Autor: Marketing

MINUTO LEGAL: as notícias sobre imigração em UK dos últimos dias

Racismo e crimes de ódio relacionados à raça aumentaram desde o referendo Brexit de 2016, com oficiais designados para lidar com as “tensões”. 24 oficiais de coesão da comunidade estão sendo nomeados por conselhos em todo país de Gales. O foco, em particular, são os cidadãos da União Europeia e outros grupos minoritários que se possam sentir suscetíveis às tensões do Brexit. As informações são de BBC.

Dois jovens músicos cegos, que deveriam chegar ao Reino Unido no sábado, para participar de um intercâmbio cultural de duas semanas estabelecido pelo governo, foram impedidos pelo Home Office de entrar no país. As informações são de iNews.

Uma bebê cujo responsável legal é residente no Reino Unido foi impedida de entrar no país, deixando ela e sua futura mãe adotiva “abandonadas” no Paquistão. As informações são de Independent.

Mãe negada chance de limpar seu nome de acusação que vai ver toda a família deportada de volta ao marido ela teme. “Minha vida parou quando recebi a carta”, descrevendo o momento em que foi acusada pelo Home Office de fraudar um teste de inglês que ela completou três anos antes. As informações são de Independent.

Uma petição para impedir a deportação de um estudante “excepcional” e “marcante” atraiu mais de 6.000 assinaturas. Stiven Bregu, 18 anos, foi traficado da Albânia para o Reino Unido em 2015, para escapar de violência doméstica e foi despejado sozinho em Keynsham, perto de Bristol. As informações são de BBC.

12 protocolos da realeza que vão te deixar de queixo caído

Para viver no palácio real britânico, muitas normas internas ou para aparição em público devem ser seguidas

Toda família tem regras e tradições para seguir. Mas algumas da família real britânica podem ser estranhas, engraçadas ou até não fazer sentido algum. Esses protocolos que vamos te apresentar existem há centenas de anos e sobreviveram até hoje. Claro que algumas delas são quebradas de vez em quando, mas realmente é muito difícil isto acontecer.

1 – Elizabeth, Charles, William e George não podem viajar no mesmo veículo

Isso porque caso aconteça algum acidente fatal, a linha sucessória não seria comprometida. Se William quiser viajar com o filho pequeno, por exemplo, precisa pedir autorização para a rainha. A regra vale para qualquer meio de transporte, desde carros até aviões.

2 – É proibido dizer algumas palavras, como “perdão”

Algumas palavras não podem ser ditas pelos membros da família real britânica porque não soam muito bem. Uma delas é “pardon”, “perdão” em português.

3 – Em toda viagem, eles precisam levar uma roupa preta

Isso porque caso alguma pessoa morra, eles precisam estar equipados de um look preto para vestir imediatamente. Em 1952, a regra ainda não existia e o Rei George VI, pai de Elizabeth II, morreu enquanto ela estava na África. Ela teve que esperar até que uma roupa apropriada fosse entregue para sair do avião.

4 – Eles precisam se curvar para os membros mais próximos da linha sucessória do trono

Todos da família real precisam se curvar quando cumprimentarem outros com a posição mais alta, ou seja, mais próximo da linha sucessório do trono.

5 – Quando a rainha parar de comer, todos devem parar também

Se você estiver jantando com a rainha Elizabeth II, você deve parar imediatamente sua refeição se ela estiver satisfeita do jantar. Ela irá sinalizar que já terminou quando colocar o pulso sobre a mesa. A regra só não vale para as crianças. O mesmo deve ser seguido na hora de dormir: você não pode ir para cama antes da rainha, caso, claro, estiverem dormindo na mesma residência real.

6 – Crianças não podem usar calças

Não importa o quão frio esteja, meninos só podem aparecer em público usando meia e shorts curto e as meninas vestido. Isto até atingiram 8 anos.

7 – Todos devem comparecer ao aniversário da rainha

No dia 21 de abril, aniversário da rainha Elizabeth II, todos membros da família real britânica devem comparecer à comemoração. Não importa se tenha dado à luz ontem, ou esteja em viagem, todos devem estar presentes.

8 – Os bebês reais não usam fralda descartável

As fraldas de pano, por mais antigo que seja, é obrigatoriedade. Mas William e Kate já quebraram ente protocolo algumas vezes com seus três filhos.

9 – Menores de idade não podem jogar Banco Imobiliário nem War

O jogo War faz parte de um treinamento oficial que os membros passam quando chegam a maior idade, mas antes disso, não podem jogar de jeito nenhum! Já Banco Imobiliário é proibido pois deixam as crianças mais competitivas.

10 – Casais não podem se tocar em público

Kate a Willian, Meghan e Harry, Elizabeth e Philip… Nenhum deles podem se tocar em público! Apenas muitos sorrisos e acenos são permitidos. Mas Meghan e Harry estão quebrando esta regra, pois que já foram vistos andando de mãos dadas diversas vezes.

11 – Mulheres não podem usar chapéu depois das 18h e nem tiaras antes das 18h

A regra não tem nenhuma explicação palpável, é apenas uma tradição de séculos. Se elas estiverem em um evento ou em público e der 18h, o chapéu deve ser trocado imediatamente por uma tiara.

12 – Mulheres não podem cruzar a perna

Para evitar que o vestido suba demais ou que a calcinha apareça, as mulheres da família real não podem cruzar as pernas quando se sentam.

Por Natalia Fernandes

Visto de família: saiba como trazer familiares para o Reino Unido

Muitos imigrantes que moram no Reino Unido tem dúvidas com relação a trazer familiares para morar na Inglaterra. Nesses casos é necessário aplicar para o Family Visa. Confira a seguir quem está habilitado para trazer dependentes e como funciona o processo.

Quem pode trazer dependentes?

Aqueles que desejam torna-se provedores de familiares no Reino Unido, devem ser portadores de cidadania britânica ou terem Residência Permanente no país.

“Também é necessário que o provedor em território britânico tenha uma renda anual mínima, além de uma renda extra para cada dependente”, explica Francine Mendonça.

Quem se enquadra como membro de família?

– Filhos e netos: para menores de 21 anos, basta compravar ter a guarda. Já para maiores de 21 anos, é necessário a comprovação de que os mesmos dependem economicamente do provedor

– Pais e avós: é necessário comprovar que os mesmos necessitam da ajuda do provedor e que já viviam juntos anteriormente

– Adotados: membros de família adotados de forma regular e por leis que sejam reconhecidas no Reino Unido, tem os mesmos direitos de outros dependentes

Extensão de membros de família

Irmãos, tios, primos e sobrinhos também podem se enquadrar como dependentes. Porém, a comprovação da dependência realizada pelo governo britânico é mais rigorosa. É necessário mostrar que ambos os familiares já tinham um laço forte anteriormente, além da necessidade econômica.

Como aplicar?

Se você deseja trazer algum familiar para morar com você no Reino Unido, entre em contato com a LondonHelp4U. Somos uma empresa de imigração com 18 anos de experiência em processos de vistos e cidadanias.

MINUTO LEGAL: Brexit sem acordo e mais notícias sobre imigração dos últimos dias

A União Européia disse que está pronta para o Reino Unido deixar o bloco sem um acordo e não está planejando mais nenhuma medida de contingência. As informações são de Bloomberg.

Homem que teve visto concedido para ver filho graduar no doutorado diz que está ‘em um sonho’ Home Office inicialmente recusou o visto para o pai do executivo-chefe do Scottish Refugee Council. As informações são de The Guardian.

Home Secretary disse que quer o fim das duras regras para que estudantes estrangeiros permaneçam no Reino Unido para trabalhar, defendendo o que ele chamou de “atitude flexível e sensível” à imigração. As informações são de The Guardian.

Ainda existe a possibilidade de um Brexit sem acordo. Isto significa que o Reino Unido deixaria imediatamente a União Europeia (UE) sem acordo sobre o processo de “divórcio”. Cidadãos da UE no Reino Unido podem solicitar o settled status, permitindo que permaneçam no país mesmo que não haja acordo. As informações são de BBC.

Edimburgo: onde ir na sua 1ª visita à cidade

Conheça os 10 melhores lugares da extraordinária capital da Escócia.

Foi muito, mas muito difícil, escolher apenas 10 coisas para indicar a você em Edimburgo, capital da Escócia! Ela é a segunda cidade mais visitada do Reino Unido, perdendo apenas para Londres. Cercada de montanhas, em Edimburgo você não encontra arranha-céus, trânsito, buzinas… Na verdade, lá nem parece que é uma capital europeia! A arquitetura vitoriana e neogótica está muito preservada e visitar a cidade é uma verdadeira viagem ao tempo.

Edimburgo é dividida em “duas cidades”, a Old Town e a New Town. Na primeira estão a maioria dos monumentos, o castelo principal, sem contar a arquitetura preservada da idade média. A New Town é a parte onde de fato os escoceses vivem. O cenário também é composto de casa no estilo vitoriano, mas com muito mais lojas e pubs. Nesta lista, recomendaremos a você lugares de ambos os lados de Edimburgo. Confira:

1 – Edinburgh Castle

Com certeza, este é o principal ponto turístico de Edimburgo. Ele fica no alto de uma rocha de origem vulcânica e vigia a cidade do alto. A primeira versão dele foi construída em 1093, mas desde lá mudou muito.

Na visita ao interior do castelo tem muito o que se fazer. Dá para conhecer a residência real escocesa e muitos outros museus, como o Scottish National Mmorial ou o War Museum. As Joias da Coroa escocesa e a Pedra do Destino – usada para a coroação de monarcas – são encontradas lá.

2 – Palace of Holyroodhouse

Diferente do anterior, esta é a residência oficial da monarquia britânica na Escócia. A rainha e sua família passam apenas uma semana no aqui e neste período as visitas são suspensas. Mas se você tiver a oportunidade de visitar, a visita guiada vale muito a pena. Você passa por alguns cômodos e ambientes reais, além de conhecer mais sobre a monarquia britânica e do país. Dentro também tem uma Galeria de Artes da Rainha, com obras muito bonitas. A entrada custa £ 15,50.

3 – Calton Hill

Como já dissemos, Edimburgo é cercada por montanhas e uma delas é a Calton Hill. Não precisa ser um grande atleta para subir o morro, mas esteja preparado, pois não é tão simples. Lá em cima, você vai encontrar a inacabada acrópole, o Nelson Monument, o Dulgald Stewart Monument e o observatório.

Se você tiver a sorte de pegar um dia ensolarado, veja o pôr do sol lá de cima! Quem já assistiu ao filme “One Day” vai lembrar deste morro na cena em que Anne Hathaway e Jim Sturgess admiram a cidade do alto.

4 – Prices Street e Scott Monument

Está é a principal rua de Edimburgo e ela faz a limitação entre a New Town e a Old Town. Nela existem muitos comércios, como lojas, restaurantes e pubs. Você ainda vai encontrar o Scott Monument, um monumento histórico dedicado ao escritor Sir Walter Scott. São 60 metros de altura e 300 degraus que você pode subir ter uma vista privilegiada da cidade.

5 – Museus da Royal Mile

A Royal Mile é um conjunto de quatro ruas que tem várias lojinhas, mas o mais interessante são os museus: quatros gratuitos. São eles: o Edimburgh Writers Museum (Museu dos Escritores de Edimburgo), o Museum of Childhood (Museu da Infância), o Museum of Edimburgh (Museu de Edimburgo) e o The People’s Story (História do Povo). Os temas são dos mais diversos e democráticos. As ruas ficam bem na saída do Castelo de Edimburgo e levam até o Palácio de Holyroodhouse.

6 – St Giles Catedral

Esta é a catedral da cidade de Edimburgo. Ela existe desde de 1120. Por fora, a onipotente construção com fachada do estilo gótico. A torre no alto da igreja possui 15 metros de altura. Por dentro, as paredes de pedra e os vitrais impressionam até os menos religiosos.  

7 – National Museum of Scotland

Com certeza este é o museu mais legal de toda cidade! Ele é de graça e nele tem fósseis encontrados na Escócia, artefatos da antiguidade escoceses e muito mais. Praticamente tudo relacionado a Escócia está lá, até uma parte da exposição é dedicada a famosa Ovelha Dolly, primeiro ser vivo clonado. Ótima oportunidade para conhecer a cultura, história e costumes do país que está visitando.

8 – Princes Street Gardens

Se você vai a Edimburgo no verão, o passeio pelo jardim é imperdível. Ele funciona desde 1770. Fontes, descampados, muitas árvores e flores, tudo isso você encontra lá, sem contar o primeiro relógio de flores do mundo, o Floran Clock, mas só funciona na primavera e no verão. A vista do Castelo é uma das mais bonitas que se tem de toda cidade.

9 – Veja um show tipicamente escocês

Durante seu passeio na cidade, você vai encontrar muitos artistas de rua vestidos das tradicionais vestimentas escocesas tocando a gaita de fole! Se quiser pagar para assistir uma performance mais bem elaborada, recomendamos o Spirit of Scotland Show. O lugar também oferece comidas típicas. Experimente o prato mais tradicional da Escócia: o haggis.

10 – Edinburgh Vaults

As Vaults de Edimburgo são uma série de câmaras secretas construídas em 1788. Dentro delas existem muitas tavernas, oficinas de sapateiros e outros comércios. No passado, muitas pessoas sem-teto moravam lá e a história relata que até seriais killers já atuaram nas vaults.  Burke e Hare, por exemplo, são famosos seriais killers que vendiam corpos para a faculdade de medicina. A lenda diz que eles procuravam por vítimas nas Vaults.

Hoje o lugar é ponto turísticos e existem muitas visitas guiadas para se conhecer o lugar! Imperdível.

Por Natalia Fernandes