finalizam os planos para reduzir a migração pouco qualificada da União Europeia. As informações são de Daily Mail.

*

Relatório do Migration Advisory Committee (MAC): avaliação e recomendações sobre o sistema baseado em pontos e limites salariais para imigração. As informações são de GOV.UK.

*

As negociações sobre a relação pós-Brexit do Reino Unido com a UE começarão em 3 de março, mais de um mês após a saída do Reino Unido do bloco. As informações The Guardian.

*

Os líderes empresariais do Reino Unido receberam com satisfação propostas para reduzir o controverso teto salarial para £ 25.600, para trabalhadores imigrantes que vêm para preencher empregos no Reino Unido. Mas as empresas ainda temem a falta de pessoal em alguns setores em que os empregadores já lutam para encontrar trabalhadores. As informações são de Yahoo News.

*

Em relatório de 271 páginas, o migration advisory committee (Mac) não apóia um sistema australiano baseado em pontos. Em vez disso, recomenda um sistema misto, que contaria com um limite mínimo de salário para as pessoas que vêm ao Reino Unido, com uma oferta de emprego e um sistema baseado em pontos para trabalhadores qualificados que chegam ao Reino Unido sem um emprego arranjado. As informações são de The Guardian.

*

Cidadãos britânicos correm para se estabelecer na Espanha antes de perderem seus direitos como cidadãos da UE em 31 de dezembro. As informações são de The Guardian.

10 curiosidades sobre o metrô de Londres

O London Underground é o sistema de metrô mais antigo do mundo e nesses trilhos tem muita história!

Em 10 de janeiro de 1863, quase 160 anos atrás, o London Underground era inaugurado na capital inglesa. Naquela época, ele ainda era movido à vapor. Hoje, estações e vagões tecnológicos abrangem grande parte da cidade.

Alguns símbolos do metrô londrino viraram  símbolos da cidade, em geral, como o “Mind the Gap” escrito no chão e falado dentro do trem o tempo todo, e o símbolo do Underground (aquele com um círculo azul e uma fita vermelha no meio).

Preparamos uma lista de 10 curiosidades sobre este icônico transporte público! Confira:

1 – Londres só perde para Pequim e Shangai quando o assunto é sistema de metrô. O transporte daqui tem 270 estações e faz 1 bilhão de jornadas por ano.

2 – Mesmo sendo chamado de Underground ou Tube, só 45% do metrô de Londres fica debaixo da terra.

3 – As escadas rolantes do metrô rodam uma distância equivalente a 2 volta ao mundo toda semana. Já os trens circulam o equivalente a 90 idas à lua em um ano.

4 – Muitas estações, principalmente os túneis, foram usados de abrigo durante a Segunda Guerra Mundial. Os trens passavam distribuindo comida, água e cobertores para essas pessoas. Eram cerca de 177.500 morando no metrô no auge da guerra.

5 – Também durante a Segunda Guerra, algumas estações foram usadas para guardar e preservar peças do Brtitish Museum e outras viraram fábricas de aviões de caça.

6 – Usar o metrô como locação de filme custa £500 e mais 20% de impostos. Exceto quando a equipe tem menos de 5 pessoas. Mesmo assim, o London Underground Film Office recebe cerca de 200 pedidos por mês.

7 – Um incêndio na estação de King Cross, em 1987, matou 31 pessoas. O motivo? Um fósforo. Desde então, é proibido fumar no metrô de Londres.

8 – A Rainha Elizabeth já dirigiu um trem! Para comemorar a inauguração da linha Victoria, a monarca comandou o trem da estação de Green Park até Oxford Circus, em 1969.

9 – A estação mais movimentada é a Waterloo, com 82 milhões de passageiros por ano e também a estação com mais escadas rolantes de Londres: 23.

10 – O dia mais movimentado da história do metrô foi em 3 se agosto de 2012, quando aconteciam os Jogos Olímpicos em Londres. Em um só dia, 4,4 milhões de pessoas usaram o Underground.

Por Natalia Fernandes

brexit

MINUTO LEGAL: a chegada do Brexit e notícias de imigração

A Lei do Acordo entre UK e UE foi assinada pela rainha após concluir sua jornada pelo parlamento. As informações são de Sky News

*

Imigrantes pouco qualificados provavelmente serão proibidos de se mudar para a Grã-Bretanha no final deste ano, depois que o governo adiantar o plano para um novo sistema de imigração. O Reino Unido terá o poder de encerrar a livre circulação e definir suas próprias regras sobre imigração no final do período de transição do Brexit, que termina em 31 de dezembro. As informações são de iNews

*

Enquanto pelo menos 1.890 estrangeiros chegaram às terras britânicas em pequenos barcos no ano passado, o Home Office afirma que apenas 125 foram devolvidos aos países europeus durante o mesmo período. As informações são de BBC

*

Boris Johnson prometeu que a nova política de imigração do Reino Unido colocará “as pessoas antes dos passaportes”, enquanto ele usava seu primeiro discurso de 2020 para exaltar os benefícios do acordo comercial com a Grã-Bretanha no pós-Brexit para uma reunião de líderes africanos. As informações são de The Guardian

*

O teto salarial de 30.000 libras para imigrantes será descartado para atender à demanda de trabalhadores qualificados na Grã-Bretanha após o Brexit, sob propostas a serem publicadas na próxima semana. As informações são de Telegraph

*

O Migration Advisory Committee produzirá um relatório, encomendado pelo Home Office, na próxima semana sobre qual o nível de migração mais adequado à economia britânica. As informações são de iNews

*

Boris Johnson disse que o Reino Unido “cruzou a linha de chegada do Brexit” depois que o Parlamento aprovou a legislação que implementa o acordo de retirada da União Europeia. O projeto de lei, que abre caminho para o país deixar o bloco em 31 de janeiro, está aguardando o royal assent. As informações são de BBC

Os 5 melhores espetáculos em cartaz em Londres

Assistir uma peça teatral na terra de Shakespeare é uma experiência única

Engana-se quem pensa que os melhores espetáculos teatrais estão na Broadway! Londres não decepciona nunca, nem quando o assunto é teatro. Os melhores e mais famosos estão na região de West End, a “Broadway de Londres”, como dizem algumas pessoas. O primeiro teatro da região é de 1663.

Apesar de um pouco caro, assistir um espetáculo teatral em Londres é um programa imperdível! Prepare-se para rir e se emocionar com essas peças que contam com elencos enormes, efeitos especiais e muitos, mas muitos figuros! Confira as 5 mais bem avaliadas pelos espectadores:

1 – Phantom of the Opera (O Fantasma da Ópera)

O espetáculo está em cartaz em Londres há 30 anos e sempre foi sucesso de bilheteria. O enredo é uma história de amor: um fantasma habita o subsolo da Ópera de Paris e se apaixona por uma das cantoras do coral. Tem muitas reviravoltas e uma pitada perfeita de drama. As músicas são lindas, mas bem difíceis de entender por conta do inglês cordial. A recomendação é pesquisar sobre a história ou até assistir o filme antes para que no dia do espetáculo você possa curtir cada detalhe desta obra de arte! O Fantasma da Ópera está em cartaz no Her Majesty’s Theatre.

Divulgação

 

2 – Les Miserables (Os Miseráveis)

Outro clássico que nunca sai de moda (ainda bem!). Os Miseráveis é um livro clássico do francês Victor Hugo e mostra a grande desigualdade social e injustiça na França anos antes da Revolução Francesa. Este já este em cartaz há 35 anos em Londres, mas foi reformulado em algumas coisas no ano passado. Você pode assisti-lo no Sondheim Theatre.

Divulgação

 

3 – Mamma Mia

Sabe aquele espetáculo que mexe tanto com você que dá vontade de dançar e cantar junto? Este é Mamma Mia, o musical em cartaz há 20 anos em Londres. Além de perfeitamente dinâmico, o espetáculo é leve e muito engraçado. As piadas possuem o tom certo e a história é envolvente e apaixonante. As músicas são super famosas: Dancing Queen, Take a Chance On Me, Super Trouper… Ele está em cartaz no Novello Theatre.

Divulgação

 

4 – The Lion King (O Rei Leão)

O musical também está em cartaz há mais de 20 anos. A história é exatamente a mesma exibida na animação e na live action nos cinemas, mas mesmo assim surpreende o público. Isso por ser muito emocionante e envolver o público de uma maneira que o cinema não consegue. Você pode assisti-lo no Lyceum Theatre, um dos maiores teatros de Londres.

Divulgação

 

5 – Mary Poppins

Desta lista, este é o espetáculo que está a menos tempo em cartaz: desde 2004. Mary Poppins é a famosa babá com superpoderes. Sua metodologia para cuidar das crianças assusta e encanta os adultos e os pequenos. Este espetáculo está em cartaz no Prince Edward Theatre.

Divulgação

Por Natalia Fernandes

Know how non-citizens get a visa

MINUTO LEGAL: Brexit, crise na realeza e imigração

Muitos trabalhadores da UE parecem estar atrasando o envio de inscrições porque acreditam erroneamente que serão rejeitados porque ganham menos de £ 30.000. As informações são de Independent.

*

A decisão de Meghan Markle de se mudar para o Canadá poderia afetar seu pedido de obtenção da cidadania britânica sob as regras do Home Office. As informações são de Daily Mail.

*

Uma assessora da realeza divulgou um comunicado dizendo que não há alteração no pedido da duquesa no momento e que ela ainda pretende se tornar uma cidadã britânica. As informações são de Business Insider.

*

As regras de imigração são “excessivamente complexas e impraticáveis”, de acordo com a Comissão de Direito, que recomenda simplificá-las para economizar ao governo £ 70 milhões na próxima década. Os regulamentos quadruplicaram desde 2010 e são “amplamente criticados por serem mal elaborados”, diz o órgão, que aconselha os ministros a atualizar a lei. As informações são de The Guardian.

*

Boris Johnson cumprirá sua promessa de não estender o período de transição e quais são as consequências disso para o tipo de acordo que pode ser feito? Ele cumprirá sua promessa de não alinhar o Reino Unido com as regras e padrões da UE e quais são as consequências para a economia do Reino Unido? A UE continuará a insistir nesse jogo que continuamos ouvindo e quais são as consequências disso para os planos do primeiro-ministro para o Brexit? As informações são de Independent.

*

Os apoiadores do Brexit receberam permissão para uma festa na Parliament Square em Londres, no momento em que o Reino Unido deixa a UE em 31 de janeiro. O evento, organizado pela Leave Means Leave, deve ocorrer entre as 21:00 e as 23:15 GMT. O Reino Unido deixará a UE às 23:00 GMT, 47 anos depois de ingressar na então Comunidade Econômica Européia em 1973. As informações são de BBC.

*

Haverá verificações nas fronteiras dentro do Reino Unido sob o acordo do Brexit negociado por Boris Johnson, afirmou o principal negociador da UE. Michel Barnier confirmou que haverá “verificações e controles” entre a Grã-Bretanha e a Irlanda do Norte sob o acordo que governará a saída do Reino Unido da UE. As informações são de Independent.