Saiba como ter um CV perfeito e se destacar no mercado britânico

O currículo britânico é bem diferente do modelo ao que estamos acostumados no Brasil. No competitivo mercado de trabalho do Reino Unido o CV é a ferramenta mais importante na busca por um emprego. Para se destacar em meio a milhares de candidatos, é necessário ter um CV muito bem construído. A seguir, confira as dicas de Siomara Jubert, que é especialista em CVs e Carrer Coach, para ter um CV perfeito!

Step 1 CV o nome do arquivo
Já deve ter ouvido falar que é bom fazer diferentes modelos de CV para cada vaga a que se candidatar. O nome do arquivo do seu CV pode parecer bobagem e detalhe sem importancia, mas lembre-se: a beleza está no detalhe. Está de parabéns caso já esteja moldando o CV para cada vaga. No entanto, o recrutador não precisa saber que tem várias opções em mente.

Um CV chamado ‘Vendas CV’ ou “versão 2017” não é muito atraente. Caso coloque estes nomes de arquivo no seu CV dá a impressão de que você tem centenas de diferentes versões e que não tem muito foco. Você pode e deve manter modelos diferentes no seu computador, mas na hora de mandar salve simplesmente como ‘Joe Blogs CV’ or ‘Joe Blogs’ por exemplo.

Step 2 Contato
Antigamente era mesmo costume colocar todos os detalhes no CV tais como endereço, nacionalidade, data de nascimento, estado civil etc. Pare para pensar: para que é que o empregador precisa saber onde mora antes de te contratar? Estas informações mencionadas acima são desnecessárias e tomam espaço no seu CV. Além do mais, caso esteja postando o seu CV online, a última coisa que deve fazer é deixar seus dados pessoais marcando bobeira.

Coloque sim o seu telefone e email – e só! O fato de ter o seu telefone e email ajudará ao recrutador ou empregador a encontrá-los com facilidade aumentando assim as suas chances de ser chamado para uma entrevista.

Step 3 – O ‘summary’
Na maioria das vezes, quando escrevem o CV, as pessoas pensam em como descrever a si mesmos da melhor forma. O probleminha é que frequentemente esquecem de levar em consideração para o quem é direcionado o mesmo. Lembre-se de que serão pessoas diferentes lendo o seu CV e não você.  Para começar, foque na sua experiência – aqui no Reino Unido é a parte que mais interessa.

Muitos optam pelo ‘summary’ ou ‘personal profile’, ou seja, um resuminho descrevendo quem são. Esta tática vem com riscos: ocupa espaço valioso do seu CV e em 99% dos casos não contribui em nada. Pelo contrário, põem em risco chance de ouro de ter o seu CV lido por inteiro, pois carrega as mesmices dos demais candidatos.

Muitos adjetivos sem exemplos para embasar a sua experiência e habilidades não criam o impacto necessário. Acabará soando como qualquer outro candidato que diz ser ‘reliable’, ‘hard working’ ou  ‘a team player’ – e a lista continua.

Neste caso é bom incluir evidência através da sua experiência e sucessos. Isso sim definirá quem você é profissionalmente. Conclusão, caso queira incluir o ‘summary’ no seu CV, faça com que seja cativante e relevante.

step 4 Quantas páginas
A língua inglesa é maravilhosa, pois permite que a escrita seja concisa. Você pode e deve usar e abusar dela neste sentido. Para que escrever algo usando 10 palavras quando pode usar 5? Faça com que o seu CV seja fácil de ler.

O recrutador ou quem quer que seja que esteja encarregado de ler os CVs tem vários deles ao mesmo tempo. Tente facilitar a vida deles. Além do mais, você quer causar uma boa impressão e não matá-los de tédio.

Muitos dos meus clientes tem um vasto histórico profissional e muitas vezes não sabem como ‘resumir’ tudo. Se for este o seu caso, comece pelo que é mais relevante de acordo com a vaga para a qual esta se candidatando. Caso tenha tido trabalhos que não são relacionados com a sua área, faça apenas uma pequena menção para cobrir eventuais ‘gaps’ entre os cargos.

Duas páginas é o limite (frente e verso).

Step 5 Hobbies
Hobbies…não é uma necessidade mencionar o que você gosta de fazer nas horas vagas. Para te ajudar a decidir se quer incluí-los ou não, duas perguntas:

  1. Está tomando espaço no seu CV?
  2. É relevante para o trabalho em questão? Vai te ajudar a conseguir a entrevista?

Se disse não para a primeira e sim para a segunda, talvez seja uma boa idéia deixar este detalhe no CV. Você decide.

Resumindo, recrutadores ou empregadores querem ter uma noção de quem você é e se está dentro do que buscam para a o cargo. Escreva isso com suas próprias palavras.
Pergunte a si mesmo: ‘Eu me contrataria?’. Boa sorte!

A Siomara Jubert é especialista no assunto e parceira da LondonHelp4U. Como recrutadora e career coach a Siomara vê os dois lados da moeda diariamente. E sua satisfação pessoal e paixão ajudar profissionais a conseguir alcançar seus objetivos e aspirações dando origem a Moving Forward CV & Career Coach. Seu aconselhamento é baseado na sua experiência e moldada a cada indivíduo e suas especificações. A Siomara sente que a sorte está ao seu lado por poder trabalhar e ajudar pessoas incríveis todos os dias. Se você precisa de ajuda com o seu CV ou um aconselhamento de carreira, entre em contato com a gente. Nós podemos de ajudar. Para mais informações 020 7636 8500 ou info@londonhelp4u.co.uk .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *