Categoria: Uncategorized

Aplicando para o Sponsor Licence, o visto de trabalho

Infelizmente, muitos candidatos não prestam devida atenção para a documentação apresentada e desconsideram alguns procedimentos e regras exigidas durante processo de aplicação para qualquer tipo de visto. No entanto, isso pode ser um ponto definitivo em uma decisão oficial e foi isso que aconteceu com nosso cliente.

A LondonHelp4U tem como cliente uma empresa ativa e constituída em Londres que gostaria de empregar um trabalhador estrangeiro, de um país fora da Área Econômica Europeia – EEA. A razão da preferência pelo profissional é que o candidato estrangeiro possuía habilidades e conhecimentos específicos necessários para o lançamento de um novo projeto da empresa. De acordo com a lei de imigração britânica, para empregar um trabalhador estrangeiro a empresa precisa ter o Sponsor Licence, uma regra obrigatória que permitirá o patrocínio do visto de trabalho Tier 2.

Seguindo esta regra, nosso cliente solicitou o Sponsor Lincence, primeiramente por conta própria e sem assistência legal. O pedido foi rejeitado pois nem toda a documentação necessária foi fornecida e o formato do pedido não estava de acordo com as normas exigidas.

Nosso cliente lançou uma start-up para desenvolvimento de medicamentos e não estava pronto para abrir mão desta oportunidade tão facilmente. O novo pedido foi feito com a assistência da LondonHelp4U que conduziu e corrigiu todas as questões levantadas na carta de rejeição.

Assim, a LH4U conseguiu uma decisão positiva para o negócio.

Temos o prazer de anunciar que agora nosso cliente pode desenvolver seus projetos recém-lançados com a ajuda de trabalhadores estrangeiros propriamente capazes. Acreditamos que não apenas a sociedade britânica, mas o resto do mundo se beneficiará disso, o que seria impossível sem as pessoas certas a bordo.

A LondonHelp4U oferece um serviço completo de imigração para quem deseja aplicar para o visto Tier 2. Este serviço inclui todos os conselhos e trabalhos. Nossa equipe especialista gerenciará cada detalhe do seu visto para garantir que sua aplicação tenha grandes chances de sucesso.

Minuto Legal: Nigel Farage lançou novo Partido Brexit; A UE está preparada por um Brexit sem acordo e mais

Nigel Farage lança seu novo Partido Brexit

O ex-líder do UKIP Nigel Farage lançou seu novo partido Brexit, dizendo que quer uma “revolução democrática” na política do Reino Unido. O lançamento acontece depois que a primeira-ministra Theresa May concordou em adiar o prazo do Brexit para 31 de outubro com a UE, com a opção de sair mais cedo caso seu acordo de retirada seja aprovado pelo Parlamento. As informações são da BBC.

A União Europeia está preparada por um Brexit sem acordo

A UE “não tem nada a ganhar” com os transtornos que um Brexit sem acordo traria ao Reino Unido, disse o presidente da Comissão Européia, Jean-Claude Juncker. Juncker disse que a UE adotou as medidas de contingência necessárias e que o bloco está preparado por um Brexit sem acordo. As informações são de ITV.

Brexit não impactará apenas as grandes economias

Fórum Econômico Mundial ressalta que o Brexit não impactará apenas as grandes economias, mas também os países menores com um nível relativamente maior de exportações para o mercado do Reino Unido. As informações são do WEF.

Após falha técnica, Reino Unido suspende aplicações de visto para cidadãos americanos

Reino Unido suspende aplicações de visto de trabalho, estudo e residência para cidadãos americanos após ‘falha técnica’, segundo Home Office. Americanos não puderam acessar os centros de aplicação, que tiram as impressões digitais e fotografias necessárias. As informações são do The Guardian.

8 lugares imperdíveis para visitar no País de Gales

De cidades medievais a uma lagoa azul: o País de Gales é cheio de surpresas. Confira esta lista de 8 lugares que você não pode perder

Não tão conhecido como a Escócia ou a Inglaterra, o País de Gales também faz parte do Reino Unido. Mesmo que você não ouça muito sobre lá, o país é repleto de paisagens bonitas e uma história riquíssima.

O País de Gales preserva não só sua história, como sua natureza. Você sabia que o segundo melhor passeio do mundo para se fazer fica em Gales? Pois é, a trilha de Pembrokeshire Coastal Path ganhou recentemente este título. Inspire-se e reserve uns dias para visitar esses lugares que são de tirar o fôlego.

1 – Snowdonia National Park

Este parque nacional possui uma das paisagens mais bonitas de todo Reino Unido. O lugar é composto por várias montanhas e a mais alta dela se chama Snowdon (por isso o nome do parque). No cume dela tem até um Café para comer enquanto admira a vista.

No parque ainda tem dois vilarejos cheio de construções típicas galesas, o Betws-y-Coed e o Beddgelert, e muitos castelos! Os mais famosos são os construídos pelo rei Edward I: Caernarfon, Conwy e Harlech. Em Harlech, inclusive, existe uma das praias mais bonitas do Reino Unido. A melhor época para ir é no verão, para aumentar as chances de pegar um céu claro e que possibilite ver o mar com as montanhas de Snowdonia atrás.

 

 

 

2 – Cardiff

Nós da London Help 4 You fizemos uma superlista de coisas para se fazer em Cardiff. Viemos novamente recomendar a capital galesa! Sabia que Cardiff é famosa por seus fliperamas? Os mais famosos são Castle Arcade, o Morgan Arcade e o Royal Arcade. Mas a cidade tem muitas áreas verdes, centro comerciais, igrejas e até um incrível castelo bem no centro da cidade.

3 – Biblioteca de Gladstone

O País de Gales tem uma tradição literária muito forte. O maior destaque é a Biblioteca de Gladstone, um lindo prédio vitoriano localizado na cidade de Hawarden. Ela abriga 250 mil itens impressos e foi inaugurada em 1894 por Willian Gladstone, que queria compartilhar seu acervo pessoal de livros. Na época, o desejo de Gladstone era que pessoas que não tinham condições financeira também tivessem acesso aos livros.

Visitar a biblioteca já seria bom o suficiente, mas permanecer nela é uma experiência única. São 26 quartos disponíveis para acomodação!

O lugar ainda conta com um programa de residência para escritores, instalações para conferência, é oferecida anualmente uma feira de livro e conta com um curso regular de literatura e linguística.

“Livros são uma sociedade maravilhosa. Se você entrar numa sala cheia de livros, mesmo sem tirá-los de suas prateleiras, eles parecem falar, para recebê-los”- William Gladstone.

4 – Parque Nacional da Costa de Pembrokeshire

Este é o único parque nacional no Reino Unido completamente litorâneo. A trilha foi eleita recentemente como o segundo melhor passeio para se fazer no mundo. E não é à toa. A caminhada é toda em cima de falésias que ficam viradas para lindas praias com a vista para o Mar da Irlanda.

Pode ser que você aviste golfinhos, baleias, focas e botos no mar, e para os amantes de aves, lindos pássaros podem ser observados.

No total são 186 milhas (299 km) de trilha, mas fique tranquilo, há algumas opções de hospedagens ao longo do caminho e muito trechos podem ser feitos de carro.

5 – Lagoa Azul Abereidy

Em Pembrokeshire tem a linda Lagoa Azul Abereidy. A água é azul turquesa e ela é rodeada de falésias. Vê-la do alto é emocionante. Mas também é possível acessá-la da praia de Abereidy. Os mais aventureiros saltam das falésias até cair na lagoa, que não parece, mas é bem profunda.

6 – Porto de Tenby

O porto fica numa praia em formato de curva e é rodeado de casas com arquitetura georgiana todas pintadas em tons pasteis. No porto tem muitos barcos que fazem desde pesca até passeios. Um dos passeios oferecidos é até St Margaret’s Island, uma ilha desabitada repleta de natureza e aves.

7 – Llandudno

Um ótimo lugar para se visitar durante o verão é a cidade de Llandudno, também no litoral do País de Gales. Assim como a maioria das cidades costeiras da Grã-Bretanha, a cidade possui um píer com muitos restaurantes e uma ótima opção de vista da cidade, que possui construções típicas com inacreditáveis montanhas atrás. Llandudno também oferece passeio de teleférico entre as montanhas e onde você pode desfrutar da excelente vista panorâmica da baía da cidade.

8 – Escalada Pen y Fan

A uma hora de Cardiff fica localizada a montanha Pen y Fan, que integra o Parque Nacional Brecon Beacons. Para chegar ao cume e apreciar a beleza do parque não é fácil. No inverno, você vai precisar de equipamentos de escalada devido a neve. A subida é bem íngreme!

Por Natalia Fernandes

 

5 Cachoeiras Impressionantes na Escócia para conhecer

Gosta de cachoeiras? A Escócia em especial tem quedas d’água dignas de cenários de filmes. Preparamos uma lista com as cinco mais bonitas. Se for à Escócia, não esqueça de visitar as cachoeiras e tenha uma experiência diferente e um contato único com a natureza escocesa.

1 – Falls of Bruar – Quedas de Bruar

Imortalizada no poema The Humble Petition Of Bruar Water, de Robert Burns, Falls of Bruar é uma série de cachoeiras localizadas no território de Perth and Kinross, a 1 hora e 40 minutos de Edimburgo. O acesso é fácil para os visitantes e a visitação ao lugar é frequente desde o século XVIII. Nas redondezas ainda existe a House of Bruar, uma loja de roupas, mas que também oferece lanchonetes e restaurantes. O passeio pela região pode durar um dia inteiro! Aproveite.

2 – Quedas de Dochart – Falls of Dochart

Quem não gosta de vilarejos tradicionais do Reino Unido, não é mesmo? E quando o vilarejo vem acompanhado de uma linda cachoeira o passeio fica ainda mais incrível. É o caso de Kilin. A rua principal da vila é paralela com o início da queda de Dochart. O barulho da correnteza do rio pode ser ouvido por quase todo vilarejo. O rio é muito popular, tanto para pesca de salmão, quanto para a prática de esportes aquáticos.

3 – Quedas de Measach – Falls of Measach

46 metros de queda livre, essa é a cachoeira Measach. É possível vê-la por uma ponte suspensa que fica bem em cima da queda d´água. O lugar é formado por cânions e florestas e você pode inclusive fazer caminhada nas trilhas da mata. É possível ver animais selvagens, além de observar pássaros. O lugar fica a 1 hora e 40 minutos de Edimburgo.

4 – Black Linn Falls

Experimente passar o pôr do sol nesta cachoeira, é uma experiencia incrível! A água do rio ganha uma cor especial com a luz alaranjada do sol. Esta cachoeira era passeio de duquesas e duques do século XVIII e até da própria rainha Victória. Para chegar até a queda é necessária uma caminhada de 1,5 km pela linda floresta que rodeia o rio.

5 – Fairy Pools – Piscinas de fadas

A cachoeira localizada na Ilha de Skye ganhou popularidade nos últimos tempos e vem atraindo muitos turistas. A piscina natural que se forma após a queda d’água encanta pelos tons azuis e verdes intensos. Mas não se anime, mesmo no verão as águas são muito geladas e é quase impossível aproveitar um banho de cachoeira.

Minuto Legal: O Parlamento do Reino Unido votou pelo o adiamento do Brexit

Os parlamentares votaram a favor de um atraso de até, pelo menos, 30 de Junho, na saída do Reino Unido da União Européia, depois que eles rejeitaram o acordo do Brexit de Theresa May. Eles também rejeitaram esmagadoramente os pedidos de um segundo referendo.

Qual é o próximo passo? 

A primeira-ministra Theresa May buscará uma extensão da Europa nos dias 21 e 22 de março, e ela precisará dar aos líderes da UE uma boa razão para que isso seja aprovado. May avisou que se parlamentares não concordarem com um acordo nos próximos dias, um atraso ainda maior para o Brexit será necessário.

Quando o Brexit deve acontecer? 

No momento, o Reino Unido deve deixar a UE em 12 dias – em 29 de março.

O futuro do Reino Unido pode ser decidido por Macron e Merkel

De acordo com o tabloide britânico Express, a primeira-ministra Theresa May foi alertada por autoridades da UE de que o bloco exigirá um conjunto de condições estritas a qualquer pedido para estender a cláusula de saída do Artigo 50 da UE. Ss países da UE que mais investiram no processo Brexit – Irlanda, França, Alemanha e Holanda – moldarão a posição do bloco em uma cúpula de líderes na próxima semana. Isso significa que a decisão da Grã-Bretanha de pedir uma extensão do Artigo 50 será decidida nos países da UE, com líderes como Angela Merkel e Emmanuel Macron provavelmente tomando a decisão final.