MINUTO LEGAL: Theresa May deixará o cargo; Eleições Europeias e imigração

Theresa May disse que deixará o cargo de líder conservadora no dia 7 de junho, abrindo caminho para uma disputa para decidir um novo primeiro-ministro. As informações são de BBC.

Eleições europeias de 2019: os cidadãos da UE impedidos de votar no Reino Unido. Muitos reclamaram do recebimento tardio do formulário UC1 e não foram processados a tempo pela autoridade local. Os cidadãos da UE podem votar no país em que vivem, registrando-se para votar e preenchendo o formulário. As informações são de BBC.

Desde segunda-feira, dia 20 de maio, visitantes da Austrália, Canadá, Japão, Nova Zelandia, Singapura, Africa do Sul e Estados Unidos podem usar os portões do ePassport nos postos de controle em todo Reino Unido. A ação tem objetivo de acelerar os controles de fronteira para países de baixo riso, segundo Home Office. As informações são de GOV UK.

Empreiteiras seriam forçados a treinar um trabalhador britânico para cada funcionário estrangeiro contratado. Mais da metade da força de trabalho em Londres (56,3 por cento) vem do exterior, com pouco menos de 50 por cento dos países da UE. As informações são de Independent.

O Home Office anulou a decisão de visto de visita negado ao pai do executivo-chefe do Conselho Escocês de Refugiados, depois de clamor público e repetidas perguntas no parlamento. Sabir Zazai queria que seu pai o visse recebendo um título honorário de doutorado da Universidade de Glasgow por seus serviços à sociedade civil nos últimos 20 anos no Reino Unido. As informações são do The Guardian.

As melhores praias inglesas

Falta menos de um mês para o verão e por isso preparamos uma lista de cinco destinos imperdíveis para curtir a estação

Esqueça tudo que já te falaram sobre as praias da Inglaterra! Claro que elas não são tão bonitas como as do Brasil, mas possuem sua beleza característica e a experiência é incrível. Numa cidade britânica de litoral, normalmente a praia não é a única atração turística, pois a cidade tem muito mais a oferecer.

A contagem regressiva para o verão começou! A estação mais ensolarada do ano começa dia 21 de junho no hemisfério norte, a menos de um mês, e vai até 23 de setembro. Por ser uma ilha, a Inglaterra é literalmente cercada de praias. Tem muitas opções de onde curtir o verão. Para você ir se planejando, preparamos uma lista das melhores praias inglesas.

Se você vai à Inglaterra no verão, visite as praias. Se você mora a Inglaterra, tire cinco finais de semana para ir em cada uma dessas praias e depois nos diga qual gostou mais.

1) Cuckmere Haven

Esta praia pertence ao município de Seaford, a uma hora de trem de Londres. Para acessar a praia é necessário caminhar por 30 minutos numa trilha que segue as curvas do rio Cuckmere. É difícil escolher o que é mais bonito: a trilha ou a praia. Ao invés de areia, você vai encontrar pedrinhas. A cor da água do mar tem tons de azuis vívidos e ao fundo as maravilhosas Seven Sisters, sete montanhas enormes de calcário. Da Cuckmere Haven as pessoas também sobem as montanhas. A vista é deslumbrante.

Foto: Natalia Fernandes
Foto: Natalia Fernandes

2) Brighton

Badalada, Brighton é conhecida como Londres a beira mar. A orla da praia é impressionante, muitos pubs, baladas e o famoso píer. No píer há um parque de diversões com montanhas-russas, carrinho bate-bate e um brinquedo de queda livre que você tem que ir!

Brighton também tem um palácio bem no centro da cidade, além de ruas comerciais, parques, igrejas e casas típicas vitorianas.

3) Bournemouth

Diferente das duas anteriores, Bournemouth possui areia. Ela tem um pouco mais de 11 quilômetros de extensão e chega a lembrar as praias do Brasil. Para quem mora na Inglaterra, é bom para matar a saudade da terrinha brasileira.

A cidade também é linda. O centro, em especial, é encantador. Bournemouth também possui casas vitorianas em frente ao mar, o que deixa tudo bem mais charmoso.

4) Durdle Door e Lulworth Cove

Na chamada “Jurassic Coast” duas praias muito perto uma da outra chamam a atenção dos turistas por suas belezas naturais. A primeira é a Durdle Door, que possui um arco de pedra formado graças as erosões ao longo de milhões de anos. Para chegar são necessários 30 minutos de caminhada.

Perto dali tem a Lulworth Cove, que é uma espécie de piscina formada ao longo de milhares de anos também. Nos dias de sol as pessoas entram na água, mas atenção, mesmo com muito calor a água é extremamente gelada e para nós, brasileiros, é quase impossível de entrar.

As duas praias são cercadas por falésias e a vista para o mar é linda. Recomendamos que você assista ao pôr do sol de lá do alto.

5) Torquay

Os fãs de Agatha Christie vão gostar de visitar Torquay. A escritora nasceu lá no século XIX. Sobre as praias da cidade, todas são encantadoras. A principal delas tem muitos barcos e é linda. O fundo é composto por montanhas com várias casas e prédios construídos nelas. No alto do morro você consegue ter uma visão do mar, dos barcos e das casas que o cerca. Tudo na cidade é elegante e simpático ao mesmo tempo.

Torquay fica no condado de Cornwall e as praias dessa região em geral são muito bonitas. Newquay e Porthcurno são cidades destaques de Cornwall por possuírem praias magníficas.

Por Natalia Fernandes

MINUTO LEGAL: nova votação do acordo de saída, imigração ilegal, aplicação de Settled e mais notícias sobre o Brexit

Theresa May vai colocar o acordo Brexit em votação pela quarta vez

A primeira ministra Theresa May anunciou uma nova votação sobre o acordo do Brexit que vai acontecer na primeira semana de Junho. Será a quarta vez que o Parlamento vota no acordo sobre saída do Reino Unido da União Europeia depois de ser rejeitado em todas as votações anteriores. As informações são de CNN.

Eleições europeias de 2019: o que cada partido pensa sobre o Brexit

As eleições no Reino Unido para o Parlamento Europeu estão se aproximando e os candidatos que disputam as eleições já foram confirmados. Saiba mais sobre como os principais partidos estão se preparando para as eleições de 23 de maio e qual a posição de cada um em relação ao Brexit. As informações são de BBC.

3.500 indianos solicitam visto para o Reino Unido todos os dias

A 12ª edição da Copa do Mundo de Críquete será organizada pela Inglaterra e País de Gales. Provavelmente é por isso que os mais de 3.500 indianos estão solicitando um visto para o Reino Unido (UK) diariamente, de acordo com agências envolvidas na facilitação do visto no Reino Unido. As informações são de Times Now.

Aplicação de Settled da UE não funciona, diz casal barrado no aeroporto

As primeiras falhas no novo esquema de imigração para cidadãos da UE que querem permanecer no Reino Unido depois que o Brexit foi exposto. Um casal que mora em Oxford foi impedido de pegar um vôo de volta da Turquia para o Reino Unido. As informações são de The Guardian.

Imigração ilegal no Reino Unido vai aumentar depois do Brexit, sugere estudo

O relatório da Social Market Foundation disse que fechar as rotas legais de migração depois que o Brexit levaria a mais pessoas tentando entrar e permanecer ilegalmente no Reino Unido. O estudo analisou casos anteriores em que a imigração foi restringida e as políticas de entrada mais rígidas, incluindo a Grã-Bretanha, que acabou com a migração irrestrita dos países da Commonwealth na década de 1960 e os EUA interrompendo um programa para trabalhadores mexicanos em 1965. As informações são de Independent.

Descubra Belfast: 8 lugares surpreendentes

Com uma história impressionante, a capital da Irlanda do Norte não é muito conhecida pelos turistas e até moradores brasileiros do Reino Unido

A Irlanda do Norte também compõe o Reino Unido. Sua capital, Belfast, tem em torno de 300 mil habitantes e muitas opções do que fazer. Porém, o que destaca Belfast das outras cidades irlandesas é sua história recente.

A cidade passou por uma violenta guerra civil de 1969 a 1998! O período ficou conhecido como “The Troubles”. Para você ter uma ideia de quão perigosa ficou a cidade, na década de 80 ela estava na lista de lugares “proibidos aos turistas no mundo”. A guerra ocorreu porque havia vários desacordos, mas o principal problema foi quando os ingleses chegaram a Irlanda para demarcar território. Os chamados Unionistas e Protestantes queriam manter a Irlanda do Norte no Reino Unido e brigavam com os Republicanos e Católicos, que queriam ser independentes. Durante a guerra civil, os grupos se enfrentavam nas ruas de Belfast, além de bombas destruir prédios e os rivais serem proibidos de entrarem um no bairro do outro.

Mas agora Belfast é uma das mais seguras e interessantes para se visitar na Europa. Recentemente fizemos uma lista de locações de Game of Thrones na Irlanda do Norte e um fato curioso sobre o turismo no país é que a série trouxe muito mais turistas para a região do que o governo já trouxe. Confira a lista de oito lugares em Belfast que você tem que visitar um dia.

1) Titanic Belfast Museum

O museu do Titanic aborda desde a construção do navio mais famoso do mundo até o devastador naufrágio e as consequências, inclusive com relatos de sobreviventes. Lá dentro tudo é muito interativo e com efeitos especiais, o que encanta crianças e adultos. O tamanho do Titanic impressiona e o plano ambicioso para a época te leva de volta ao passado. O museu não fica neste local à toa. Foi exatamente lá que o Titanic foi construído séculos atrás. O ingresso custa por volta de £ 20.

2) Prefeitura de Belfast

Quem gosta de construções icônicas tem que ir ao Belfast City Hall. O prédio é de 1906 e foi construído com pedra de Portland num estilo barroco. Você pode visitar o interior dele gratuitamente com guia. A noite o prédio é iluminado com holofotes de diferentes cores e a visita em ambos os horários valem a pena.

3) Castelo de Belfast

Originalmente, o Castelo de Belfast foi construído no século XII. Mas, infelizmente, ele sofreu um incêndio em 1708 e foi reconstruído num parque floresta, o Cave Hill Country Park. Às vezes tem males que vêm para o bem! Antes, o castelo ficava bem no centro da cidade. Hoje, como fica no parque, existem jardins, florestas e, por ser em um lugar alto, a vista da cidade é muito bonita.

4) Jardim Botânico de Belfast

O Jardim Botânico existe em Belfast desde 1828. Ele é um extenso jardim de rosas, carvalhos e plantas raras e conta também com uma estufa. No Jardim Botânico sempre tem exposições, recitais, concertos e ópera: atente-se a programação quando for a Belfast para não perder nada. Dentro da área do Jardim tem o Ulster Museum, um museu de arte, história e ciências naturais. Lá tem fósseis de dinossauros, múmia do Egito e até quadros modernos. O Jardim Botânico e o Museu são gratuitos. Imperdível!    

5) Murais de Belfast e Muro da Paz

Em todo lugar no lado oeste da cidade você encontrará lindos murais com muitos grafites com ilustrações políticas, de celebridades, históricas…  Lá tem também o Muro da Paz, que separava as duas comunidades que viviam em guerras e hoje, assim como o Muro de Berlim, está coberto de arte e inclui mensagens e assinaturas de visitantes famosos, como Dalai Lama. Leve um canetão e deixe um recadinho também.

Atrás do muro ficavam (e o mais interessante: ainda ficam!) os católicos. Para acessar tem um portão. Do lado de fora é a parte protestante da cidade. Uma dica de passeio é andar pelos dois bairros: a Shankill Road, que é o lado protestante e a Falls Road, o lado católico. Ainda hoje existem discordâncias entre as duas partes, mas ambos toleram as opiniões diferentes dos outros, diferente das gerações passadas. Na Shankill Road muitas casas possuem a bandeira do Reino Unido, enquanto que na Falls Road pode-se perceber que os grafites desta parte do muro têm um cunho mais político, com pinturas de Nelson Mandela e temas separatistas, como a Catalunha na Espanha.

6) Albert Memorial Clock

Numa mistura de Torre de Pisa com a torre do Big Ben, o Albert Memorial Clock é um monumento memorável da cidade! Além da estátua do Príncipe Albert e de leões coroados, a construção chama atenção por ser inclinada, não tanto quanto a torre de Pisa, mas que não passa despercebida.

7) Cathedral Quarter

Uma rua apenas de pubs, restaurantes e música ao vivo: perfeito para curtir a noite em Belfast. O beco possui muitos grafites, lugares temáticos, luzes de Natal o ano todo e até um túnel de guarda-chuvas amarelos. Os pubs mais famosos da Cathedral Quarter são: The Dark Horse (que inclusive tem um dos portões de Game of Thrones e já falamos dele aqui, o Duke of York, o The Harp Bar e o Sunflower.

8) Giant’s Causeway

Apesar de não ser em Belfast, o passeio nas Giant’s Causeway merece a sua atenção total. Este é a principal atração turística da Irlanda do Norte e fica a apenas uma hora de carro do centro de Belfast. Inclusive, muitas agências em Belfast oferecem o passeio por em média £ 30 por pessoa.

As Giant’s Causeway são patrimônio da UNESCO. O formato curioso das rochas agrada os perfeccionistas, já que elas se juntam perfeitamente. Estudos dizem que foram necessários 60 milhões de anos para as pedras ganharem este formato. O passeio é perfeito para uma day trip.

Por Natalia Fernandes

Imigração, Home Office, Brexit e Royal Baby com dupla nacionalidade

“Eu errei por ficar em silêncio”. O presidente da comissão da União Europeia disse que lamenta não intervir no referendo Brexit para corrigir “mentiras” sobre o bloco durante a campanha. As informações são de Independent.

Quase 900 crianças classificadas como apátridas foram obrigadas a pagar as taxas de imigração do Home Office no ano passado como parte de suas candidaturas para se tornarem cidadãos britânicos.

Stuart Tannock, professor de sociologia que trabalha na Citizens UK, disse: “Sem cidadania, o governo corre o risco de deixar as crianças impossibilitadas de frequentar a universidade, conseguir um emprego ou mesmo sem uma nacionalidade. Estamos pedindo ao Home Office para reduzir o custo da cidadania para que esses jovens possam ter um futuro brilhante no país que chamam de lar ”. From The Guardian.

O filho de Meghan Markle e Harry se qualificam para o status que nenhum outro membro da realeza tem. O bebê da duquesa e do duque de Sussex poderia se tornar um cidadão americano. Para que isso se torne realidade, Harry e Meghan precisariam registrar o nascimento em um consulado americano. Por outro lado, Meghan pode candidatar-se a tornar-se cidadão britânico depois de cinco anos no país. As informações são de Mirror.

Músicos pediram ao governo para preservar sua liberdade de movimento em uma Europa pós-Brexit. Um relatório do ISM mostra que cerca de 50% dos músicos entrevistados sofreram efeitos negativos do Brexit, com 65% dizendo que a dificuldade de viajar para os países da União Europeia era a maior preocupação. As informações são de ITV.

Uma mulher ameaçada de deportação foi informada de que ela pode permanecer temporariamente no Reino Unido. Pauline Taylor-French, 45, deixou a Jamaica há 17 anos com suas duas filhas depois de sofrer abusos. Ela viveu legalmente no Reino Unido, mas foi informada em 2017 pelo Home Office que seu direito de permanecer foi recusado. O marido dela, Grahame, disse que agora teve permissão para ficar por 30 meses, o que lhes daria tempo para planejar o futuro. As informações são de BBC.

Taxista de Aberdeen gasta milhares em batalha de visto para a esposa. Keith Webster, 49, e sua esposa Susan, de 55 anos, do Arizona, tiveram seu pedido de visto para permanecer no Reino Unido rejeitado duas vezes. Keith acredita que eles gastaram mais de £ 8.000 tentando resolver o problema e escreveram para o Home Office para obter uma solução para o caso. As informações são de Evening Express.