Teste de DNA pode ser solicitado para crianças que solicitarem o passaporte britânico pelo pai

A partir de 10 de setembro de 2015, para solicitações de passaporte britânico para crianças por parte do pai, o Home Office pode requerer o teste de DNA do pai e da criança que constam na certidão de nascimento. Isso significa que apenas o nome do pai na certidão de nascimento não será mais evidência suficiente, a critério do Home Office, para confirmar a legitimidade de ser pai da criança a fim de requerer a cidadania.

A mudança é introduzida pela British Nationality (Proof of Paternity) (Amendment) Regulations 2015, que corrige e atualiza a the British Nationality (Proof of Paternity) Regulations 2006.

IMPORTANTE: as mudanças só terão efeito para certidões de nascimento emitidas após o dia 10 de setembro de 2015. A alteração não afeta filhos ou pais onde a certidão de nascimento foi emitida antes de 10 de setembro de 2015.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *