Category: Uncategorized

redução de imigrantes nos EUA e Reino Unido pode prejudicar economia

Minuto Legal: Novo recorde de cidadãos europeus deixam o Reino Unido

Novo recorde de cidadãos da UE deixam o Reino Unido

O número de cidadãos da UE que sairam do Reino Unido atingiu o nível mais alto da década com 130 mil imigrantes no ano, segundo informações divulgadas pela the Office for National Statistics (ONS). O estudo aponta o Brexit como um fator nas decisões dos europeus de partir. A imigração líquida da UE foi a menor em cinco anos. Os números também mostram que mais britânicos estão imigrando do que estão voltando a viver no Reino Unido.

Reino Unido atinge o limite de pedidos de visto para trabalhadores qualificados pelo terceiro mês consecutivo

A Grã-Bretanha atingiu o limite de pedidos de vistos para trabalhadores não-europeus qualificados pelo terceiro mês consecutivo. Mais de um terço dos vistos de trabalho tier-2 emitidos pelo Home Office vão para setores do NHS que enfrentam, atualmente, uma crise por falta de equipe qualificada. A cota mensal foi alcançada em dezembro e janeiro pela primeira vez em sete anos e preocupa o setor. Segundo o jornal The Guardian, o problema é que a cota introduzida em abril de 2011 teve o limite atingido e isto significa que muitos trabalhadores altamente qualificados não poderão assumir até que o número de pedidos diminua ou que tenham novas mudanças do governo britânico.

Os planos de transição do Reino Unido foram lançados

O Reino Unido publicou propostas sobre como o governo deseja o período de transição. Segundo o documento o tempo deve durá o necessário para “preparar e implementar os novos processos e novos sistemas.” No entanto, o Reino Unido aponta para um período de dois anos, mas quer discutir com a UE para marcar uma data final. O documento sugere ainda que o Reino Unido respeitará as novas leis da UE e estará envolvido em negociações futuras, mas não poderá assinar acordos comerciais sem a permissão da UE. Há “apenas um pequeno número de áreas”, onde os dois lados discordam, afirma documento. Entre estes, o status dos cidadãos da UE que chegam durante a transição.

Imigrantes de assistência social para idosos movimentam mais de 4 milhões de libras a economia inglesa

 Os imigrantes que trabalham no setor de assistência social para adultos contribuem com 4.4 bilhões de libras para a economia inglesa anualmente, de acordo com os números divulgados para marcar o evento One Day Without Us (1DWU). Segundo o jornal The Guardian, se os imigrantes do setor parassem de trabalhar por um dia, haveria uma queda de 17 milhões de libras.

Imigrantes brasileiros fogem de crise e voltam ao Reino Unido

Como adquirir a cidadania britânica

Você conhece as regras para obtenção da naturalização britânica? Este é um processo que visa à conquista do título de cidadão britânico. Para se candidar é necessario que o solicitante se enquadre nas seguintes categorias: residência permanente, nascimento, casamento/união estável e descendência. Confira se você cumpre os critérios necessários para se tornar um cidadão britânico.

Quem pode aplicar?

Residência  Permanente

O candidato pode requerer a naturalização por período de permanência no país. É necessário ter morado legalmente pelo menos nos últimos 5 anos no Reino Unido, não ter infringido nenhuma lei imigratória, nem ter se ausentado por um longo período do país. Cônjuges de cidadãos europeus que tenham a residência permanente também podem solicitar a cidadania britânica. Segundo Humberto Ferrarini, especialista em imigração da LondonHelp4U: “Todo o estrangeiro que vive no Reino Unido por no minímo 5 anos trabalhando e pagando impostos pode aplicar para a residencia permanente.”

Nascimento

Crianças nascidas no Reino Unido estão aptas a solicitar o pedido de naturalização britânica após 10 anos de residência no país ou após os pais adquirem a residência permanente.

Casamento e união estável

O cônjuge de um cidadão britânico, que se casou no Reino Unido, ou está na condição de união estável, precisa aplicar primeiro para residência permanente, antes de entrar com o processo de naturalização. Após 12 meses da obtenção da residência, o candidato pode solicitar a cidadania. Vale lembrar que o Governo Britânico exige a comprovação do nível de inglês B1, para aqueles que pretendem obter o visto através do relacionamento.

Descendência

A cidadania também pode ser transferida automáticamente para os filhos de pais britânicos, que nasceram fora do Reino Unido, ou por pais que possuem a naturalização antes do nascimento dos filhos.

A LondonHelp4U fornece todo o auxílio necessário na obtenção da sua cidadania britânica e ainda realizamos o teste de inglês B1. Somos uma empresa de imigração 17 anos de experiência em vistos e cidadanias para o Reino Unido.

Theresa May envia carta para europeus que vivem no Reino Unido

Brexit: Theresa May e União Europeia divergem sobre o período de transição

A primeira-ministra Theresa May indicou na última quinta-feira que resistirá a proposta para dar direito de residência aos cidadãos da União Europeia durante o período de transição após Brexit. Segundo informações da BBC, May afirma que precisa haver uma diferença entre os imigrantes que entraram no país antes do Brexit com aqueles que chegarão depois. Já o bloco europeu deseja que os direitos completos se estendam a todos até dezembro de 2020.

O período de transição – também referido como um período de implementação – é visto como uma forma de minimizar a interrupção quando o Reino Unido deixa a UE para setores de negócios, turismo e segurança

Acordos em 2017

 Em dezembro, os dois lados concordaram com um acordo que estabelece os direitos propostos aos cidadãos da UE no Reino Unido e os britânicos residentes no continente europeu após o Brexit. O acordo afirma que todos os cidadãos da UE que estiveram no Reino Unido por mais de cinco anos deverão receber o processo de obtenção do novo estatuto de residência permanente — o chamado “settled status”, dando-lhes permissão de tempo indefinido para permanecer e ter acesso aos serviços públicos.

Aqueles que residiram por um período mais curto, mas que chegam antes da data de corte da Brexit, atualmente prevista para 29 de março de 2019, também poderão permanecer e obter “settled status” quando estiverem no Reino Unido há cinco anos.

Na época, o governo britânico previa que o imigrante europeu que chegue depois do Brexit puderia viver, trabalhar e estudar no Reino Unido durante o período de transição, mas que os mesmos precisariam se registrar e deveriam ser acordadas como parte das negociações mais amplas de transição.

No entanto, a UE já disse que espera que as regras vigentes sobre livre-circulação – incluindo o caminho para a residência permanente – sejam aplicadas na íntegra até o final da fase de transição, que deverá ser em 31 de dezembro de 2020.

Brexit já prejudica mercado de trabalho no Reino Unido diz pesquisa

Minuto Legal: Estudo aponta que o pessímismo sobre Brexit aumentou no Reino Unido

Estudo aponta que o pessímismo sobre Brexit aumentou no Reino Unido

A pesquisa mostra que os níveis de pessímismo em relação ao Brexit aumentaram entre os habitantes da Escócia e em toda a Grã-Bretanha. O estudo liderado pelo NatCen Social Research relata que 69% dos escoceses acreditam que o Brexit está sendo mal manuseada pela primeira-ministra Theresa May, contra 57% no ano passado. Em todo o Reino Unido, o aumento subiu para 61% dos entrevistados. Este foi um grande avanço em relação aos 41% registrados em fevereiro do ano passado. A primeira-ministra Theresa May está tentando negociar um novo relacionamento comercial com a UE, mas sua autoridade é geralmente vista diminuída com o Partido Conservador e a renúncia de aliados-chave.

Brexit poderia levar a “uma década perdida de crescimento” no país

O prefeito de Londres, Sadiq Khan, disse que o Brexit numa negociação díficil poderia custar ao país meio milhão de empregos e £ 50 bilhões em investimentos perdidos até 2030. Khan disse que os resultados foram provenientes de pesquisas dos analistas Cambridge Econometrics. Ele pediu ao governo que altere sua estratégia em conversações com Bruxelas. “Esta nova análise mostra por que o governo agora deve mudar sua abordagem e negociar um acordo que nos permita permanecer no mercado único”, disse Khan. A análise da Cambridge Econometrics prevê que um Brexit difícil poderia atingir até 87 mil empregos somente em Londres, com a produção econômica da capital 2% menor em 2030 do que seria esperado sob um Brexit suave.

A libra atinge o nível mais alto desde votação do Brexit

A libra esterlina saltou o nível mais alto contra o dólar americano desde o voto do Brexit. O aumento de quase US $ 1,37 ocorreu depois que Bloomberg informou que os ministros das finanças espanholas e holandesas concordaram em buscar um acordo do Brexit que mantesse o Reino Unido próximo da UE. A libra subiu mais de 1% para US $ 1,3691, seu nível mais alto desde 24 de junho de 2016.

Donald Trump critica imigrantes dos países do El Salvador e Haiti

Segundo o jornal El Pais, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump não quer pessoas de “países de merda” nos Estados Unidos. A declaração foi feita pelo presidente nesta semana, durante uma reunião para renegociar o programa que concede residência legal a imigrantes do Haiti, El Salvador e países africanos, de acordo com fontes citadas pelo The Washington Post. No inicio da semana, o republicano retirou essas proteções para 200.000 salvadorenhos; em novembro, fez o mesmo com 59.000 haitianos.