MINUTO LEGAL: as últimas sobre o Brexit e imigração em UK

Os membros do parlamento votaram para bloquear o próximo primeiro-ministro de suspender o parlamento e forçar um Brexit “sem acordo”. Boris Johnson e Jeremy Hunt disseram que estão preparados para sair da UE em 31 de outubro, com ou sem acordo. Mas sair sem um acordo de divórcio nunca teve o apoio da maioria do parlamento. As informações são de Metro.

*

Enquanto o Brexit se aproxima, cada vez mais vozes pedem que a Grã-Bretanha permaneça aberta a empreendedores e fundadores estrangeiros. A voz mais recente é a do The Entrepreneurs Network, que divulgou um relatório argumentando que os fundadores estrangeiros são uma das principais forças motrizes da inovação britânica. A mensagem do relatório é clara: a política britânica deveria trabalhar para tornar o país tão atraente para os empresários estrangeiros quanto possível após o Brexit. As informações são de Forbes.

*

Cidadãos da UE que estão no Reino Unido há menos de cinco anos e que se candidatam a permanecer no Reino Unido depois do Brexit enfrentam mais incertezas por causa de uma falha no aplicativo do Home Office, surgiu. Um engenheiro sueco de 31 anos que solicitou a permanência na Grã-Bretanha depois do Brexit descobriu o defeito no aplicativo quando tentou converter seu pre-settled status em settled status na semana passada. As informações são de The Guardian.

*

Oito pessoas foram presas por suspeita de crimes de imigração depois que um grupo foi encontrado escondido na traseira de um caminhão. O caminhão refrigerado de frutas foi parado pela polícia nos perto de Peterborough por volta das 8h30, depois de relatos de ruídos vindos de dentro. Uma criança, também dentro do veículo e foi levada para um centro de imigração. As informações são de BBC.

*

10 músicas que falam sobre a Inglaterra

Monte sua playlist de músicas para ouvir enquanto caminha nas ruas inglesas

Os ingleses gostam de música tanto quando os brasileiros. De lá, saíram fenômenos mundiais, como, Beatles, Rolling Stones, Queen, Adele… A lista é enorme. Mas hoje vamos falar e ouvir músicas que falam sobre a Inglaterra. Assim como o país é retratado nos livros, filmes e séries, muitas músicas são feitas para enaltecer ou mostrar uma realidade que os turistas não conhecem. Coloque seus fones de ouvido e venha conhecer mais sobre a Inglaterra.

1- Maybe It’s Because I’m a Londoner – Davy Jones 

A música é de 1965, mas muitas versões recentes vêm surgindo, como a da banda The Bussines e a mais recente e conhecida, cantada na propaganda do perfume Her. Mesmo a música sendo muito antiga, o refrão gruda na cabeça “Maybe it’s because I’m a Londoner, that I love London so”.

 

2 – Goodbye England (Covered In Snow) – Laura Marling

Ao contrário da anterior, está não é uma história de amor com a Inglaterra. Laura Marling diz “And I never love England”. A letra é de uma sensibilidade e emoção enorme. Quem gosta de músicas lentas e que levam a reflexão vai amar esta.

3 – Take me Back to London – Ed Sheeran

Num estilo mais “ostentação”, o inglês Ed Sheeran gravou com o rapper Stormzy Take me Back to London. A música fala que não existe cidade melhor que Londres “No town does it quite like my home (like my home). So take me back to London”

4 – England Skies – Shake Shake Go

Sabe quando nosso humor está mais ou menos igual o céu? As vezes cinza, outros ensolarado. Assim é England Skies, da banda Shake Shake Go: “You’re used to grey England Skies Cloudy days, colder nights, And your heart’s not right”, diz a música.

5 – LDN – Lily Allen

Na letra da música, Lily Allen pega uma bicicleta e observa Londres enquanto pedala. “There was a little old lady, who was walkin down the road. She was struggling with bags from Tesco.”

6 – London Bridge – Fergie

Mesmo sendo americana, Fergie não deixou de homenagear Londres. Ela ainda chega a chamar a cidade de “my London” na letra.

7 – Waterloo Sunset – The Kinks

A música conta a história de alguém que ficava em sua janela admirando o movimento da estação de Warterloo, principalmente o pôr-do-sol da região, que, inclusive, é lindíssimo. The Kiks é uma das bandas mais consagradas do Reino Unido.

 8 – London Calling – The Clash

Uma das músicas mais famosas desta lista, London Calling é uma grade crítica social à Inglaterra. “London is drowning and I live by the river”, diz a banda.

9 – God save the Queen – Sex Pistols

Outra música de crítica social, desta vez à monarquia inglesa. A banda Sex Pistols sempre declarou abertamente que a realeza não é mais uma forma de representatividade da Inglaterra.

10 – London London – Caetano Veloso

O brasileiro Caetano Veloso canta, em inglês, a música London London. Ele a escreveu em seu exílio na capital inglesa durante a ditadura militar no Brasil. A música fala sobre solidão, o que, provavelmente, o músico sentiu muito em seu período em Londres. Ele descreve as ruas e as pessoas com quem encontrava durante caminhadas: “I cross the streets without fear. Everybody keeps the way clear”

Por Natalia Fernandes

 

Dicas de viagem para Londres

Viajar para Londres é sempre uma boa ideia. Não importa se esta é sua primeira ou vigésima vez em Londres, uma viagem para o Old Smoke é sempre emocionante e algumas dicas para a viagem sempre podem ser úteis. Você nunca sabe o que está perdendo do seu checklist.

Para te ajudar com isso, fizemos uma lista das principais coisas que você deve ter em mente antes de pegar o avião para Londres.

Photo by Viktor Forgacs

Verifique o tempo em Londres e faça as malas de acordo. Se você acertou uma vez, isso não significa que você sempre acertará. O tempo em Londres é bastante imprevisível, mas ainda assim você deve verificar antes de sua viagem. Arrume suas malas de acordo com o tempo, mas sempre leve pelo menos um par de roupas mais quentes. Nunca se sabe.

Coloque um guarda-chuva na mala. Em Londres, as manhãs podem ensolaradas com borboletas voando pelas flores, enquanto pancadas de chuva podem afastar as pessoas das ruas algumas horas depois. E também pode ser ao contrário. Certifique-se de que você sempre tem um guarda-chuva dobrável, para que você não fique molhado como um pinto, ou tenha que carregar um grande guarda-chuva quando não estiver chovendo.

Obtenha seu seguro de viagem. É obrigatório ter o seguro de viagem certo quando você viajar para Londres. Você pode sentir que nada vai acontecer com você, mas você nunca saberá. É sempre melhor estar preparado. Você pode obter um seguro de viagem no Reino Unido ou um seguro que cubra os países da União Europeia.

Reserve voos para aeroportos menores. Você pode conseguir passagens mais baratas e dessa maneira economizar muito tempo e energia evitando longas filas e multidões.

Photo by Manuele Sangalli

Reserve o máximo possível com antecedência. Se você acha que apenas aparecer em atrações turísticas em Londres é o suficiente, você está bastante errado. Haverá dezenas, ou talvez centenas de pessoas tentando obter um ingresso para entrar. Se você reservar com antecedência, você pode até obter os mais baratos.

Discagem de emergência é 999. Muitas pessoas pensam que o número de emergência na Grã-Bretanha é algo como 911 ou 112, mas não é. Na verdade, é 999. Certifique-se de que seus filhos saibam disso se estiver viajando com eles.

Não compre ingressos para museus públicos e galerias de arte, eles são gratuitos. Quase todos os museus públicos e galerias de arte de Londres são gratuitos. Embora você possa encontrar alguns sites que oferecem “ingressos baratos para museus de Londres”, você não deve se deixar enganar. Verifique cuidadosamente antes de decidir comprar um bilhete para esses lugares em Londres.

Faça uma lista das coisas que você quer fazer. É muito importante você ter um plano concreto do que vai fazer em Londres. Pegue um pedaço de papel e anote tudo o que você gostaria de ver em Londres. Em seguida, verifique quanto tempo levaria para visitar cada local e quanto dinheiro você precisaria gastar. Organize seu itinerário para visitar lugares próximos um do outro no mesmo dia. Dê a cada lugar, pelo menos, um tempo extra de 15 minutos, você nunca sabe quanto tempo você vai gastar lá. E quando estiver em Londres, tente acompanhar esse plano. Você vai nos agradecer depois.

Por Juliane Rhea (tradução: LH4U)

As 8 comidas mais inglesas que existem

[ATENÇÃO] Não leia este texto se estiver com muita fome! (Brincadeira, pode ler sim, mas é por sua conta e risco).

Quem disse que no Reino Unido não existe comida boa? A Inglaterra, principalmente, possui uma culinária muito diversificada e saborosa. Peixes, batatas, salsichas e legumes são muito populares lá. A batata, em especial, é a queridinha dos ingleses e é preparada de muitas formas.

Estes são os oito pratos mais tradicionais da Inglaterra e vão te deixar com água na boca e mais vontade de conhecer o país. Não se esqueça, viajar é também descobrir novos sabores!

 

1 – Fish and Chips

A simples batata frita com peixe frito é famosa no país todo e você tem que experimentar, principalmente se for visitar alguma cidade costeira da Inglaterra. Eu te garanto que não tem sensação melhor que comer Fish and Chips de frente ao mar ao som das ondas e gaivotas.

2 – Bangers and Mash

O prato é basicamente salsichão apimentado e purê de batatas. Os outros acompanhamentos são conforme a preferência do cliente. Na maioria das vezes, os ingleses comem com ervilhas ou molhos de diferentes sabores, principalmente cebola.

3 – Full English Breakfast

Feijão doce, torradas, ovos, tomate, salsicha, geleira, linguiça… O café da manhã inglês não é para os fracos! Nele pode ser encontrado muito sabores novos para os brasileiros, como o feijão adocicado e a linguiça preta. Sinta-se um verdadeiro britânico comendo essa mistura de sabores logo nas primeiras horas do dia!

4 – Roast Beef

Carne assada! Assim como os brasileiros, os ingleses gostam muito de carne assada. Mas, diferente do Brasil, as carnes normalmente são de porco, pato, cordeiro ou peru! O roast beef é sempre servido com vegetais, batatas e molhos.

5 – Cornish Pasty

Quem diria que na Inglaterra tem pastel! Mas não é muito parecido com o nosso de feira. Este, além do formato diferente, tem grossas fatias de carne dentro. A massa também é diferente, feita com farinha, batata (olha ela aí de novo) e cebola.

6 – Yorkshire Pudding

Um bolinho feito de farinha, leite e ovos. Basicamente é esse o pudding criado em Yorkshire. Mas se engana se você pensou que ele é consumido nos lanchinhos. Come-se na refeição principal, normalmente no jantar, junto com carnes e legumes.

7 – Beef Wellington

Imagina um pedaço grande de carne coberto por massa folheada. Este é o beef Wellington. É bem diferente do que estamos acostumados no Brasil!

8 – Scones

Os scones são bolinhos que você acrescenta o que quiser neles, normalmente geleias e cream cheese. Comer eles acompanhado de chá é a coisa mais britânica que existe. Aliás, falando em chás…

Bônus

9 – Chá!

Assim como o café está para o brasileiro, o chá está para o inglês. Os ingleses não levam a Chá das Cinco tão mais a sério, mas é difícil eles passarem um dia sem pelo menos uma xícara. Eles gostam sem açúcar mesmo e ainda acrescentam leite. Segundo a Organização de Chás e Infusões, os britânicos consomem 60 bilhões de xícaras de chá por ano.

Por Natalia Fernandes

 

MINUTO LEGAL: sistema de visto em UK para empreendedores imigrantes e mais

Mais da metade das empresas britânicas com equipes estrangeiras temem que sejam prejudicadas pelos planos do governo para um sistema de imigração pós-Brexit. As informações são de Reuters.

.

Boris Johnson exigiu que os imigrantes aprendessem inglês, alegando que há “muitas” partes do Reino Unido onde não é a primeira língua e disse que quer que as pessoas se sintam britânicas quando se mudarem para o Reino Unido. As informações são de The Sun.

.

Stiven, agora com 18 anos, estava a poucos dias de seus exames finais em química, biologia e matemática, quando recebeu a notícia de que seu pedido de permanência no Reino Unido foi recusado. As informações são de Mirror.

.

Novo pacote de apoio para ajudar as pessoas dos países da UE a continuarem a viver e trabalhar no País de Gales depois que o Brexit for anunciado. O governo galês deve financiar aconselhamento sobre imigração e apoio para ajudar as pessoas a candidatarem-se ao settled status. As informações são de BBC.

.

Um escocês e sua esposa norte-americana, que lutam por um visto para permitir que ela fique aqui, estão em campanha que destaca as duras regras do visto de esposa no Reino Unido. As informações são de The National.

.

Crianças de até 10 anos que passaram a vida toda no Reino Unido foram impedidas de obter cidadania britânica por causa de julgamentos oficiais sobre seu “bom caráter”. As informações são de Independent.

.

49% das empresas que mais crescem no Reino Unido têm pelo menos um co-fundador imigrante. O relatório usa uma lista que inclui sete unicórnios – startups com uma avaliação de US $ 1 bilhão ou mais – das quais cinco têm pelo menos um co-fundador imigrante, incluindo Monzo e Deliveroo. As informações são de City AM.