Migrantes poderão ser cobrados para usar o NHS, diz Jeremy Hunt.

O governo quer cobrar por alguns serviços de GP, recebendo pelos serviços de ambulância e A&E (Accident and Emergency).

NHS Cost Recovery Programme

O secretário da Saúde, Jeremy Hunt, disse que as mudanças propostas a serem introduzidas em 2017 iriam recuperar até £500 milhões por ano para colocar de volta na linha de frente o atendimento ao paciente.

“Nós queremos ter certeza de que todos façam uma justa contribuição justa aos serviços, através da medida que passaria a cobrar por determinados serviços,  para garantir que os visitantes paguem pelos cuidados que recebem”, disse ele.

Visitantes estrangeiros e migrantes terão de pagar do próprio bolso para serviços de raios-x, testes de diagnóstico, fisioterapia, exames de sangue, testes de função pulmonar, receitas, e também por tratamentos dentários e oculares.

Exigível A & E cuidado incluiria feridas enchimento, fluidos de drenagem e tratamento intensivo.

Mas nem todos os serviços viriam a ser cobrados, as consultas com o GP (posto de saúde) e com profissionais de enfermagem, ficarão livre de cobrança para proteger a saúde do público em geral.

Grupos vulneráveis, como os refugiados e requerentes de asilo, continuarão também a ser isentos de cobrança.

O Governo disse que os moradores de países do Espaço Econômico Europeu (EEE) que têm o EHIC (European Health Insurance Card) – cartão que garante tratamentos de baixo custo ou grátis em determinados países europeus – continuariam a receber cuidados do NHS e os custos seriam recuperados a partir do seu país de origem. Os visitantes de países que fazem parte do EEE sem um cartão ou aqueles que pertencentes a países que não fazem parte do EEE, seriam cobrados diretamente.

A consulta sobre as propostas foi lançada na segunda-feira, dia 07 de dezembro, liderada pelo conselheiro de custos, independente do Governo, Sir Keith Pearson, e nenhuma outra informação foi anunciada desde então.

Fique antenado à nossa página do Facebook para ficar por dentro de quaisquer novidades que venham a surgir sobre o referido acima.

Evite essas cobranças e entre em contato conosco se você ainda não é um cidadão Europeu

Por telefone: 020 7636 8500

Online: https://londonhelp4u.co.uk/contato/

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *