Categoria: Uncategorized

A imigração revê o limite de vistos para médicos no Reino Unido

O governo está monitorando o limite de vistos que levou a mais de 1.500 médicos a serem impedidos de entrar no Reino Unido entre dezembro e março, segundo o jornal The Guardian. O porta-voz oficial do primeira-ministra Theresa May afirmou no início desta semana que as autoridades competentes estão analisando atentamente os pedidos do NHS e que considera uma prioridade garantir que a economia britânica tenha os trabalhadores que precisa.

“As rotas de vistos estão sempre sob revisão e estamos monitorando a situação em relação aos pedidos de visto para médicos, incluindo os limites mensais, inclusive por meio da rota do visto de nível 2”, afirmou.

“O governo reconhece plenamente a contribuição dos profissionais internacionais para o Reino Unido e mantemos as rotas de visto sob revisão; no entanto, é importante que o nosso sistema de imigração funcione no interesse nacional e garanta que os empregadores olhem primeiro para o mercado de trabalho residente no Reino Unido antes de recrutar a partir do estrangeiro. ”

Especificamente sobre a potencial escassez de médicos, ele disse: “Há uma revisão em andamento e estamos monitorando a situação de perto”. Na semana passada, o BMJ informou que entre dezembro e março mais de 1.500 pedidos de visto de médicos com ofertas de emprego no Reino Unido foram recusados ​​como resultado do limite de vistos de nível 2 para trabalhadores de fora do Espaço Econômico Europeu.

Immigration scandal expected to spread beyond Windrush group

Minuto Legal: Não há registros da saída de 600 mil pessoas na fronteira do Reino Unido, diz Home Office

Não há registros da saída de 600 mil pessoas na fronteira do Reino Unido, diz Home Office

O sistema prometido pela Theresa May de “100% de checagem de saída” nas fronteiras da Reino Unido não contém registros de saída para mais de 600 mil pessoas que deveriam ter deixado o país nos últimos dois anos, revelou uma fonte do orgão ao jornal britânico The Guardian. Um relatório de David Bolt, o inspetor chefe de fronteiras e imigração, apontou que o sistema também contém um crescente inigualável de mais de 201.000 registros de saídas de pessoas do Reino Unido para as quais não há registro do Home Office de como eles entraram no país.

O Reino Unido emite mais de 30 mil licenças de vistos para imigrantes

O Home Office, depois de receber mais críticas de público e parlamentares emitiu e renovou licenças em três categorias, Tier 4, Tier 2 e Tier 5. Essas categorias é referente aos vistos de estudante, família, trabalhadores e família. Fontes no Home Office confirmaram que 1236 licenças para patrocinar foram emitidas sob o Tier 4 e 28974 licenças para patrocinadores nos Tier 2 e 5 foram emitidas para diferentes instituições localizadas no Reino Unido, incluindo informações sobre a categoria de estudantes que estão licenciados para patrocinar e seu índice de patrocínio. As informações são do site de notícias de The News.

Alterações da imigração não deve significa fronteira rígida

O Migration Advisory Committee (MAC) está analisando o papel dos trabalhadores da UE no Reino Unido.  O estudo alerta que as novas restrições serão aplicadas no local de trabalho e não na fronteira. “É o fluxo de bens e serviços, não pessoas, que torna a questão da fronteira desafiadora”, segundo o relatório. Os locais de trabalho verificarão se um cidadão da UE tem o direito de ser empregado no Reino Unido.

 

Theresa May vai dar início ao Brexit na próxima semana

Aumento das taxas de imigração para Reino Unido

O governo britânico anunciou aumento das taxas de imigração, vistos e nacionalidade do Reino Unido. Os valores entrarão em vigor a partir de 6 de abril de 2018. Confira as principais mudanças.

  • Taxas para visitantes, estudantes a tempo inteiro e trabalhadores, terá o aumento de 4% de acordo com a meta de inflação do governo;
  • Taxas de inscrição para cidadãos que solicitem inscrição e naturalização aumentaram também 4%;

Fonte: Home Office

 

redução de imigrantes nos EUA e Reino Unido pode prejudicar economia

Minuto Legal: Novo recorde de cidadãos europeus deixam o Reino Unido

Novo recorde de cidadãos da UE deixam o Reino Unido

O número de cidadãos da UE que sairam do Reino Unido atingiu o nível mais alto da década com 130 mil imigrantes no ano, segundo informações divulgadas pela the Office for National Statistics (ONS). O estudo aponta o Brexit como um fator nas decisões dos europeus de partir. A imigração líquida da UE foi a menor em cinco anos. Os números também mostram que mais britânicos estão imigrando do que estão voltando a viver no Reino Unido.

Reino Unido atinge o limite de pedidos de visto para trabalhadores qualificados pelo terceiro mês consecutivo

A Grã-Bretanha atingiu o limite de pedidos de vistos para trabalhadores não-europeus qualificados pelo terceiro mês consecutivo. Mais de um terço dos vistos de trabalho tier-2 emitidos pelo Home Office vão para setores do NHS que enfrentam, atualmente, uma crise por falta de equipe qualificada. A cota mensal foi alcançada em dezembro e janeiro pela primeira vez em sete anos e preocupa o setor. Segundo o jornal The Guardian, o problema é que a cota introduzida em abril de 2011 teve o limite atingido e isto significa que muitos trabalhadores altamente qualificados não poderão assumir até que o número de pedidos diminua ou que tenham novas mudanças do governo britânico.

Os planos de transição do Reino Unido foram lançados

O Reino Unido publicou propostas sobre como o governo deseja o período de transição. Segundo o documento o tempo deve durá o necessário para “preparar e implementar os novos processos e novos sistemas.” No entanto, o Reino Unido aponta para um período de dois anos, mas quer discutir com a UE para marcar uma data final. O documento sugere ainda que o Reino Unido respeitará as novas leis da UE e estará envolvido em negociações futuras, mas não poderá assinar acordos comerciais sem a permissão da UE. Há “apenas um pequeno número de áreas”, onde os dois lados discordam, afirma documento. Entre estes, o status dos cidadãos da UE que chegam durante a transição.

Imigrantes de assistência social para idosos movimentam mais de 4 milhões de libras a economia inglesa

 Os imigrantes que trabalham no setor de assistência social para adultos contribuem com 4.4 bilhões de libras para a economia inglesa anualmente, de acordo com os números divulgados para marcar o evento One Day Without Us (1DWU). Segundo o jornal The Guardian, se os imigrantes do setor parassem de trabalhar por um dia, haveria uma queda de 17 milhões de libras.

Imigrantes brasileiros fogem de crise e voltam ao Reino Unido

Como adquirir a cidadania britânica

Você conhece as regras para obtenção da naturalização britânica? Este é um processo que visa à conquista do título de cidadão britânico. Para se candidar é necessario que o solicitante se enquadre nas seguintes categorias: residência permanente, nascimento, casamento/união estável e descendência. Confira se você cumpre os critérios necessários para se tornar um cidadão britânico.

Quem pode aplicar?

Residência  Permanente

O candidato pode requerer a naturalização por período de permanência no país. É necessário ter morado legalmente pelo menos nos últimos 5 anos no Reino Unido, não ter infringido nenhuma lei imigratória, nem ter se ausentado por um longo período do país. Cônjuges de cidadãos europeus que tenham a residência permanente também podem solicitar a cidadania britânica. Segundo Humberto Ferrarini, especialista em imigração da LondonHelp4U: “Todo o estrangeiro que vive no Reino Unido por no minímo 5 anos trabalhando e pagando impostos pode aplicar para a residencia permanente.”

Nascimento

Crianças nascidas no Reino Unido estão aptas a solicitar o pedido de naturalização britânica após 10 anos de residência no país ou após os pais adquirem a residência permanente.

Casamento e união estável

O cônjuge de um cidadão britânico, que se casou no Reino Unido, ou está na condição de união estável, precisa aplicar primeiro para residência permanente, antes de entrar com o processo de naturalização. Após 12 meses da obtenção da residência, o candidato pode solicitar a cidadania. Vale lembrar que o Governo Britânico exige a comprovação do nível de inglês B1, para aqueles que pretendem obter o visto através do relacionamento.

Descendência

A cidadania também pode ser transferida automáticamente para os filhos de pais britânicos, que nasceram fora do Reino Unido, ou por pais que possuem a naturalização antes do nascimento dos filhos.

A LondonHelp4U fornece todo o auxílio necessário na obtenção da sua cidadania britânica e ainda realizamos o teste de inglês B1. Somos uma empresa de imigração 17 anos de experiência em vistos e cidadanias para o Reino Unido.