CV or not CV?

Se um empregador quer um currículo ou um application form online, saber como se apresentar é ainda vital

Com tantas aplicações para vagas, está nas suas mãos fazer suas qualidades e habilidades se destacarem – e isto significa investir tempo tanto no seu currículo como no seu application form (aquele formulário online que as empresas disponibilizam quando anunciam suas vagas pela Internet).

Primeira coisa: antes mesmo de você começar a escrever, tenha certeza de que você saiba como aplicar para uma vaga. Pode soar óbvio, mas todo gerente de recursos humanos tem histórias de ser inundado com currículos e cartas de apresentação quando eles apenas solicitaram um application form padrão, ou inundado com currículos em que uma simples pergunta não foi respondida corretamente.

Esta leitura deveria também ser aplicada para as especulações de trabalho. As dicas do que incluir estão todas neste post – então se a vaga está pedindo para habilidades gerenciais ou cinco anos de experiência, por exemplo, tenha certeza de que isso esteja bem claro no currículo. Procure por estas palavras-chave no anúncio da vaga e integre-as com a sua aplicação. Não tem motivo criar um único currículo para todas as vagas que aplicar, pois os recrutadores podem perceber isso a milhas de distância. Um currículo tem de ser específico para cada vaga.

Ter seu currículo atendendo aos padrões também é essencial se você estiver se divulgando por outros meios ao invés de aplicar diretamente para vagas. O site de empregos Indeed, por exemplo, tem uma busca gratuita de CVs para empregadores, que vai buscar currículos usando apenas “o quê” e “onde” em boxes com termos comuns de busca. Então assegure-se que as palavras-chave para suas habilidades estão incluídas, como “gerencial” ou “TI”.

Por qualquer meio que você estiver aplicando para uma vaga, mantenha seu CV simplicado. Profissionais de RH concordam que um CV de mais de três páginas provavelmente vai para o lixo, enquanto respostas muito longas em application forms vão ofuscar suas qualidades-chave. Use bullet points para destacar suas qualidades e habilidades vitais e sua expertise.

Finalmente, lembre-se que pronúncia perfeita, gramática e acentuação são essenciais. Não importa a posição, é sempre bom demonstrar que você é meticuloso, cuidadoso e presta atenção aos detalhes.

Fonte: Jornal Metro UK

Consulado Britânico fecha unidade no Brasil

O Home Office anunciou ontem (14/01) que o Consulado Britânico do Rio de Janeiro vai fechar suas portas dia 27 de fevereiro de 2015. Segundo eles, a decisão faz parte das melhorias na eficiência da emissão de vistos.

A partir de 12 de janeiro, aplicações de visto feitas na América do Sul serão decididas no Consultado Britânico de Bogotá, na Colômbia, pelo UK Visas and Immigration Entry Clearance Officers. Qualquer aplicação feita antes desta data ainda será decidida e processada no Rio de Janeiro.

O impacto desta mudança para clientes será limitada. Aplicantes de visto no Brasil devem continuar a aplicar seus vistos nos Visa Application Centres (VAC), centros de aplicação de vistos para o Reino Unido operados pelos parceiros comerciais do Home Office no Brasil, tanto no Rio de Janeiro, como em São Paulo ou Brasília. Além disso, não será necessário viajar para a Colômbia para cadastrar dados biométricos, pois estes centros vão atender esta demanda.

As aplicações continuarão a ser decididas no período padrão do atendimento ao cliente do Home Office: 15 dias úteis para aplicações que não são para residência permamente no Reino Unido (non-settlement) e 60 dias úteis para aplicações que são para residência permanente no Reino Unido (settlement). Um serviço prioritário continuará disponível nos Visa Application Centres, que têm o objetivo de processar aplicações de visto dentro de 3 a 5 dias úteis.

Conheça 8 lugares incomuns em Londres que não te dão a sensação de estar na capital inglesa

Com a infinidade de coisas para fazer, com o agito diário e tudo sempre em desenvolvimento, a nossa querida Londres ainda separou lugares incríveis para quem está a fim de se sentir fora do território britânico (não que isso seja algo que a gente realmente queira, mas é interessante, no mínimo curioso, sentir-se na Índia em pleno centro de Londres, não?).

Por isso, a gente listou 8 lugares maravilhosos que dão a oportunidade de desfrutar de diferentes arquiteturas, decorações, paisagens e muito mais. Olha só que curioso! Vamos lá!

1-Shri Swaminarayan Mandir é um templo Hindu que, com suas superfícies de mármore polido e colunas ornamentadas, torna o ambiente propício para o silêncio, a reflexão e a oração. Fazendo os seus turistas acreditarem estar na Índia, o adorável Shri Swaminarayan Mandir é um dos maiores templos hindus fora da Índia. Ele foi construído a partir de 2.828 toneladas de calcário búlgaro e 2 mil toneladas de mármore italiano, ambos esculpidos à mão na Índia antes de ser trazido para o seu ambiente atual. Prepare-se para se sentir transportado à India quando você subir os degraus e entrar no espaço principal, regado de santuários de divindades e arquitetura original do país.

2-A segunda dica da LondonHelp4U para você visitar é o Rivoli Ballroom. Com um baile à fantasia mágico, o ambiente sacode o público com os melhores sucessos do rock ‘n’ roll da década de 1950. Coberto de veludo vermelho do chão ao teto, o ambiente é a própria definição de hedonismo. Combinado com os candelabros austríacos, enormes lanternas chinesas e uma decoração pra lá de especial, o ambiente promete uma das noites mais retrôs da sua vida.

3-O Barbican Conservatory, conhecido como o retiro tropical, te teletransporta para uma ilha tropical com suave brisa soprando em seu rosto através das palmeiras, e ao seu lado, um lago cheio de peixes exóticos para caso queira se refrescar. Não é o paraíso? Bem-vindo, voce está no Barbican! O Jardim do Centro Barbican é um oásis escondido. Preenchido com mais de 2 mil espécies de plantas exóticas que caem sobre o concreto,e teletransportam de Londres para uma serenidade tropical.

4-Em seguida, você já ouviu falar no refúgio exótico? Leighton House Museum é o lugar ideal para relaxar. Um palácio turco decorado com luxuosos azulejos é o lugar propício para estar depois de um longo dia de trabalho. Só pra te lembrar, você não está em Istambul, mas sim em Holland Park! Leighton House Museum é a antiga casa e estúdio do pintor pré-rafaelita Frederic Leighton e é descrito como o lugar “onde o Oriente encontra o Ocidente”. A casa e o estúdio estão cheios de pinturas do artista em diferentes momentos da sua vida. O Salão Árabe revestido de azulejos e mosaicos promete fazer você esquecer em que continente você realmente está.

5-A dica também é visitar o templo de arte Rothko. Um refúgio mal iluminado onde você pode considerar algumas das melhores obras de arte do século XX. Parece o paraíso! Algumas pessoas até utilizam a palavra “obra-prima’’ para descrever a série mais famosa do artista americano Mark Rothko. Com iluminações baixas, o ambiente é considerado uma das salas mais tranquilas e bonitas de Londres inteira.

6-Já pensou em visitar o paraíso persa? O restaurante Behesht te leva! Na verdade, você está em Harrow Road, mas a sua sensação será de estar festejando no centro de Teera. O ambiente é coberto por fantasias persas, arte e instrumentos musicais, papagaios em gaiolas e, por incrível que pareça, o restaurante tem atá uma lagoa! Um dos restaurantes iranianos mais famosos de Londres te oferece essa incrível experiência.

7-Você não pode deixar de conhecer a ruína romântica. St Dunstan-in-the-East é um jardim secreto de uma antiga igreja com flores que crescem fora das ruínas pitorescas. Tudo está estruturalmente sólido e idílico. A Igreja foi parcialmente demolida em 1941, mas ao invés de reconstrui-la, derrubá-la ou colocar um Pret a Manger (não existia na época, porque senão esta seria uma ótima ideia), converteram em um espaço verde e tranquilo no meio da cidade. É um ótimo lugar para quem pretende se refugiar pelo menos um pouquinho da agitação do dia a dia!

8-Por último, já experimentou um passeio assustador em Londres? O Terrace Catacombs pode te oferecer um. Uma vez que você está lá dentro, poderá se maravilhar com a bela arquitetura vitoriana. Se você conseguir escapar do medo de estar no cemitério de Highgate, poderá explorar o resto da beleza do ambiente, que guarda os túmulos de Karl Marx e George Eliot.

Conheça as regras para brasileiros que desejam se casar com britânicos

Com o mundo cada dia mais globalizado, diferenças de cultura e de idioma não são mais barreiras entre as pessoas. Por isso mesmo, não é difícil encontrar casais de diferentes nacionalidades dispostosa começar uma nova vida juntos. Se esse for o seu caso, o seu parceiro é britânico e você está planejando se mudar com ele (ou ela) para o Reino Unido, é importante saber de antemão quais os passos que vocês dois deverão seguir se quiserem se tornar marido e mulher.

Se você estiver no Brasil e tiver planos de se casar no Reino Unido com britânico,  você terá, em primeiro lugar, de solicitar para um visto de noiva (ou noivo). Para requerer o visto, você e o seu parceiro precisam ter 18 anos de idade, no mínimo, e ele (ou ela) devem ganhar no mínimo £ 18.600 brutas por ano. Se você tiver filhos de outra união e tiver planos de levá-los ao Reino Unido com você, seu noivo (ou noiva) precisarão comprovar uma renda anual bruta de £22.400, valor que aumenta gradativamente dependendo do número de filhos que você tiver.

O governo também vai exigir de você um nível mínimo de ingles. Para isso, você precisa se submeter a testes que sejam reconhecidos pelo Home Office (órgão do governo que cuida dos assuntos relativos à imigração). No teste, você precisa alcançar, no mínimo, nível A1. A1 é uma espécie de “nota” que examinadores dão aos solicitantes, de acordo com o sistema britânico.

Uma vez emitido o visto de noiva (ou noivo), você poderá se casar no Reino Unido e, dentro do país, solicitar um visto de esposa (ou esposo). Esse visto é geralmente válido por 2,5 anos. Ele permite que você viva e trabalhe legalmente no Reino Unido com seu parceiro.  Esse visto poderá ser renovado por mais 2,5 anos. Uma vez concluídos os cinco anos, você poderá, então, requerer um visto de residência permanente no Reino Unido.

E se o meu parceiro quiser vir ao Brasil para se casar comigo?

Imaginando que o seu parceiro é quem queira viajar para o Brasil para se casar com você, nada mudará. Vocês dois precisam cumprir os mesmos pré-requisitos. A diferença seria que, em vez de ir para o Reino Unido com visto de noiva, você poderá solicitar um visto de esposa (ou esposo) no Brasil.

Precisa fazer o teste A1?

A LondonHelp4U, além de trabalhar com solicitações para obtenção de todos os tipos de visto para o Reino Unido, oferece também o teste de inglês A1. O exame, que vai avaliar sua capacidade de ouvir, compreender e se comunicar em inglês, dura aproximadamente 10 minutos e pode ser feito em diversas datas em Londres, pelo custo de £200 libras. Para saber mais, escreva para info@londonhelp4u.co.uk.

Conheça as lendas e os mistérios do interior da Inglaterra

Se você é apaixonado por passeios históricos, tem paixão por lendas e sempre adorou filmes de reis e cavaleiros, preste atenção neste roteiro cheio de mistério.

Visite Avenbury, o único vilarejo da Inglaterra construído dentro de um círculo de pedras. É neste vilarejo que está localizado o famoso Red Lion Pub, com mais de 400 anos de história. Segundo a lenda britânica, fantasmas costumam “visitar” o local. Enquanto você curte a sua “pint”, nome dado ao chope pelos ingleses, fique de olhos abertos. Com um pouco de sorte, imaginação ou depois de umas cervejas a mais, talvez você consiga ver a mulher mais famosa deste pub, a lady Florre. Depois de a Guerra Civil Inglesa (1642 – 1951), Lady Florre foi assassinada pelo marido ao ser encontrada com um amante. Dizem, no entanto, que apesar do final trágico, lady Florre continua a “passear” pelo pub.

Depois do chope em Avenbury, conheça a mística Stonehenge, considerada patrimônio da Humanidade pela Unesco graças ao sítio arqueológico. Quem for ali, poderá visitar aneis feitos de pedras, erguidos provavelmente no ano 3100 a.C, e construídos possivelmente para a celebração de rituais religiosos.

Para os amantes de histórias de reis e cavaleiros, prato cheio é o passeio a Glastonbury Abbey. A abadia pode ter sido o primeiro local onde o lendário Rei Arthur foi enterrado. Ao nome do rei associam-se figuras como a do mago Merlim, da rainha Guinevere, dos Cavaleiros da Távola Redonda e da espada de Excalibur.

O roteiro também inclui uma noite de hospedagem em um dos hotéis da rede Hilton. Assim, depois desse verdadeiro mergulho no passado, você volta à realidade em alto estilo.

O pacote (£109 libras por pessoa)

  • Primeiro dia  – 25 de maio

Saída  de Londres – a partir das 9h

Visite Glastonbury e conheça as ruínas da abadia de Glastonbury e as paisagens do interior da Inglaterra

Relaxe em um dos hotéis da rede Hilton (o jantar está incluso no preço do pacote)

  • Segundo dia – 26 de maio

Café da manhã no hotel (incluso no preço do pacote)

Visite o sítio arqueológico de Stonehenge (entrada inclusa no preço do pacote)

Passeio guiado pelo vilarejo de Avebury e ao pub “assombrado” Red Lion

Visite West Kennet Long Barrow

Chegada a Londres  – por volta das 19h