Minuto Legal: Partido Conservador promete ser mais rígido com imigrantes no UK

border

Pesquisas revelam importância dos imigrantes para economias europeias. Confira essas e outras notícias no nosso Minuto Legal.

Reino Unido precisa de mais imigrantes para não desacelerar a economia
Um relatório da Global Future publicado pelo “The Guardian” diz que a baixa produtividade do Reino Unido, o envelhecimento da população e a escassez de mão-de-obra em áreas-chave, como o NHS, mostram que uma migração líquida de 200.000 seria necessária para o país. O relatório, apoiado por três grupos de empregadores, critica o Partido Trabalhista e os Conservadores por se recusarem a ser honestos com o público britânico sobre o nível de imigração que o Reino Unido exige. Ele adverte que se o Reino Unido se recusar a ser flexível sobre suas fontes de trabalho, ele poderia enfrentar uma década de crescimento lento semelhante ao da economia japonesa.

Estudos mostram que a imigração teve impacto positivo na economia alemã
Análise de números do governo alemão mostraram  que as áreas do país com maior número de imigrantes possuem mais capacidade de produção e maior criatividade empresarial. De acordo com o relatório, realizado pela empresa de transportes Movinga, a presença de mais imigrantes também pode estar associada a um menor desemprego e a maiores níveis de investimento de capital. A chanceler alemã Angela Merkel recebeu um alto número de imigrantes durante o seu governo. Merkel declarou que o país tinha um dever humanitário de acolher as pessoas que fugiam da guerra.

Manifesto do Partido Conservador indica leis mais rigorosas para imigrantes no UK
O Partido Conservador divulgou seu Manifesto com as diretrizes com que pretende seguir na direção do Parlamento caso vença as novas Eleições Gerais do Reino Unido. Entre as mudanças que pretende introduzir, está o aumento do valor da renda mínima para britânicos que desejam trazer seus parceiros para morar no Reino Unido. O novo valor não foi divulgado. Atualmente o valor exigido é  uma renda mínima anual de £18,600. Estima-se que 15 mil crianças vivam longe de um dos pais por conta dessa lei que impede os casais de permanecerem juntos.

Doador da campanha a favor do Brexit pede a May que garanta o direito dos europeus
O maior doador da campanha a favor do Brexit apelou a Theresa May para garantir unilateralmente os direitos dos 3 milhões de cidadãos da União Europeia já vivem no Reino Unido. Peter Hargreaves, o bilionário que doou £ 3,2 milhões para a campanha Leave.EU, disse que a primeira-ministra deve tranquilizar os europeus para que seus direitos atuais sejam mantidos. Hargreavesele disse que May deve simplesmente “fazer o gesto” e não esperar até que Bruxelas concorde em fazer o mesmo para os cidadãos do Reino Unido que vivem em estados da UE.

Prisão de imigrantes cresce 40% durante governo de Trump no EUA
As detenções realizadas pela Agência de Imigração e Controle Aduaneiro (ICE) saltou para 41.318 entre 22 de janeiro de 2017 e o final de abril. Quase dois terços dos detidos este ano tiveram condenações penais, disse o ICE. Mas mais de metade do aumento nas prisões foi de imigrantes que estavam simplesmente nos EUA sem permissão. O ICE continuará a procurar por pessoas que receberam uma ordem final de remoção por um juiz de imigração, mesmo que não tenham cometido outro crime. “Aqueles que entram no país ilegalmente, violam a lei, o que é um ato criminoso”, disse o diretor do ICE Thomas Homan.

* foto The Indepedent

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *