As tradicionais cabines telefônicas de Londres viram micro bibliotecas

As conhecidas “menores bibliotecas de Londres” são passeios únicos para os amantes de livros

Quem é um leitor fiel sabe que ir em qualquer livraria ou biblioteca pode ser um passeio de horas e mais horas. Mas e nas bibliotecas montadas dentro das minúsculas cabines telefônicas londrinas, quanto tempo você demoraria? Desativadas por consequências do tempo e pelo surgimento de tecnologias melhores, as icônicas cabines ganham a nova função de empréstimo ou doação de livros usados.

A antiga cabine telefônica da esquina da Loampit Hill com a Tyrwhitt Road, por exemplo, virou uma pequena e singular atração turísticas para quem gosta de literatura. A Lewisham Micro Library – como ficou conhecida – é um ponto de troca de livros. Qualquer um é livre para chegar, escolher um livro e levar para casa, mas desde que reponha outro no lugar.

Essas micro bibliotecas incentivam a leitura ao mesmo tempo que valorizam um dos principais símbolos londrinos, aliás, quem não lembra de Londres quando vê uma cabine dessas? Com essa nova função, elas permitem que mais pessoas tenham acesso aos livros. Num mundo cada vez mais digitalizado, ganhar um livro físico pode ser uma experiência nostálgica e inspiradora.

Estima-se que existam 150 cabines ganhando novos usos por Londres. As primeiras bibliotecas em cabines começaram a surgir 10 anos atrás e hoje estão por toda cidade. Doadas pelo governo, as instituições de caridade começaram a vender as cabines por £ 1. Claro que todas precisavam de reformas com iluminação, vidros quebrados, desgastes, mas quem adquire uma já tem grandes ideias do que montar dentro delas. Quando caminhar por Londres, atente-se se nenhuma cabine telefônica é uma biblioteca!

Por Natalia Fernandes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *