Autor: Marketing

O que ainda está em discussão sobre o Reino Unido e a Irlanda com Brexit

MINUTO LEGAL: as últimas notícias sobre Brexit

Faz alguns meses, mas o Brexit não desapareceu. As negociações entre a União Europeia e o Reino Unido continuaram durante a pandemia e estão prestes a ficar muito mais movimentadas neste verão. As informações são de BBC

*

Cidadãos britânicos que vivem na UE podem enfrentar obstáculos significativos de trabalho e viagens a partir do próximo ano, porque os estados membros não conseguiram lidar com o impacto do Brexit em seus direitos, disseram os parlamentares. As informações são de The Guardian

*

Parlamentares apoiaram a principal lei de imigração, que busca acabar com as regras de liberdade de circulação da UE no Reino Unido. O projeto de lei faz parte do movimento em direção ao sistema de imigração baseado em pontos do governo, a ser introduzido a partir de 2021. As informações The Sun

*

Apoiadores da União Europeia expressaram seus pesares nas mídias sociais depois que o relógio bateu meia-noite e a Grã-Bretanha não pode mais solicitar a extensão no período de transição do Brexit. As informações são de Express

*

Parlamentares britânicos aprovaram o projeto de lei de imigração do governo, que visa acabar com as regras de liberdade de circulação da UE no Reino Unido, um dos principais fatores que levaram ao Brexit. As informações são de Euronews

*

Escócia poderá enfrentar escassez de mão-de-obra se o governo do Reino Unido avançar com suas reformas migratórias planejadas, alertou um novo relatório. As informações são de Daily Record

*

Quase 60.000 pessoas que vivem na Irlanda do Norte se inscreveram no settled status scheme, para que possam viver e trabalhar no Reino Unido após o Brexit. As informações são de BBC

Imagem: FreePik

Violência doméstica e imigração

Procure ajuda e compartilhe com quem precisa!

Neste momento desafiador, com tantas restrições impostas e poucas possibilidades de sair de casa, infelizmente cresce o número de casos com pessoas expostas à violência doméstica.

Segundo o governo do Reino Unido, violência doméstica e abuso é qualquer incidente de controle, comportamento coercitivo ou ameaçador. Isso pode incluir, entre outros, os seguintes tipos de abuso:

  • psicológico
  • fisico
  • sexual
  • financeiro
  • emocional

Imigração X Violência Doméstica

Vítimas de violência doméstica que estão casadas com britânicos ou são parceiras de pessoas que possuem o visto de residência definitiva, podem requerer permissão para viver no Reino Unido permanentemente ao se separar e denunciar o agressor.

A pessoa precisa apresentar, no entanto, as provas dos abusos que sofreu e comprovar que a relação foi interrompida em razão de violência doméstica. A recomendação é procurar a polícia, em caso de emergência, e as instituições de caridade que trabalham com aconselhamento para todos os casos de abuso. Separamos algumas abaixo.

Aqueles que se aplicam para visto de permanência, sob a proteção desta lei, não precisam comprovar o conhecimento da língua inglesa e nem se submeter ao teste Life in the UK.

Instituições | Charities:

LH4U

A LondonHelp4u está oferecendo consultas gratuitas para vítimas de violência doméstica, durante todo o mês de julho. Entre em contato conosco e nosso time irá ajudar com todo processo de imigração. UK 020 7636 8500, Brasil (11) 3283 0906, HelpLineUK 24h + 44 78 91764830 ou envie um e-mail para info@londonhelp4u.co.uk

Artigo originalmente publicado na Revista Brasil na Mão

Imagem: FreePik

MINUTO LEGAL: notícias de imigração em UK

Cerca de 70% dos britânicos acreditam que a crise demonstrou a importância da imigração para os serviços essenciais. As informações são de iNews

*

Regras de imigração que deixaram 1 milhão de trabalhadores imigrantes no Reino Unido em risco de miséria porque não podem reivindicar crédito universal devem ser suspensas por motivos de saúde pública durante a pandemia, recomendou um grupo de parlamentares. As informações são de The Guardian

*

Setor de tecnologia do Reino Unido está tentando incentivar os empresários afetados pelas restrições de imigração do presidente Donald Trump a se mudarem para o Reino Unido e abrir uma empresa em Londres. As informações são de CBNC

*

Estima-se que haja um milhão de trabalhadores sem documentos no Reino Unido. A pandemia do coronavírus apresentou a eles um novo conjunto de desafios e temores sobre como manter uma renda, permanecer saudável ou até permanecer vivo. As informações são de BBC

MINUTO LEGAL: HO não sabe quantos estão ilegalmente em UK

Extensões gratuitas de vistos devem ser concedidas a todos os profissionais estrangeiros do NHS e assistência social, disse um grupo de parlamentares. É “injusto” que alguns dos trabalhadores mais mal pagos paguem milhares de libras para permanecer no país”, disseram. As informações são de BBC

*

Boris Johnson alertará a UE que a Grã-Bretanha escolherá um Brexit sem acordo se uma negociação comercial não for alcançada até o final do próximo mês. A ameaça ocorre apesar do chefe da Organização Mundial do Comércio sugerir que isso poderia retardar a recuperação econômica do Reino Unido do coronavírus, e que um acordo semelhante aos acordos atuais seria melhor para empregos. As informações são de Daily Mail

*

“O novo sistema de imigração baseado em pontos do Reino Unido não é mais justo, mais rápido ou mais firme – é um absurdo completo” As informações são de Independent

*

Bruxelas está pedindo aos governos europeus que selecionem juntos os países a quem darão primeiro o sinal verde. A decisão deve se basear em fatores “incluindo a situação de saúde, a capacidade de aplicar medidas de contenção durante a viagem e considerações de reciprocidade”. As informações são de Forbes

*

Home Office ‘não tem ideia de quantas pessoas estão ilegalmente no Reino Unido’ . As informações são de The Guardian

*

Uma comissão parlamentar do Reino Unido publicou esta semana, um relatório sobre a legalidade das ofertas do governo para extensões de vistos. As informações são de Free Movement

*

Boris Johnson promete reembolsar trabalhadores do NHS obrigados a pagar sobretaxa de saúde de imigração. As informações são de iNews

Imagem: FreePik

MINUTO LEGAL: quarentena e imigração em UK

As restrições da QUARENTENA podem se transforma em caos no primeiro dia depois que um porta-voz do Home Office admitiu que “era muito difícil imaginar como isso funcionaria na prática”. As informações são de The Sun

*

Coronavírus (COVID-19): Se você é um residente ou visitante que viaja para o Reino Unido, deve fornecer os detalhes de sua estadia e contato, não deixar o local em que está hospedado nos primeiros 14 dias em que estiver no Reino Unido, exceto em situações muito limitadas (conhecidas como “auto-isolamento”). As informações são de Gov.UK

*

Cidadãos britânicos que passaram meses separados de cônjuges não pertencentes à UE expressaram temores de que sua separação se torne permanente, uma vez que o desemprego em massa e licenças como resultado da crise de Covid poderiam deixá-los inelegíveis para vistos. As informações são de The Guardian

*

Milhares de famílias em toda a Grã-Bretanha estão preocupadas com a possibilidade de serem divididas, porque as perdas de empregos durante o lockdown significam que eles não ganham mais o suficiente para serem elegíveis para vistos de cônjuge, que o limite é de £ 18.600 por ano. As informações são de Independent.

*

O governo do Reino Unido dirá à UE na sexta-feira que não vai buscar uma extensão do período de transição do Brexit, disse a gerente geral de pagamentos, Penny Mordaunt. As informações são de The Guardian

Imagem: FreePik.com