Categoria: Notícias Variadas

O aplicativo do Home Office do Brexit só funcionará em aparelhos Android

O aplicativo do Home Office do Brexit só funcionará em aparelhos Android

O  aplicativo só funcionará em aparelhos Android porque a Apple não permite que desenvolvedores terceirizados acessem os recursos de comunicação de campo próximo (Near-field communication – NFC) necessários para verificar os chips de passaporte – os telefones Android permitem esse recurso. O projeto, que ainda está em fase piloto, tem o objetivo de permitir que os cidadãos europeus se inscrevam rapidamente enviando dados pessoais como, por exemplo, escanear o passaporte pelo aplicativo.

As informações foram divulgadas no site especializado em tecnologia de informação, Computer Weekly. No início deste mês, os especialistas em TI pediram ao Home Office para esclarecer porque o aplicativo não funcionaria para os usuários do iPhone. O departamento recusou-se a confirmar, mas admitiu que este não seria a única forma dos cidadãos europeus se regularizarem.

No entanto, durante uma apresentação do Home Office com os deputados europeus em Bruxelas nesta semana, o governo confirmou que o aplicativo não era compatível com os dispositivos móveis da Apple. O sistema digital, que será lançado oficialmente ainda este ano, é apenas parte de um esquema mais amplo para permitir que os cidadãos da UE se registrem para obter status de acordo. Um porta-voz do Home Office informou que está desenvolvendo “do zero um novo esquema digital, simplificado e fácil de usar para cidadãos da UE, a fim de salvaguardar seu direito de permanecer no Reino Unido depois que deixarmos a UE”.

O Home Office informou à Computer Weekly no início deste mês que, embora “a tecnologia tenha um papel importante na simplificação de aplicativos”, ela é apenas uma parte do processo e, para quem não tem dispositivos digitais, haverá opções não digitais. no lugar para provar sua identidade. Qualquer pessoa que precise se candidatar a um status estabelecido poderá fazê-lo, independentemente de possuir um smartphone, acrescentou o Home Office.

Meghan Markle finaliza o pedido de visto para se casar no Reino Unido

Meghan Markle finaliza o pedido de visto para se casar no Reino Unido

De acordo com a revista Vanity Fair, Meghan Markle, a noiva real, de 36 anos, fez uma visita a Chicago a apenas algumas semanas antes do casamento com o Príncipe Harry no Reino Unido para finalizar o seu pedido de visto para se casar no Reino Unido. Como Meghan é americana e não possui nenhuma cidadania europeia, a atriz teve que aplicar para um visto, como qualquer outro pobre mortal, para poder se casar com o príncipe.

Visto de Noiva

O visto de noiva é mais popular nestes casos, quando um dos parceiros não tem cidadania europeia. A aplicação para o visto precisa ser feita ainda no país de origem da solicitante, antes da noiva embarcar para o Reino Unido.

O parceiro da aplicante do visto de noiva deve ser cidadão britânico ou ter o Visto Definitivo (ou de Residência Permanente no caso de europeus). Também é preciso que o parceiro britânico tenha uma renda anual mínima de £18.600. O que imaginamos não ser um problema para o Príncipe Harry.

Após o casamento, Meghan deve aplicar para o visto de esposa, que tem validade de 2 anos e meio e pode ser renovado por mais 2 anos e meio.  Após 5 anos de matrimônio, ela pode aplicar para o Visto Definitivo e em seguida, para a Cidadania Britânica.

LondonHelp4U

E você, também tem intenções de se casar no Reino Unido? Entre em contato conosco. A Londonhelp4U tem 17 anos de experiência em vistos e cidadanias para o Reino Unido. Ligue Uk + 44 020 7636 8500, Whatsapp + 44 789176 4830, Brasil + 55 11 32830906 ou mande um email info@londonhelp4u.co.uk. Nossos profissionais terão prazer em ajudá-lo.

Vagas abertas para estágio em Social Media e Marketing em Londres

Estamos à procura de um estagiário de marketing para se juntar ao departamento que possa fornecer ideias criativas para ajudar a alcançar nossos objetivos. A função será ajudar nas atividades diárias de social media: Instagram, Facebook, Blogs, LinkedIn e Twitter. Isso inclui a criação de conteúdo atraente e voltado para a marca e a busca por novas mídias sociais e formas de se conectar com o nosso público.

Nossa empresa é incrivelmente bem sucedida no setor. Este estágio irá ajudá-lo a adquirir habilidades e lhe fornecer experiência em várias estratégias de marketing. Por fim, você vai ganhar amplo conhecimento na área e isso deve prepará-lo para entrar em qualquer ambiente de trabalho.

Principais funções incluem:

  • Criar conteúdo para as nossas redes sociais
  • Criar e editar videos curtos
  • Propor novas ideias, incluindo o desenvolvimento de campanhas

Habilidades:

  • Redação criativa
  • Agendar conteúdo
  • Filmar e editar vídeos curtos
  • Idiomas: português e inglês

Por favor, envie seu currículo para marketing@londonhelp4u.co.uk e management@londonhelp4u.co.uk

3 aplicativos para procurar emprego em Londres

3 aplicativos para procurar emprego em Londres

Procurar trabalho em Londres pode ser um desafio. Muitos sabem que procurar um trabalho é, em si, um trabalho. Para ajudar nossos leitores listamos 3 aplicativos que te ajudam conseguir um emprego na terra da rainha.

  1. Task Rabbit

É um aplicativo superútil que surgiu nos Estados Unidos e rumores dizem que está para chegar ao Brasil, mas nada foi confirmado ainda. O TaskRabbit na verdade conecta você, que está precisando de algum serviço, a alguém que topa fazer esse serviço. Basta cadastrar-se com seu CV, estar legalmente no país e ter histórico limpo com a polícia local para tornar-se um “Tasker”. Você pode escolher o quanto cobrar por seus serviços. Apesar de ter opções para trabalhar em escritório o foco do aplicativo é para serviços braçais (empregada, pintor etc). É uma ótima maneira de conseguir dinheiro extra na Inglaterra, e muitos já usam o app como trabalho integral.

2.Handy

Mesmo esquema que o Task Rabbit mas este app é somente para trabalhos domésticos.

3.Foap

Gosta de tirar fotografias ? Use o app Foap. Você pode colocar o preço que quiser por suas fotografias.  Pessoas e empresas  estão sempre à procura de fotos originais e autênticas, e você pode se surpreender em quanto dinheiro você pode fazer com uma foto de seu gato.

A LondonHelp4U é uma agência de imigração com 17 anos de experiência em processos de vistos para o Reino Unido. Nossa missão é proporcionar, cada dia mais,  acesso ao Reino Unido para imigrantes brasileiros.

Quer falar com a gente? Nos contate por telefone +55 11 3283 0906 (Brasil) ou +44 0207 636 8500 (Reino Unido) ou por e-mail info@londonhelp4u.co.uk

Tire suas dúvidas, marque uma consulta, torne processos burocráticos fáceis e rápidos com a ajuda da #LH4U.

Para mais dicas e informações sobre imigração e a Inglaterra, acompanhe nossas redes sociais.

número de brasileiros barrados na Europa cresce 41%

Minuto Legal: Corte de imigrantes europeus no Reino Unido atingirá a economia em todos os cenários previstos, diz estudo

Um relatório interno do governo britânico vazado pelo portal de notícias BuzzFeed, apontou o impacto da queda da imigração da UE sobre a economia do Reino Unido. A análise mostra que o custo para a economia britânica de reduzir a imigração da UE seria significativamente maior do que os benefícios trazidos por um futuro acordo comercial dos EUA. O documento sugere mais, mesmo que o Reino Unido chegue a um acordo de livre-comércio com a UE após sua saída do bloco, o crescimento econômico nos próximos 15 anos será 5% inferior às estimativas atuais. Se não existir um acordo, e forem aplicados os termos da Organização Mundial de Comércio, a previsão é pior: a renda nacional cairá 8% nos próximos 15 anos. O estudo analisa ainda um terceiro cenário: caso o Reino Unido chegue a um acordo para permanecer no mercado comum europeu, haverá queda na renda de ao menos 2%.

NHS paraliza entrega de dados de pacientes para o Home Office

A presidente do Comitê de Seleção de Saúde, Sarah Wollaston, escreveu ao NHS Digital que deve retirar o acordo com o Home Office para rastrear imigrantes ilegais através de seus dados pessoais. Os funcionários do serviço de saúde foram repreendidos por colocar a saúde de migrantes vulneráveis, e o público em geral, em risco. Instituições de caridade  afirmaram à comissão que uma mulher, uma trabalhadora doméstica, morreu no mês passado ao contrair pneumonia e estava “muito assustada” para buscar ajuda. A presidente do Comitê disse para NHS deixar de entregar informações confidenciais dos paciencies imediatamente.

Empresa recebeu multa de 60 mil libras após prender trabalhadores ilegais 

Um restaurante em Gloucestershire enfrenta uma multa de 60 mil libras depois que três imigrantes ilegais foram encontrados trabalhando em suas instalações. Os oficiais de Imigração realizaram uma operação que resultou na prisão de três homens naturais de  Bangladesh. O aviso adverte que uma penalidade financeira de até £ 20,000 por trabalhador ilegal encontrado será imposta a menos que o empregador possa demonstrar que foram realizados controles de documentos apropriados para o direito de trabalho.