Categoria: Notícias Variadas

Eleições Gerais no Reino Unido: como funcionam e quem pode votar

Minuto Legal: atraso no Brexit e eleições gerais

A União Europeia concordou com uma extensão do Brexit até 31 de janeiro de 2020, com a opção de o Reino Unido sair mais cedo do bloco se um acordo for ratificado, abrindo caminho para os partidos da oposição apoiarem uma eleição geral. As informações são de The Guardian.

*

Mais de 400.000 pessoas assinaram uma carta exigindo um novo referendo, dando ao público a palavra final sobre o Brexit. As informações são de Independent.

*

Os eleitores devem ir às urnas em 12 de dezembro, depois que os parlamentares apoiaram uma eleição geral antes do Natal. A Câmara dos Comuns votou por uma esmagadora maioria de 438 a 20 a favor de uma eleição em pouco mais de seis semanas. As informações são de Sky News.

*

Negociador-chefe diz que Brexit sem acordo pode acontecer em março de 2020 ou dezembro de 2020, conforme as coisas estão agora. As informações são de Independent.

*

Mortes em caminhão em Essex: um motorista de caminhão foi acusado pelo homicídio culposo de 39 pessoas encontradas mortas dentro de um trailer refrigerado. As informações são de BBC.

Por que você deve fazer o registro do seu casamento?

Entenda a importância em registrar o casamento no país de cada uma das partes de um casal.

Primeiro, você precisa saber que para fazer o pedido de qualquer cidadania europeia por casamento é obrigatório o registro do matrimônio no país da nova cidadania.

Por exemplo: Você é brasileiro e casado com alguém que possui Cidadania Italiana? Sem problema, mas se você pensa em fazer o pedido da cidadania através da nacionalidade do seu parceiro, deverá registrar o casamento de vocês na Itália também.

O mesmo acontece em outros países, como Polônia, Portugal, Espanha… O único país que não exige registro de casamento realizado no exterior é o Reino Unido.

Além disso, pouca gente sabe que somente registrar o casamento realizado no exterior no consulado brasileiro, não quer dizer que seu casamento esteja registrado lá no Brasil. A transcrição do matrimônio em cartório ainda é necessaria.

Ter este registro vai impactar também em várias questões legais no Brasil.

Por exemplo, mulheres que adotam o nome de casada e querem registrar o nascimento dos filhos no consulado. Neste caso, sem a certidão de casamento Brasileira, a filiação no documento das crianças fica com o nome de solteiro dos pais.

Outras situações podem exigir este registro.

Faça agora o seu registro de casamento com o CartórioHelp4U e evite qualquer dor de cabeça no futuro.

LondonHelp4U

Somos uma empresa de imigração de 18 anos de experiência em vistos e cidadanias para o Reino Unido.

Quer falar com a gente? Nos contate por e-mail info@londonhelp4u.co.uk .Tire suas dúvidas, marque uma consulta, torne processos burocráticos fáceis e rápidos com a ajuda da #LH4U.

Imagem: FreePik.com

MINUTO LEGAL: notícias de imigração em UK e o atraso do Brexit

Mortos dentro de caminhão em Essex: 39 mortos encontrados ‘eram cidadãos chineses’. As informações são de BBC.

*

As 39 pessoas mortas na traseira de um caminhão em Essex, retoma o foco para os riscos assumidos por imigrantes sem vistos, que viajam ao Reino Unido em busca de segurança e abrigo. As informações são de The Guardian.

*

Como os imigrantes estão chegando ao Reino Unido e quantos estão tentando fazer a viagem? Usar pequenos barcos para atravessar o canal ainda é um dos métodos mais populares. As informações são de Sky News.

BREXIT:

Os embaixadores da UE não chegaram a acordo sobre um novo prazo para o Brexit. Diplomatas dizem que uma decisão é aguardada na segunda ou terça-feira da próxima semana – apenas 48 horas antes do Reino Unido sair do bloco. Todos os Estados membros concordam que uma prorrogação deve ser concedida, mas estão divididos em quanto tempo deve ser: com a maioria favorecendo um atraso até fevereiro do próximo ano. As informações são de Independent.

*

O governo britânico apresentou planos para oferecer pontos extras aos imigrantes que procuram vir para o Reino Unido depois do Brexit e concordarem em se mudar para o norte da Inglaterra, em vez de Londres e sudeste. As informações são de The Times.

*

Boris Johnson quer realizar uma eleição geral dentro de sete semanas, numa tentativa de acabar com o impasse do Brexit. As informações são de Metro.

Inverno: 5 coisas para fazer no Reino Unido

O inverno está chegando e isto não atrapalha em nada a sua visita ao Reino Unido!

Segundo os sites noticiosos britânicos, este inverno vai ser o mais rigoroso dos últimos 60 anos! Porém, não há razões para se entristecer! O inverno na Grã-Bretanha é lindo, principalmente nos dias de neve.

Aqui vão outros benefícios: as ruas são mais vazias, hospedagens e voos são mais baratos, tem promoções imperdíveis nas lojas e, para quem vai em dezembro, as cidades ganham cara nova com a decoração de Natal.

Para curtir os passeios ao ar livre não tem segredo: é só saber se vestir corretamente com casaco quente, roupa térmica e o sapato adequado. Os passeios em locais fechados ganham destaque nesta época do ano, principalmente se neste local tiver uma lareira acesa!

Confira esta lista com locais imperdíveis que você pode aproveitar, principalmente no inverno:

1 – Museus

Desde o museu do Titanic, na Irlanda do Norte, até o Madame Tussauds, em Londres, não existe época melhor para se visitar museus do que esta. Não pense que este é um passeio chato, não! Existem diferentes tipos de museus para diferente públicos. Quem é muito fã de Sherlock Holmes, por exemplo, pode visitar a casa dele em Londres. Para quem gosta de história e arte então, o que não faltam são opções!

Não deixe os castelos de fora também. Além de magníficos por fora, dentro você pode encontrar relíquias da realeza.

2 – Hyde Park Winter Wonderland

Quem está por Londres não pode perder o Hyde Park Winter Wonderland. Tem muitas coisas legais: espetáculo de luzes, decoração natalina, bares, comida de rua, shows, brinquedos e pista de patinação. A entrada é grátis, mas as atrações lá dentro são pagas. Neste ano, ele acontecerá dos dias 21 de novembro a 5 de janeiro. Para a compra antecipada, acesse: www.hydeparkwinterwonderland.com

3 – PUBs

O inglês sempre tem uma desculpa para ir ao pub: no verão é pra se refrescar do calor, no inverno é para se aquecer do frio. Engana-se quem pensa que os pubs são lugares apenas para beber! Muitas pessoas vão para degustar a culinária local, fazer amizades, jogar, conversar… Não importa a cidade que você estiver, sempre haverá grande diversidade para todos os gostos e bolsos: tem pubs temáticos, tradicionais, os que parecem lanchonetes, os que parecem casas noturnas… Escolha o que mais combina com você e só vai!

4 – Montanhas com neve

Se é para passar frio, que tal passar frio direito? No norte da ilha britânica tem muitos passeios por montanhas e lagos que também são legais de se fazer no inverno. Além de mais vazio que no verão, a paisagem muda e deixa tudo mais bonito. Algumas das montanhas: Highlands (Escócia), Lake District (Inglaterra), Ilha Skye (Escócia), Glencoe (Escócia) e Snowdonia (País de Gales).

5 – Bath

Está é definitivamente a melhor época para visitar Bath, no interior da Inglaterra. A cidade além de linda, é conhecida por suas águas terminais. Inclusive, lá tem um spa de águas termais, o Thermae Spa, perfeito para um dia relaxante.

Foto: Divulgação

Bônus:

6 – Aurora Boreal

SIM, é possível ver a Aurora Boreal no Reino Unido! É preciso um dia de céu bem aberto, neve e uma boa localização que aponte para o norte. Os locais onde costumam aparecer este fenômeno da natureza são: Parque de Galloway, Perthshire ou as ilhas de Shetland ou Orkney ou o ponto mais a norte da Isle of Skye.

Por Natalia Fernandes

MINUTO LEGAL: Brexit, acordo e votação

O que foi notícia sobre Brexit durante a última semana. Aguardamos as novidades da votação dos parlamentares, neste sábado, sobre o acordo aceito entre o governo do Reino Unido e a União Europeia.

Boris Johnson e União Europeia firmam ‘acordo justo e equilibrado’ para saída do Reino Unido do bloco. As informações são de Evening Standard.

*

O governo de Boris Johnson estabeleceu políticas “ambiciosas” sobre crime, saúde, meio ambiente e Brexit no discurso da rainha, que os partidos da oposição consideraram um “manifesto eleitoral”. As informações são de BBC.

*

Boris Johnson está em uma corrida contra o tempo para conquistar votos a favor do acordo do Brexit que ele fez com a UE aos parlamentares antes da votação na House of Commons no sábado. As informações são de BBC.

*

Boris Johnson vai escrever uma carta à União Europeia pedindo um adiamento do Brexit para depois de 31 de outubro, se ele não conseguir aprovar um acordo de saída no parlamento até sábado, confirmou o secretário do Brexit. As informações são de Sky News.

*

Brexit: Cidadãos britânicos na Europa correm o risco de “deportação em retaliação” em razão da linha dura de Boris Johnson sobre imigrantes. As informação são de Independent.

*

Theresa May criticou a política de imigração de Boris Johnson, alertando que a introdução de um sistema baseado em pontos para imigrantes em potencial “não é uma resposta para controlar a imigração”. As informações são de Independent.

*

Uma jovem acadêmica da Universidade de Leicester, ficou chocada quando seu pedido de visto foi rejeitado em agosto. Mas o verdadeiro medo surgiu quando ela percebeu que a Grã-Bretanha planeja deportá-la para a República Democrática do Congo – um país devastado pela guerra que ela nunca visitou e onde o Home Office concorda que a violência sexual é generalizada. As informações são de The Guardian.