Tag: Remove term: vistos

Quem é Humberto Ferrarini, consultor e gerente de imigração da LondonHelp4U

A LondonHelp4U é pioneira em dar conselhos de vistos e imigração no Reino Unido e tem sucesso em 99% das solicitações de visto para o Home Office. Com 14 anos de muito profissionalismo e dedicação, ajuda milhares de Brasileiros a regularizerem sua situação em território britânico.

Hoje, vamos trazer o perfil de Humberto Ferrarini, gerente de imigração da LondonHelp4U, que também é consultor e atende muitos dos nossos clientes com os melhores conselhos sobre vistos para o Reino Unido.

Formado em Advocacia pela Universidade Federal de Mato Grosso e pós-graduado em Direito com foco em contratos pela PUC de São Paulo, Ferrarini tem 6 anos de experiência com leis de imigração no Reino Unido e possui qualificação Level 2 pelo Office of The Immigration Services Comissioner (OISC).  Ou seja, é a certeza de estar muito bem encaminhado em seus processos de visto e também é o profissional certo para resolver qualquer tipo de situação que envolva imigração em território britânico.

Na LondonHelp4U, você já sabe: seu visto na mão ou seu dinheiro de volta!

Quando pensar em vistos, pense na LondonHelp4U!

Quer agenda uma consulta conosco?

Envie já um e-mail para info@londonhelp4u.co.uk, ligue no +44 207 636 8500 ou agende online em http://www.londonhelp4u.co.uk/marcar-consulta-de-imigracao/.

Home Office atualiza taxas de vistos

O Home Office atualizou sua tabela de taxas para o período de 2015/2016, que entram em vigor a partir de 1 de abril de 2015.

O entry clearance como visitante para um período de 6 meses ou menos, por exemplo, agora tem o valor de £85; extensão do visto de estudante como visitante está £162, Tier 2 (geral) agora está por £564; Tier 1 como empreendedor está por £1,180; Tier 4 por £439; Tier 5 por £225; e o teste Life in the UK continua £50.

Quer ver todos os valores? Confira aqui.

Consulado Britânico fecha unidade no Brasil

O Home Office anunciou ontem (14/01) que o Consulado Britânico do Rio de Janeiro vai fechar suas portas dia 27 de fevereiro de 2015. Segundo eles, a decisão faz parte das melhorias na eficiência da emissão de vistos.

A partir de 12 de janeiro, aplicações de visto feitas na América do Sul serão decididas no Consultado Britânico de Bogotá, na Colômbia, pelo UK Visas and Immigration Entry Clearance Officers. Qualquer aplicação feita antes desta data ainda será decidida e processada no Rio de Janeiro.

O impacto desta mudança para clientes será limitada. Aplicantes de visto no Brasil devem continuar a aplicar seus vistos nos Visa Application Centres (VAC), centros de aplicação de vistos para o Reino Unido operados pelos parceiros comerciais do Home Office no Brasil, tanto no Rio de Janeiro, como em São Paulo ou Brasília. Além disso, não será necessário viajar para a Colômbia para cadastrar dados biométricos, pois estes centros vão atender esta demanda.

As aplicações continuarão a ser decididas no período padrão do atendimento ao cliente do Home Office: 15 dias úteis para aplicações que não são para residência permamente no Reino Unido (non-settlement) e 60 dias úteis para aplicações que são para residência permanente no Reino Unido (settlement). Um serviço prioritário continuará disponível nos Visa Application Centres, que têm o objetivo de processar aplicações de visto dentro de 3 a 5 dias úteis.