Tag: Reino Unido

picture of serious businessman on meeting in office

Como trabalhar no Reino Unido sem cidadania europeia

Muitos imigrantes brasileiros que não possuem cidadania europeia, ficam em dúvida quando vão procurar trabalho no Reino Unido. Não sabem ao certo para qual trabalho podem se candidatar e qual o visto que tem que ser solicitado. A seguir confira os tipos de visto concedidos para trabalho na Inglaterra.

Tier 2
O visto Tier 2 é um dos mais abrangentes. Podem se candidatar profissionais que tenham recebido proposta de emprego de qualquer empresa do Reino Unido. Essa empresa emitirá um certificado de patrocínio (certificate of sponsorship), que confirma ao governo a vaga e o salário oferecidos ao candidato. Também é necessário ter um salário mínimo anual. O visto tem duração de 5 anos. É necessário comprovar um nível de inglês mínimo B1. O portador do Tier 2 tem o direito de trazer membros da sua família para morar na Inglaterra como seus dependentes.

Tier 5
Estão nessa categoria artistas, desportistas, autoridades religiosas, funcionários que trabalham para governos estrangeiros, trabalhadores voluntários, dentre outros. É necessário ter um “patrocinador” que se responsabilize pelos custos de sua estadia e/ou pagamento de salário, através da emissão de um certificado de patrocínio (certificate of sponsorship), que confirma ao governo a vaga oferecida e as condições. Ao contrátio do Tier 2, não é necessário comprovar nível de inglês. O visto tem validade de 1 ano e pode se renovar por mais 1 ano em algumas hipoteses. Da mesma maneira que o Tier 2, o portador tem o direito de trazer sua família para morar no Reino Unido.

Tier 4
Esse tipo de visto é aplicável para estudantes universitários. Para estudantes de cursos de inglês ou de cursos de curta duração ele não é válido. Os estudantes de Graduação tem a permissão de trabalhar até 20 horas por semana durante o período letivo. Já nas férias, é possível trabalhar em período integral, até 40 horas por semana.

Aplicação para Vistos de Trabalho

Se você tem dúvidas com relação aos seus direitos de trabalhar no Reino Unido ou deseja fazer seu visto o mais rápido possível, entre em contato com a gente. A LondonHelp4U é uma empresa de imigração com 15 anos de experiência em processos de vistos para o Reino Unido. Nossa missão é ajudar os imigrantes brasileiros e tornar seus processos burocráticos mais fáceis e rápidos.

Quer falar com a gente? Nos contate por telefone  HelpLineUK 24h + 44 75 85668158  ou +44 0207 636 8500 (Reino Unido) ou por e-mail info@londonhelp4u.co.uk .Tire suas dúvidas e marque uma consulta. Para mais dicas e informações sobre imigração, acompanhe nossas redes sociais e nosso website.

United Kingdom Flag waving on wind.

Please see all series in my portfolio.

Mudanças nas regras de Imigração britânica para vistos de trabalho e estudo

O governo britânico, através da Agência de Imigração do Reino Unido (UK Agency Border), anunciou algumas novidades nas regras de imigração que afetarão os pedidos de visto ou cidadanias a partir de 24 de novembro. Entre as boas notícias está que a permissão de número de vagas para graduados em programa de trainee aumentou. Confira a seguir as principais alterações:

Visto Tier 2
Este visto é aplicável para profissionais qualificados que desejam trabalhar no Reino Unido. As mudanças foram feitas nos limites dos salários exigidos para a obtenção do visto. Para trabalhadores experientes o salário mínimo aumentou para £ 25.000 anuais. Já para profissionais recém-formados, em programa de trainee, o salário mínimo exigido diminuiu para £ 23.000 e o número de vagas aumentou. Cada empresa poderá empregar até 20 profissionais estrangeiros por ano como trainee.

Requisito do idioma Inglês
Tal como foi anunciado em janeiro deste ano, será introduzido um novo requisito de língua inglesa, nível A2, para os imigrantes não pertencentes à União Europeia.  O nível A2 será exigido para aqueles que estão no Reino Unido como membros de família e que desejam estender seu visto após 2,5 anos no país, com a intenção de completar 5 anos em solo britânico. A mudança será realizada a partir de 1 de maio de 2017.

Visto Tier 4
Esse visto é necessário para cursos superiores, como graduação ou mestrado, ou para cursos com duração superior a 11 meses. Uma série de mudanças serão feitas, incluindo alterações à regra de progresso acadêmico, requisitos de manutenção para o Programa de Extensão de Doutorado e provas de qualificações no exterior.

Trabalhador doméstico
Nessa categoria se enquadram pessoas que vem empregadas com famílias já de outros países para trabalhar no Reino Unido em funções domésticas. Agora, não existe mais limite de idade para aplicar para um visto como domestic worker.

Se você quiser conferir todas as alterações, tem dúvidas sobre as informações acima ou deseja aplicar para alguns dos vistos citados, entre em contado com a LondonHelp4U.Temos 15 anos de experiência em processos de visto e cidadanias para o Reino Unido.

Quer falar com a gente? Nos contate por telefone HelpLineUK 24h + 44 75 85668158 ou +44 0207 636 8500 (Reino Unido) ou por e-mail info@londonhelp4u.co.uk .Tire suas dúvidas, marque uma consulta, torne processos burocráticos fáceis e rápidos com a ajuda da #LH4U.Para mais dicas e informações sobre imigração, acompanhe nossas redes sociais e nosso website.

Young businesswoman sitting at workplace and looking at camera in office

Garanta seu visto com empreendimentos no Reino Unido

Se você deseja empreender no Reino Unido, saiba que os seus investimentos podem dar direito a vistos de permanência no país. O governo britânico oferece Vistos de Negócios para quem faz investimentos no país, seja através da abertura de empresas ou de investimentos em empresas já existentes.

Os Vistos de Negócios se enquandram na categoria Tier 1, que é aplicável para investidores e empresários. Confira quais são as qualificações necessárias para aplicar para esse tipo de visto.

Visto de Empreendedor
Se encaixam nessa categoria profissionais não europeus que querem investir no Reino Unido, ou assumir e estar ativamente envolvidos na gestão de uma empresa em território britânico. É preciso ter um capital de, no mínimo, £200,000.

Quanto você pode ficar
Este visto tem validade de 3 anos e 4 meses. Você pode aplicar para estender o seu visto por mais 2 anos. Após 5 anos, é possível aplicar para o visto definitivo “Indefinite Leave to Remain”.

O que você pode fazer:
– Abrir ou assumir a gestão de um negócio
– Trabalhar para o seu próprio negócio, incluindo como autônomo
– Trazer membros da sua família para morar no Reino Unido

Também se enquadram no Tier 1 as seguintes categorias:
Investidores –  Essa categoria é válida para indivíduos de alto patrimônio líquido que querem fazer um investimento financeiro substancial no Reino Unido. É preciso ter capital de, no mínimo, £2,000,000 .

Estudante Empreendedor – Não-europeus diplomados e identificados por instituições de ensino superior como portadores de ideias inovadoras ou habilidades empreendedoras podem aplicar para esse visto. Esses indivíduos podem prolongar a sua estadia no Reino Unido após o término de seus estudos. É preciso obter um investimento mínimo de £50,000.

Se você deseja aplicar para os Vistos de Negócio, entre em contato com a LondonHelp4U, temos 15 anos de experiência em processos de visto para o Reino Unido. Nosso profissionais te ajudarão durante todo o processo.

eu-1473958_1280

Início do Brexit terá que passar por voto no Parlamento

O Supremo Tribunal de Justiça de Londres decidiu que o Parlamento Britânico tem que votar sobre o início do processo de saída do Reino Unido da União Europeia.

A primeira-ministra Thereza May queria acionar o artigo 50 do Tratado de Lisboa até o final de março de 2017 para dar início ao processo de desligamento do Reino Unido da UE, sem passar a decisão pelo Parlamento. Porém, o tribunal não aceitou a decisão e poderá adiar a saída do grupo.

“O Tribunal não aceita o argumento do Governo”, anunciaram os três juízes do Supremo Tribunal, alegando que se o Reino Unido aderiu à União Europeia por decisão do Parlamento, só o mesmo Parlamento pode decidir sobre a saída.

“A regra mais fundamental da Constituição da U.K é que o Parlamento é soberano e pode fazer e desfazer qualquer lei que escolher. A soberania do Parlamento foi estabelecida por centenas de anos pela Coroa, ou seja, o governo atual não pode anular a legislação promulgada pelo Parlamento”, concluiram os juízes.

O Secretário de Comércio Internacional, Liam Fox, declarou, de acordo com o jornal “The Guardian”, que o Governo está desapontado com a decisão do Supremo e que irá recorrer.

Embora a maioria dos legisladores se opusesse à decisão de deixar a União Européia, seria politicamente perigoso para eles derrubarem o resultado do referendo. Vale lembrar que o Partido Conservador de Thereza May tem apenas 329 assentos dos 650 do Parlamento.

Nigel Farage, líder do partido UKIP, favorável ao Brexit, diz que o país “caminha para um meio-brexit” e que está “cada vez mais preocupado” por conta da possibilidade do parlamento travar a decisão de saída do referendo.

Ainda segundo o “The Guardian’, o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, falará com Theresa May esta sexta-feira, a seu pedido. Porém, o porta-voz da comissão não comentou sobre a decisão do Supremo. “Não vamos comentar sobre assuntos que dizem respeito à ordem legal e constitucional dos Estados-membros”.

As negociações para a saída do Reino Unido não podem começar antes do artigo 50 ser acionado. Após iniciado, o processo deverá ser concluído em dois anos.

Young businesswoman sitting at workplace and looking at camera in office

Direitos das crianças: quem pode frequentar as escolas públicas do Reino Unido

Muitos imigrantes que moram no Reino Unido e tem filhos em idade escolar, tem dúvidas quanto aos direitos das crianças frequentarem as escolas dos países que compõe o grupo.

 “O Reino Unido faz parte da Convenção das Nações Unidas pelos Direitos das Crianças, da Unicef, o que garante que os direitos das crianças de frequentarem a escola sejam respeitados, independente da sua condição imigratória”, explica Francine Mendonça.

São duas as opções de escolas no Reino Unido: as State Schools, que são as escolas públicas nas quais não se paga para estudar e as Public Schools, que são o correspondente das escolas particulares brasileiras.

Na maioria dos casos, crianças imigrantes que moram no Reino Unido, entre 5 e 16 anos de idade, podem frequentar as escolas primária e secundária do governo, sem ter que pagar nenhuma mensalidade. Os pais ou responsáveis por elas devem aplicar para as admissões através do Schools Admissions Code e assegurá-las que elas tenham educação em tempo integral.

No entanto, algumas crianças não tem direito a frequentar as escolas públicas:

– crianças não pertentes a União Europeia que estão no país por um curto período: são aquelas que moram fora do Reino Unido e entraram no país com o visto de visitante, como turistas ou para visitar parentes

– crianças não pertencentes a União Europeia que estão no Reino Unido com o visto de estudante: essas crianças tem direito de estudar na Inglaterra por conta própria, numa escola paga e não pública

Antes dos 4 ou 5 anos, a criança pode frequentar creches (nurseries ou childminders) mediante pagamento, pois nessa faixa de idade todas as opções são privadas.

Se você tem dúvidas com relação aos direitos dos seus filhos, entre em contato conosco. A LondonHelp4U é uma empresa de imigração com 15 anos de experiência em processos de vistos para o Reino Unido. Nossa missão é ajudar os imigrantes brasileiros a terem  acesso ao Reino Unido e tornar seus processos burocráticos no país mais fáceis e rápidos.

Quer falar com a gente? Tire suas dúvidas e marque uma consulta. Nos contate por telefone: HelpLineUK 24h + 44 75 85668158 ou +44 0207 636 8500 ou por e-mail info@londonhelp4u.co.uk . Para mais dicas e informações sobre imigração, acompanhe nossas redes sociais e nosso website.