Categoria: Dicas de Imigração

Taxa de saúde de imigração vai subir para £ 624 em outubro de 2020

O governo anunciou que a taxa de saúde de imigração deve aumentar de £ 400 para £ 624 em outubro de 2020.

O aumento foi confirmado durante apresentação do Budget, que o Chanceler Rishi Sunak apresentou ao Parlamento. 

Essa medida aumenta a taxa de saúde para imigração do valor atual de £ 400 por ano para £ 624 por ano para cada imigrante temporário não pertencente ao EEA (incluindo dependentes). 

A medida também aumenta a taxa para estudantes, seus dependentes e os candidatos do programa Youth Mobility Scheme de £ 300 para £ 470. A taxa também será fixada em £ 470 para todas as crianças menores de 18 anos.

Isso será implementado em outubro de 2020 e vai incluir futuros imigrantes temporários do EEA com este aumento, a partir de janeiro de 2021.

Os conservadores prometeram, durante a campanha eleitoral geral de 2019, aumentar esta taxa, então não há novidade nesse sentido, mas o momento do aumento não era conhecido anteriormente.

Os imigrantes já pagam pelo NHS através de seus impostos, então o que a sobretaxa realmente representa é um imposto sobre vistos no Reino Unido. Ele é cobrado além das taxas de solicitação de visto. 

As taxas para solicitação de visto não devem aumentar em 2020/21 – mas o aumento da sobretaxa de saúde aumentará o custo total de muitos vistos de qualquer maneira.

Informações: Free Movement

https://www.freemovement.org.uk/immigration-health-surcharge-rising-to-624-in-october-2020/

O Brexit enfim aconteceu! E agora?

As principais dúvidas e o que pode ser feito para permanecer legalizado no Reino Unido

O que o Brexit representa para os europeus em UK?

O governo do Reino Unido chegou a um acordo com a União Europeia que vai proteger os direitos dos cidadãos de países pertencentes ao bloco europeu e de seus familiares que vivem no Reino Unido. Esse acordo significa que os cidadãos da União Europeia precisam aplicar para permanecer no Reino Unido e continuar vivendo aqui como agora.

Como assegurar sua situação imigratória no Reino Unido?

O cidadão portador de passaporte europeu, dos paises pertencentes à União Europeia, possui duas opções para garantir a permanência em UK. É necessário aplicar para EU Settlement Scheme para receber o Settled ou o Pre Settled Status, que depende basicamente do tempo que o cidadão mora no Reino Unido.

Outra opção é o pedido de naturalização britânica, que vai depender de alguns critérios do cidadão que reside aqui.

Até quando é possível aplicar para o Settlement Scheme?

O prazo final para aplicação do novo sistema de imigração do governo é 30 de junho de 2021. Com tantas mudanças e novidades em relação ao Brexit, a recomendação é fazer o pedido o quanto antes e garantir a resposta oficial do Home Office. A alta demanda de pedidos nos últimos meses atrasou o retorno de casos mais complexos, então o conselho é resolver esta situação imigratória agora.

O que é o sistema de imigração baseado em pontos?

Atualmente, o governo está considerando as recomendações de um relatório, antes de definir mais detalhes sobre o futuro sistema de imigração do Reino Unido.

***Update: Novo sistema de imigração: o que você precisa saber.

Como a LondonHelp4u pode te ajudar?

A LondonHelp4u tem mais de 18 anos de experiência em imigração no Reino Unido e possui consultores certificados, com excelência na atuação em casos simples e complexos. Desde o lançamento do Settlement Status Scheme pelo governo, já realizamos centenas de pedidos, o que tranquilizou a vida de muitos estrangeiros vivendo em UK. Se você deseja mais informações ou quer marcar uma consulta, entre em contato conosco: UK 020 7636 8500,  Brasil (11) 3283 0906, HelpLineUK 24h + 44 78 91764830 ou por e-mail: info@londonhelp4u.co.uk

Artigo publicado originalmente na Revista Brasil na Mão

Imagem: FreePik.com

 

MINUTO LEGAL: notícias sobre o novo sistema de imigração

Quando Nazia Hussein passou seis meses pesquisando identidade de classe e gênero em Bangladesh para seu doutorado na Warwick University em 2009, ela não tinha ideia de que, uma década depois, o Home Office usaria isso para recusar sua solicitação de residência permanente. As informações são de The Guardian.

*

Grã-Bretanha recebeu o maior número de imigrantes de fora da União Europeia desde 2004, em um ano até o final de setembro de 2019. As informações são de Reuters.

*

Depois de deixar oficialmente a União Europeia no mês passado, o Home Office do Reino Unido compartilhou novos regulamentos que exigirão que os músicos da UE solicitem vistos Tier 5 para fazer uma turnê, assim que a transição para o Brexit terminar em dezembro de 2020. As informações são de Hypebeast.

*

Segundo um relatório, até 2030, as empresas britânicas ficarão sem graduados universitários que podem se tornar trabalhadores altamente qualificados, caso as novas políticas de imigração do governo sejam colocadas em prática. As informações são de iNews.

*

Os líderes de pequenas empresas estão alertando para um déficit de 15 anos na equipe de assistência social, a menos que o governo introduza um visto especial para cuidadores. As informações são de Yahoo.

*

O que é um trabalhador qualificado? E outras questões de imigração. As informações são de BBC.

MINUTO LEGAL: novo sistema de imigração em UK

O governo estabeleceu os detalhes do sistema de imigração baseado em pontos do Reino Unido. Os novos acordos entrarão em vigor a partir de 1 de janeiro de 2021, quando a livre circulação com a UE vai terminar. As informações são de LondonHelp4u.

*

Trabalhadores pouco qualificados não receberiam vistos nos planos de imigração pós-Brexit revelados pelo governo. O plano incentiva os empregadores a “deixarem de lado a ” mão de obra barata “da Europa e investir na retenção de funcionários e no desenvolvimento de tecnologia de automação. As informações são de BBC.

*

A migração será limitada a trabalhadores qualificados que tenham uma oferta de emprego, falem inglês e recebam um salário de pelo menos 25.600 libras por ano. As informações são de Telegraph.

*

Cidadãos da União Europeia e seus familiares no Reino Unido não devem ser solicitados a comprovar Settlement Status para acessar serviços de saúde, alugar imóveis ou obter emprego, durante o período de transição, até 1 de janeiro de 2021. As informações são de Free Movement.

*

Priti Patel: Com o Brexit pronto, é hora de entregar o sistema de imigração baseado em pontos prometido e retomar o controle de quem deixamos entrar. As informações são de The Sun.

*

Um garoto de seis anos que viveu no Reino Unido a vida inteira foi impedido de voltar para casa da sua mãe após férias, depois que o Home Office revogou seu passaporte. As informações são de Independent.

*

Houve uma queda de 10% no número de trabalhadores qualificados do exterior que se candidatam para trabalhar em empresas privadas no Reino Unido, desde a votação do Brexit, sugere um novo relatório. As informações são de Metro.

*

Um italiano de 95 anos de idade que está no Reino Unido há 68 anos precisou provar para o Home office que é residente no país, a fim de permanecer após o Brexit, apesar de receber pensão nos últimos 32 anos. As informações são de The Guardian.

Novo sistema de imigração: o que você precisa saber

O Reino Unido está introduzindo um sistema de imigração baseado em pontos a partir de 2021.

 

Solicitação de visto

Novas rotas de imigração serão abertas, a partir do outono de 2020, para pedidos de trabalho, moradia e estudo no Reino Unido a partir de 1 de janeiro de 2021.

 

Trabalhadores qualificados

O sistema baseado em pontos incluirá uma rota para trabalhadores qualificados que tenham uma oferta de emprego de um patrocinador/empregador aprovado pelo Home Office.

A partir de janeiro de 2021, o trabalho que você oferece precisará ter um nível de habilidade exigido de RQF3 ou superior (equivalente ao nível A). Você também precisa falar inglês. O limite salarial mínimo geral será reduzido para £ 25.600.

 

Trabalhadores pouco qualificados

Não haverá uma rota de imigração especificamente para trabalhadores pouco qualificados.

 

Estudantes e graduados internacionais

As rotas de visto de estudante serão abertas para cidadãos da UE, EEE e Suíça.

Uma nova rota de imigração para graduados estará disponível para estudantes internacionais que se formaram no Reino Unido a partir do verão de 2021. Você poderá trabalhar ou procurar trabalho no Reino Unido em qualquer nível de habilidade por até 2 anos.

 

Visitando o Reino Unido

Os cidadãos da UE, do EEE e da Suíça e outros nacionais sem visto não precisarão de visto para entrar no Reino Unido quando visitarem o Reino Unido por até 6 meses.

 

De gov.uk