O Ano na Imigração: um balanço de 2016 e nossas dicas para o próximo ano

O ano de 2016 não foi fácil na questão imigratória. A votação a favor do Brexit, no Reino Unido, e a vitória de Trump, nos EUA, mostram uma retração na liberdade dos imigrantes, algo visível no mundo todo. Em tempos de crise imigratória como o que vivemos agora, é normal que os países queiram estreitar suas fronteiras. Mas, como ficam os imigrantes que estão dispostos a viver de forma legal e contribuir para o crescimento do país?

Nessa hora,  o seu bem mais valioso é a informação. O seu passaporte de entrada é justamente entender todos os seus direitos naquele país e saber o caminho certo a percorrer para garantir a sua estadia e da sua família.

As leis imigratórias estão em constante mudança. Novas regras surgem todos os meses. A Agência de Imigração Britânica, por exemplo, divulgou uma série de alterações que começaram a valer a partir de 24 de novembro para vistos de trabalho e estudo. Estar a parte dessas informações, significa perder chances e prazos, que podem ser valiosos ao longo da sua vida no exterior.

Nós, que há 15 anos trabalhamos com imigração, sabemos o quanto é importante estar atualizado para não perder uma oportunidade que pode mudar a sua vida. Se os governos tornam-se mais conservadores e contraídos com relação aos imigrantes, é necessário que os mesmos se informem para agir de maneira correta.

A seguir, confira algumas medidas que podem ser tomadas para assegurar a sua vida no Reino Unido, no próximo ano.

– Certificado de Residência: Portadores de passaporte europeu podem tirar esse certificado assim que mudarem para o Reino Unido. Ele poderá dar garantia do seu status imigratório no país após o Brexit

– Residência Permante: Cidadãos com passaporte europeu ou que viveram no Reino Unido por 5 anos como membro da família de um cidadão da Área Econômica Europeia (EEA) podem solicitar um cartão de residência permanente.

– Cidadania Britânica: todos aqueles que tiverem a Residência Permanente, após 1 ano com o documento, podem solicitar a naturalização britânica

Se você deseja mais informações ou precisa de auxílio para realizar os seus processos, entre em contato conosco. Nossos profissionais terão prazer em ajudá-lo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *