Primeiro-Ministro anunciou hoje: vistos para chineses serão válidos no Reino Unido por 2 anos, ao invés de 6 meses

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciou hoje mudanças significativas para os vistos de chineses no Reino Unido. A partir de 2016, os vistos chineses serão válidos no Reino Unido por 2 anos, quatro vezes mais do que o período atual –  de 6 meses. O Governo do Reino Unido planeja também um novo “visto multi-entrada de 10 anos para os turistas chineses, sem nenhum custo extra” – de acordo com o site do governo do Reino Unido.

As mudanças devem trazer vantagens significativas para a economia do Reino Unido. Os novos acordos proporcionarão não só um custo melhor, mas também irão ampliar os pedidos de vistos de 9, para 50 cidades chinesas.

Atualmente, a contribuição anual dos turistas chineses para a economia do Reino Unido gira em torno de 500 milhões de libras, e tem aumento de 35% entre abril e junho deste ano em comparação ao mesmo período do ano passado. A expectativa para 2016, em relação ao setor de turismo, é expandir o valor médio gasto pelos turistas chineses – que é, atualmente,  2.688 libras por visitante. No momento, “cada 22 novos visitantes chineses criam uma nova vaga de trabalho no setor”. Portanto, o Governo espera que a medida aumente a oferta de emprego.

David Cameron disse:

“A China está se tornando um dos nossos mercados de turismo que mais crescem, portanto, tornar a visita dos chineses ao Reino Unido mais fácil e mais conveniente é extremamente importante. É por isso que o anúncio que eu estou fazendo hoje é uma grande notícia para nossa indústria de turismo e uma grande notícia para a economia britânica, permitindo-nos maximizar o poder de compra chinesa ainda mais.”

“Isso significa que o Reino Unido vai ter a melhor oferta na Europa para turistas chineses e vai construir ainda mais, em já nossas fortes conexões, o reforço das relações China-Reino Unido”.

O custo atual de £85 para um visto de seis meses não aumentará quando o novo visto de 2 anos estiver em vigor, em 2016, e nem aumentará no futuro, quando o visto de visitante de 10 anos entrar em vigor.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *