O secretário de Comércio Internacional do Reino Unido, Liam Fox, afirmou que uma política de imigração de após Brexit deve favorecer aqueles que querem vir para o Reino Unido em busca de trabalho, porque haverá mais oferta de emprego. “Eu acho que o público pode diferenciar entre pessoas que vêm aqui com um trabalho e estará contribuindo para a economia e aqueles que, no âmbito da livre circulação foram capazes de vir ao Reino Unido e usar nossos serviços públicos, sem jamais ter contribuído para o país”, disse Fox disse a rádio LBC.

“Precisamos olhar no futuro em como nós combinamos nossas oportunidades de emprego com a nossa política de migração”, acrescentou. O governo do Reino Unido é ainda não explicitou que tipo de política de migração quer introduzir depois Brexit, mas segundo o jornal The Guardian, as diretrizes será publicado em no outono. O objetivo do governo é que a imigração líquida caía para o limitado número de 100.000 pessoas por ano, embora o alvo nunca foi alcançado.

Os setores da economia do Reino Unido são dependentes de trabalhadores de outros países da UE, como a agricultura ou cuidados de saúde. Cerca de 5,6% do pessoal de NHS são cidadãos da UE, e tem havido repetidas advertências que a prestação de cuidados de saúde iria ser interrompida se o Reino Unido não pode recrutar facilmente profissionais do exterior.

O político foi um proeminente Brexit durante a campanha do referendo, afirmou que Brexit não é “a única questão que está em discussão” e ressaltou sobre uma visão para conseguir mais empresas de todos os tamanhos para mercados emergentes, incluindo China e África. Ele disse: “é realmente interessante quando eu vou para a China, quando vou a outras partes do mundo, eles falam sobre a economia global, eles falam sobre tarifas, falar sobre os Estados Unidos e a China, eles falam sobre a OMC [Organização Mundial do comércio]. O Brexit é uma questão importante, mas não é a única questão que está lá fora em termos de comércio global.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *