Minuto Legal: União Européia intensifica seus preparativos diante de um possível não acordo com o Reino Unido

governo divulga informações sobre imigração no pós-Brexit

A UE está intensificando seus preparativos para um não-acordo sobre o Brexit, em meio a ameaças de que Jeremy Corbyn, líder do Partido Trabalhista, ordene que seus parlamentares votem contra qualquer acordo feito em Bruxelas.

A declaração Partido Trabalhista de rejeitar o acordo de Theresa May, a fim de desencadear a realização de um novo referendo, provocou uma onda de atividade em Bruxelas, onde os planos do partido são considerados um dos riscos substanciais para as negociações.

Partido Trabalhista debatem sobre apoio a eventual nova votação de referendo do ’Brexit’

O Partido Trabalhista, principal partido de oposição do Reino Unido, afirmou que se for necessário irá votar a favor da realização de um novo referendo sobre os termos de acordo do Brexit. Faltando apenas seis meses para a saída do Reino Unido da União Europeia, o prazo para a negociação esta para expirar e por enquanto nenhum consenso a cerca do acordo sobre os termos do divórcio foi definido.

Thereza May pede respeito a União Europeia e nova proposta para o Brexit

Os lideres Europeus continuam insatisfeitos em relação ao plano proposto por Thereza May sobre a relação futura entre a União Europeia e o Reino Unido. Por enquanto permanece o impasse e dúvidas quanto a um desfecho positivo, especialmente em relação a situação da Irlanda do Norte. May tem insistido que prefere abandonar a UE sem um acordo do que realizar um mal acordo para o seu país.

Governo conservador britânico afirma que imigrantes do Espaço Econômico Europeu não irão ter tratamento preferencial

O executivo da primeiro-ministra, Theresa May, aprovou as conclusões da Comissão Consultiva sobre Migração (MAC), que recomendou em um relatório que após o Reino Unido se separar da União Europeia, todos os imigrantes da UE devem receber o mesmo tratamento  dado a imigrantes de outras nacionalidades.

Prefeito de Londres pede novo referendo sobre o Brexit

O prefeito de Londres, Sadiq Khan, defendeu a realização de um novo referendo sobre a saída do Reino Unido da União Europeia, e criticou as negociações do governo britânico com Bruxelas sobre o Brexit. Em artigo publicado no jornal The Observer, Khan considera que, faltando apenas seis meses para a saída, o Reino Unido enfrenta duas opções: um “mau acordo” ou “nenhum acordo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *