Em comemoração ao aniversário da rainha Elizabeth II, preparamos uma lista de fatos curiosos da vida de Sua Majestade

Nesta semana, dia 21 de abril, a rainha Elizabeth II completou exatos 94 anos de vida. A família real chegou a revelar para jornais que neste ano a reunião foi via vídeo-chamada.  Por conta da pandemia, esta foi a primeira vez na história dela como rainha, quase 70 anos, que não houve as salvas de honra em comemoração e todos atos pela cidade foram cancelados. A comemoração oficial do aniversário, que acontece em junho, também já foi cancelada.

Nesses muitos anos de vida, a rainha Elizabeth tem muitos fatos inusitados e inesperados! Descubra mais sobra Sua Majestade nesta lista com sete fatos curiosos:

 

1) Reinado mais longo da história do Reino Unido

Só durante seu reinado, Elizabeth já viu 7 papas passarem pelo Vaticano, 12 primeiros-ministros na Inglaterra, 12 presidentes nos Estados Unidos e 19 no Brasil. São no total 68 anos no poder. Ela se tornou rainha em 1952 aos 25 anos de idade.

Falta pouco para Elizabeth bater a marca mundial! Na história, há uma divergência nas informações de quem é o reinado mais longo: alguns apontam o rei Louis XIV, da França, que reinou 72 anos, outros apontam Bhumibol Adulyadej, da Tailândia, rei por 70 anos.

2) Ela sabe atirar, consertar carros, dirigir caminhão e é salva-vidas

Sim, estamos falando da rainha Elizabeth mesmo! Em 1945, pouco antes do fim da Segunda Guerra Mundial, Elizabeth fez parte do exército britânico no setor de Serviço Subterritorial. A futura rainha era auxiliar e, ali, treinou como atiradora, motorista de caminhão militar e mecânica. Claro que, ela nunca esteve em frente de batalha, mas foi considerada a única integrante da família real na história a fazer parte das Forças Armadas.

Anos mais tarde e depois da Guerra, Elizabeth também obteve certificado de salva-vidas, quando tinha muito interesse por natação.

3) Já atiraram contra sua carruagem e seu quarto já foi invadido

Um adolescente já atirou contra a carruagem da rainha, em 1981. Mas a arma não estava carregada e o menino foi rendido rapidamente. A reação de Elizabeth na época chamou a atenção: ela apenas ajeitou seu chapéu e continuou o desfile.

Outra situação perigosa que destacou a tranquilidade de Elizabeth foi em 1982, quando um homem com transtornos mentais escalou as paredes do Palácio de Buckingham e entrou nos aposentos da rainha. Ela estava no quarto e começou uma conversa com o homem, com o objetivo de acalmá-lo. A segurança do Palácio conseguiu a tempo encontrá-los no quarto.

 4) Ninguém pode tocá-la

O protocolo é claro: em público, ninguém pode tocar em Elizabeth, exceto seu marido. Mas, assim como muitos protocolos reais britânicos, este já foi quebrado diversas vezes, até por primeiros-ministros e primeiras-damas que já tocaram delicadamente nos braços da rainha.

5) Ela também paga impostos

Voluntariamente, a família real paga impostos normalmente ao governo desde 1992, inclusive imposto de renda e sob ganhos de capital.

6) Ela já teve mais 30 cachorros

Mais de 30 cachorros da raça corgi moraram no Palácio de Buckingham com Elizabeth. E eles eram como príncipes! Todos os dias, os cachorrinhos recebiam menus individuais de alimentação e remédios homeopáticos.

7) É a chefe de Estado que mais viajou o mundo

Mesmo sem passaporte, Elizabeth é a chefe de estado que mais viajou o mundo: 120 países. No total, foram 266 viagens internacionais realizadas durante o reinado.

 

Por Natalia Fernandes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *