Minuto Legal: Parcela de trabalhadores no Reino Unido ganham menos de £ 2.50 por hora

Valores baixos pagos a trabalhadores no Reino Unido ganham atenção da mídia e Theresa May diz que Reino Unido não vai perder sua influência global por causa do Brexit. Confira essa e outras notícias no Minuto Legal da LondonHelp4U.

Ministro do Brexit diz que saída do Reino Unido da Europa é como pouso na lua
O ministro encarregado da saída do Reino Unido da Europa diz que o Brexit é como fazer um pouso na lua. O secretário da Brexit, David Davis, fez a observação a líderes empresariais enquanto discutiu os acordos provisórios que estarão em vigor após o Reino Unido deixar o grupo. Ele sugeriu que o Reino Unido não estaria mais na União Aduaneira da UE e no mercado único durante esse período. E ele disse que um “novo organismo internacional” – não o Tribunal de Justiça Europeu – monitoraria novos acordos de comércio. Ele declarou que como o governo decidiu controlar a imigração, não será possível permanecer no mercado único europeu.

Trabalhadores no Reino Unido ganham menos de £ 2.50 por hora
De acordo com o “The Guardian”, dados indicam que uma parcela dos trabalhadores no Reino Unido estão sendo forçados a contratos que às vezes pagam menos de £ 2.50 por hora e podem ser cancelados a qualquer momento. As alegações são detalhadas no último relatório do ex-presidente do comité de trabalho e de pensões, Frank Field. Segundo o relatório, pessoas trabalham em horas flexíveis com contratos de curto prazo ou como freelancer sem os direitos de funcionários permanentes. O ex-presidente declarou que tais contratos eram “muitas vezes caracterizados por salários de pobreza, insegurança e tratamento terrível”, com o intuito de aumentar os lucros das empresas.

Imigrantes ilegais do incendêndio da Grenfell Tower ganharão anistia de 1 ano
O Home Office anunciou uma “anistia” de imigração temporária de 12 meses para  os sobreviventes do incêndio da Grenfell Tower. O ministro da imigração, Brandon Lewis, disse que reconheceu o fato de que alguns cidadãos estrangeiros diretamente afetados pelo incêndio não desejavam se envolver com as autoridades devido às suas preocupações sobre o seu status de imigração no Reino Unido ou porque a permissão para permanecerem no país estava prestes a expirar. Os sobreviventes que contatam o Home Office receberão uma licença temporária de um ano para permanecer na Grã-Bretanha fora das regras de imigração e com acesso total ao suporte e assistência necessários.

Brexit: Theresa May diz que Reino Unido não perderá sua influência no mundo
Theresa May rejeitou as indicações de que o Reino Unido está perdendo influência global por causa da Brexit, insistindo que o pais continuará a influenciar o cenário mundial. Discursando no encontro do G20 em Hamburgo, May disse que o Reino Unido continua sendo um jogador internacional chave. Em meio à especulação sobre o futuro dela depois das eleições, ela disse que iria assumir a liderança e não vai se intimidar. “O que eu vejo quando falo com líderes de  todo o mundo são países engajandos em trabalhar com o Reino Unido – novos amigos e antigos aliados – à medida que deixamos a UE”, disse May à BBC.

Valor de £ 1 por hora de trabalho pago a imigrantes detidos é discutido no Parlamento
Após a polêmica sobre o valor pago pelo trabalho de imigrantes detidos, o tema foi discutido no Parlamento. Os detidos recebem £ 1 por hora para trabalhar nos centros de detenção. A baronesa Williams de Trafford disse na Câmara dos Lordes que o trabalho dos internos era voluntário e era uma forma de “aliviar o tédio”. Ela disse que o trabalho ajudou a atender às necessidades “recreativas e intelectuais” – e não era um esquema projetado para economizar dinheiro. Já Lord Rosser, do Partido Trabalhista, rebateu a informação.  “Quem obtém o benefício dessa economia aparentemente considerável a cada mês, usando os detidos em centros de imigração em apenas £ 1 por hora para fazer o trabalho necessário, em vez de usar funcionários pagos?”, argumentou Rosser.

*foto Daily Mail

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *