Categoria: Turismo

clima reino unido inverno

Tudo que você precisa saber sobre o tempo no Reino Unido

O clima na Grã-Bretanha tem fama de ser instável de imprevisível! Mas nós podemos te dar dicas de como se prevenir em diferentes situações.

            Entramos no outono, umas das estações mais bonitas do Hemisfério Norte! Quando as pessoas dizem que a Europa, em geral, tem as estações muito bem definidas, não é exagero. É só prestar atenção nas árvores para tirar a prova. No outono, elas ficam com as folhas amarelas e laranjas. No inverno, todas folhas caem. Primavera, as flores aparecem em todos lugares e no verão elas ficam todas verdes novamente.

Muita gente quando vem passar férias ou mesmo para se mudar definitivamente fica preocupada com o clima. Qual roupa usar no inverno? O verão é calor mesmo? Chove muito? Calma, nós vamos te ajudar! Entenda um pouco de cada estação e confira algumas dicas preciosas:

Inverno

Um eterno põe o casaco, tira o casaco, põe o casaco, tira o casaco. Assim é o inverno europeu em geral. Isso porque você vai precisar de roupas bem pesadas para andar nas ruas, mas em qualquer lugar que entrar vai precisar tirar casaco, luvas, cachecol… Os aquecedores salvam a vida dos ingleses nessa época do ano. O recomendado é não se vestir em camadas, como dizem alguns, mas sim ter um casaco bem quentinho para aguentar o vento quando sair na rua.

Engana-se quem pensa que inverno é sinônimo de neve. Em Londres, por exemplo, neva em média de 2 a 4 dias por ano. Outra curiosidade é que o dia dura pouco, o sol costuma de pôr às 15h no auge da estação.

clima reino unido inverno

Primavera

De março a junho, a primavera traz temperaturas em torno dos 15°C, sem contar o céu azul. Nesta estação sim é necessário se vestir em camadas, pois o dia começa frio e ao longo do dia vai esquentando.

Com as cidades repleta de flores, os cenários ficam lindos!

clima reino unido primavera

Verão

O verão inglês tem dias muito quentes, dignos de um verão brasileiro, mas a maioria dos dias são amenos, com média de 25°C. Uma das partes favoritas dos turistas (não tão legal para quem mora no Reino Unido) é que o dia amanhece às 5h e anoitece por volta das 22h. O clima é perfeito para ir a PUBs e restaurantes.

clima reino unido verão

Outono

De setembro a dezembro, o outono pode ser descrito em duas cores: laranja e amarela. É assim que todas as árvores ficam na cidade momentos antes de perder todas as folhas. Esta é a época do ano que mais chove e a temperatura média é de 10ºC.

Mas o que você não pode esquecer é da imprevisibilidade do clima no Reino Unido. Por isso, ainda que seja um dia de calor, é bom carregar uma blusa de frio e sempre (SEMPRE MESMO) um guarda-chuva na bolsa.

clima reino unido outono

Por Natalia Fernandes

5 lugares de Londres que todo amante de livros deve ir

Pirando em 3…2…1! Nessa lista você vai conhecer as bibliotecas e livrarias imperdíveis da capital inglesa

Já fizemos aqui no blog diversos posts explicando como e porque a Inglaterra é o berço de grandes autores e os melhores livros clássicos do mundo. No texto de hoje, o assunto é lugares que todo amante de livro não pode perder quando for a Londres. São livrarias e bibliotecas que só quem ama ler consegue descrever a emoção é estar dentro delas.

Nestes lugares, você vai encontrar milhares de títulos do mundo inteiro. Para quem gosta de uma boa foto, os cenários são lindos e muito conceituais. Aprenda e inspire-se com essas livrarias incríveis. Se você é um bom leitor, sabe que não existe nada melhor no mundo do que o cheiro de livro!

livros livrarias londres

1 – British Library

96 Euston Road, NW1

De graça, a maior biblioteca do MUNDO é muito agradável para uma visita. São 150 milhões de livros espelhados por muitos salões e andares. Existem tesouros incríveis podem ser encontrados lá dentro, como Cartas Magnas, cadernos de Jane Austen e Leonardo da Vinci, livros escritos a mão (como Alice no País das Maravilhas e Jane Eyre) e até a Bíblia de Gutenberg, o primeiro livro imprenso no mundo.

2 – Stanfords Bookshop

7 Mercer Walk, WC2H 9FA

Quando passear pelas ruas de Convent Garden, você tem que parar em Stanfords, uma livraria especializada em livros de viagens desde 1853. Ela é tão importante que já foi até mencionada por Sherlock Holmes no livro “Os cães de Baskervilles”, de Arthur Conan Doyle.

3 – Daunt Books

83 Marylebone High St W1U 4QW

Esta é a livraria mais bonita de Londres, por dentro e por fora. O prédio é de séculos atrás e dentro existem muitos lustres, piso desenhado e até janelas de vitrais. A organização dos livros é de tirar o fôlego: todos classificados por país de origem.

4 – Word on the Water

York Way, Granary Square N1C 4AA Regent’s Canal

Num barco flutuando no Regent’s Canal, a livraria chama a atenção de muita gente! Ela fica bem perto da estação de King’s Cross. Livros já usados, poesias, livros infantis: o barco parece pequeno, mas tem muitas opções. Na proa sempre acontecem saraus com muita música, poesia e arte em geral.

5 – The Notting Hill Bookshop

13 Blenheim Cres, Notting Hill, London W11 2EE

A livraria especializada em livros de viagens ficou famosa após servir de cenário para o filme Um Lugar chamado Notting Hill, protagonizado por Julia Robert e Hugh Grant.

 

Por Natalia Fernandes

 

Castelo de ‘Downton Abbey’ no Airbnb

Qualquer pessoa pode passar uma noite na residência oficial da série Downton Abbey

Não, você não leu errado. O castelo onde se passa a famosa série britânica Downton Abbey está disponível para hospedagem de qualquer pessoa, não somente para os Condes e Condessas ingleses. O lugar se chama Highclere Castle e fica em Highclere, região de Newbury.

O castelo é de 1679 e foi restaurado em 1840. Ele tem 5 mil acres, 300 quartos, salões de jantar, descanso, biblioteca…! Highclere Castle já foi usado nas filmagens de outra série chamada Jeeves and Wooster, mas ficou eternizado em Downton Abbey. Quem mora atualmente no local é o Lord e a Lady Carnarvon. Os hospedes terão um mordomo próprio e jantarão com os atuais moradores do castelo. Nem wi-fi e nem televisão estão inclusos no pacote! É realmente uma viagem aos séculos passados.

Atente-se: as reservas serão abertas ao meio-dia (horário de Londres) de 1º de outubro! Apenas duas pessoas podem passar apenas uma noite no castelo, no dia 26 de novembro deste ano. Para ser escolhido, os interessados devem escrever à condessa uma mensagem criativa e que demostre a paixão por Downton Abbey. Além de pagarem £ 150,00, o que equivale cerca de R$ 770,00.

Confira o anúncio aqui.

Alguns dizem que a hospedagem é uma ação de marketing para divulgar o novo filme Downton Abbey, mas a condessa não deixou isso claro no anúncio. De qualquer forma, este é um filme que vai valer a pena assistir. Confira o trailer e apaixone-se pelo mundo de Downton Abbey:

Ao longo de todo ano, os dois chalés que ficam ao lado do castelo também ficam disponíveis para locação. Além do preço bem mais salgado (£ 350 a noite), os hóspedes não têm direito a qualquer mordomia, como refeições e muito menos um mordomo à disposição. Então, a noite no castelo pode ser uma chance única. Porém, diferente de lá, aqui o wi-fi é liberado.

Por Natalia Fernandes

literatura britânica

Literatura: os 10 autores britânicos mais famosos

O Reino Unido é um lugar inspirador que formou escritores incríveis em todas as épocas

Se tem uma coisa que o Reino Unido pode se gabar é de seus escritores! Muitos gênios da literatura mundial são britânicos. Seja romance, prosa, poesia, teatro… Parece que eles nascem com um dom intrínseco de escreverem bem e inventarem histórias magníficas. Confira esta lista de 10 autores britânicos e conheça um pouco mais sobre esses nomes famosos.

10 autores britânicos literatura

 

1) William Shakespeare

Shakespeare marcou todo um estilo e uma época. Ele escrevia peças de teatros que depois eram comercializadas como livros. Referência no teatro, suas peças são encenadas até hoje em todo o mundo, haja vista Hamlet, Otelo, Romeo e Julieta…

Uma das características mais marcantes das apresentações artísticas de Shakespeare era a diversidade da plateia. Nela haviam pessoas de classes baixas e de elites, todas juntas no mesmo espaço para admirar a mesma peça, o que, no século XVII, era uma coisa impossível de acontecer.

 

2) Jane Austen

“Detesto ouvir você falar como um cavalheiro tão educado, e como se as mulheres fossem todas senhoras elegantes e não criaturas racionais.” Persuasão. Jane Austen era uma mulher muito à frente de seu tempo e engana-se muito quem pensa que seus romances são apenas sobre casamentos e a vida doméstica. Ela conseguia colocar entrelinhas extremamente irônicas para criticar a época.

Mesmo que tímido e sem voz, Jane já representava o início de um movimento feminista.

10 autores britânicos literaturaFoto: Natalia Fernandes

 

3) Sir Arthur Conan Doyle

Escocês, o médico Arthur Conan Doyle alternava a rotina no consultório com escrever histórias para os jornais da época. Foi num destes textos que ele criou o detetive mais famoso do mundo: Sherlock Holmes. As histórias de ação, mistério e crime logo conquistaram a sociedade britânica do século XIX e todos esperavam pelas próximas aventuras de Sherlock.

Até que, um dia, Sir Arthur Conan Doyle decide matar o detetive no confronto final com seu adversário Moriarty! Os leitores ficaram inconformados que seu herói havia perdido e morrido e o autor recebeu centenas de cartas. Doyle, então, decidiu mudar o destino do detetive e, no próximo conto, “reviveu” Sherlock e inventou uma maneira de que a morte foi uma atuação, e não verdadeira.

 

4) Stephen Hawking

Oi? Um cientista numa lista de literatura? Sim, Stephen Hawking escreveu livros incríveis que qualquer pessoa, seja das humanas ou das exatas, deveria ler para entender mais sobre nosso universo.

Mesmo diagnosticado muito novo com Esclerose Lateral Amiotófica, Hawking não deixou que a doença degenerativa fosse um impedimento para ele desenvolver suas pesquisas sobre física.

10 autores britânicos literatura

 

5) Emilly Brontë

Emilly era irmã de Charlotte e Anne Brontë. Coincidência ou não, as três escreveram romances famosos no século XIX, mas que só alcançaram tal fama porque as irmãs assinavam com nome de homens! O de Emily era Ellis Bell. Seu livro mais famoso é O Morro dos Ventos Uivantes, um romance extremamente crítico para a época e para os dias de hoje também.

 

6) Charlotte Brontë  

No século XIX, Currer (pseudônimo masculino usado por Charlotte) publicou Jane Eyre, um livro que todo mundo deveria ler! Jane Eyre é uma menina que vivia num orfanato na Inglaterra. Charlotte Brontë conseguiu com êxito mostrar aquela época pelos olhos de uma adolescente orfã.

 

7) JK Rowling

A Saga Harry Potter de JK Rowling a colocou nesta lista de gigantes. Os bruxos encantaram toda uma geração. A autora conseguiu escrever histórias bem contadas, divertidas, críticas, cativantes e que inspira milhares de jovens ao redor do mundo.

10 autores britânicos literatura

 

8) Charles Dickens

O aristocrata Charles Dickens já era muito popular na época que viveu. Quando escrevia folhetins para os jornais, moldava os próximos capítulos de acordo com a opinião dos leitores, que esperavam assíduos para lerem suas histórias.

 

9) George Orwell

George Orwell era um escritor ou profeta? Não sabemos! Em seus livros, ele escrevia distopias da nossa sociedade. Principalmente no livro 1984, Orwell quis representar como seria o futuro. Lendo hoje, é incrível como muitas coisas, ainda que “ridículas”, se assemelham com o comportamento da nossa sociedade.

 

10) Agatha Christie

A rainha dos romances policiais não poderia ficar de fora desta lista. O mais legal de ler seus livros é tentar solucionar o ministério. Depois de um certo tempo lendo ela, pode ser que você pegue o jeito da autora, mas, posso te falar? É pouco provável, porque Agatha Christie sempre surpreende.

Por Natalia Fernandes

museus londres

60 museus para ir em Londres

Você não vai acreditar: mais da metade dos museus desta lista são gratuitos

“Cansado de Londres, cansado da vida.” A frase famosa do escritor Samuel Johnson faz muito sentido. Não importa o que você gosta, a capital inglesa sempre te oferecerá alguma atração sobre aquilo. E não seria diferente com os museus. Tem para todos estilos e todos os gostos e, sem dúvidas, essa diversidade de cultura é uma das coisas mais incríveis de Londres.

Se você já vive na cidade há um tempo e começou a pensar “não há mais lugares para visitar”, pode tirar isso da sua cabeça imediatamente. Preparamos uma lista de 60 (isso mesmo, SESSENTA) museus para você visitar em Londres. A melhor parte é: a maioria é gratuito. Não é só porque é de graça que eles são ruins não! Neles você pode encontrar muitas obras conhecidas e que valem milhões, antiguidades de milhares de anos antes de Cristo, fósseis de dinossauros, armar militares… Para os amantes de arte, existem obras originais de Leonardo Da Vinci, Rembrandt, Canaletto, Renoir, Van Gogh, Degas, Picasso e muitos outros que você pode apreciar de graça.

Já os museus pagos são mais personalizados. Se você tem curiosidade em saber como os famosos são, por exemplo, você tem que ir ao Madame Tussauds ver os bonecos de cera de centenas de pessoas conhecidas. Tem também museus sobre moda, desenhos, cinema, crimes…!

Definitivamente, não dá pra se cansar de Londres. Confira:

Gratuitos:

1 – Tate Modern

2 – Victoria and Albert Museum

3 – National Gallery

4 – British Museum

5 – Museum of London

6 – National History Museum

7 – Science Museum

8 – National Maritime Museum

9 – Tate Britain

10 – Design Museum

11 – V&A Museum of Childhood

12 – Imperial War Museum

13 – Museum of London Docklands

14 – Geffrye Museum of the Home

15 – The Wallace Collection

16 – Saatchi Gallery

17 – A Wellcome Collection

18 – Black Cultural Archives

19 – National Portrait Gallery

20 – Queen’s House

21 – Sir John Soane’s Museum

22 – Wallace Collection

23 – London Mithraeum

24 – Royal Air Force Museum

25 – Guildhall Gallery

26 – British Library

27 – Petrie Museum

28 – Museum of Brands

29 – National Army Museum

30 – Grant Museum of Zoology

31 – Hampstead Museum

32 – Horniman Museum

33 – Bank of England Museum

34 – Museum of Docklands

35 – National Maritime Museum

36 – William Morris Gallery

37 – Dulwich Picture Gallery

40 – London Transport Museum

41 – Whitechapel Gallery

42 – Serpentine Galleries

43 – Royal London Hospital Museum

44 – Garden Museum

45 – London Fire Brigade Museum

Pagos:

46 – Cutty Sark

47 – Courtauld Gallery

48 – Charles Dickens Museum

49 – Madame Tussauds

50 – Sherlock Holmes Museum

51 – Freud Museum

52 – Benjamin Franklin House

53 – The Crime Museum

54 – Cartoon Museum

55 – Leighton House Museum

56 – Old Operating Theatre

57 – Magic Circle Museum

58 – New London Architecture

59 – The Cinema Museum

60 – Fashion and Textile Museum

Por Natalia Fernandes