Tag: visto de trabalho

Novas regras para o visto Tier 1 – talento excepcional

Giselle Ribeiro

Caro leitor, pequenas alterações à rota de visto “talento excepcional” – Tier 1 entraram em vigor. As alterações têm por objetivo clarificar as regras deste percurso e tornar mais fácil para os candidatos devidamente qualificados requererem um visto nessa categoria. As alterações incluem:

• Fica estipulado que a categoria Tier 1 “talento excepcional” não se aplica ao campo das artes

• O alargamento da elegibilidade, permitindo Tier 2 (Geral) e pesquisadores patrocinados pelo Tier 5 (trabalhador temporário) à mudarem para a rota Tier 1, enquanto no Reino Unido

Vale lembrar que se você deseja aplicar para o Tier 1 você deve atingir a marca de 75 pontos. Para tal, será preciso um endosso de um “orgão designado competente”, caso queira saber mais sobre esses órgãos favor entrar em contato conosco. Tais órgãos é que irão julgar se você é internacionalmente reconhecido(a) em seu campo de trabalho.  Ademais, pode ser que você precise cumprir uma exigência adicional na sua aplicação caso tenha estudado recentemente no Reino Unido, e recebido patrocínio financeiro do governo ou de uma agência de bolsas de estudos internacional. Você vai precisar registrar as impressões digitais e fotografia facial, mais conhecido por  ‘informação biométrica , como parte de sua aplicação.

Se você já reside no Reino Unido sob a categoria de visto Tier 1 “talento excepcional”  você pode prolongar a sua estadia. No entanto, terá que marcar um total de 85 pontos; onde 75 pontos serão atribuídos à sua situação econômica ativa, em seu campo de atuação profissional, previamente aprovado pelo corpo competente. Os 10 pontos restantes serão atribuídos de acordo com a sua capacidade de domínio da língua.

No entanto, como mencionado anteriormente, talvez seja necessário atender a requisitos adicionais caso você tenha recebido patrocínio financeiro como estudante no Reino Unido. Se for o caso, o patrocinador financeiro deverá dar o seu consentimento incondicional para você entrar ou permanecer no Reino Unido, do contrário seu visto poderá ser recusado.

O consentimento deve ser dado por escrito, em papel timbrado com carimbo oficial da organização, e emitido por um funcionário autorizado do órgão. Você deve atender este requisito adicional caso tenha sido patrocinado financeiramente pelo governo ou uma agência de bolsa internacional para estudar no Reino Unido durante os últimos 12 meses:

• Sob o Tier 4 (Geral) do sistema baseado em pontos, ou

• Como um estudante de cursos temporários, cursos de enfermagem, estudante escrevendo uma tese, médico em pós-graduação, dentista ou estudante em período sabático. Se você deseja aplicar ou renovar o seu visto nesta categoria nós podemos ajudá-lo, entre em contato nós garantimos nossos serviços.

Fonte: UKBA

Governo britânico extingue visto para 27 áreas profissionais

O Governo britânico está empenhado em reduzir a imigração para níveis considerados por ele como sustentáveis. Em um momento de alto desemprego, o governo acredita ser certo os empregadores no país procurarem primeiro mão-de-obra no mercado local. Ao mesmo tempo, entende que os trabalhadores qualificados do exterior podem desempenhar apoio importante na economia britânica.

Diante disso, o governo encomendou ao Comitê Consultivo para Migração (MAC) um estudo sobre o limite anual de imigrantes sob o visto do Tier 2 para o anuênio 2012/13. O estudo recebeu informações de mais de 130 organizações de  todo o Reino Unido. Após cuidadosa consideração do relatório, o governo decidiu que o limite de Tier 2 (Geral) permanecerá em seu atual nível de 20.700 aceitações de vistos para 2012/13 e 2013/14.

No entanto, esta mudança resultou em 27 ocupações que não serão mais elegíveis ao visto sob o Tier 2. Entre eles estão técnicos de TI e gestores de segurança, ou seja, esses postos de trabalhos não serão mais abertos aos trabalhadores vindos de países não pertencentes à Comunidade Européia. Por outro lado, ocupações altamente qualificadas, como engenheiro, professor, arquiteto, ou químicos ainda estarão disponíveis. Mas o governo britânico fez uma alteração que também atinge estes trabalhadores: elevou o nível de competência mínima para um trabalho qualificado de nível 4 para nível 6, ou seja, não serão mais aceitos apenas diplomas de Segunda Grau. O candidato deverá apresentar diploma universitário.

 Também as regras para posições com salários altos – em torno de  £ 70.000 – e trabalhos que requerem doutorado serão flexibilizadas. Isso vai reduzir a burocracia, uma vez que as empresas não precisarão mais anunciar vagas através JobCentrePlus, onde por sinal, não são susceptíveis em obter candidatos a esses tipos de postos. Porém, ainda terão que anunciar a vaga, mas de forma mais ampla e seguindo o Código de Prática do Reino Unido. Para os candidatos em potencial é necessário que falem inglês em um nível intermediário e a proposta salarial do emprego deve estar em acordância aos requisitos específicos do cargo no país.  

Essas novas regras já foram aprovadas e já fazem parte da lei imigratória desde o dia 6 de abril. A data foi, inclusive, considerada como o início do calendário anual do Home Office para aplicações dos vistos para o Tier 2. Porém, elas entrarão efetivamente e definitivamente em vigor a partir do dia 14 de junho, pois o Home Office entende que as empresas precisam de um tempo hábil para se adequarem, assim também como os imigrantes candidatos às vagas.

 Ocupações extintas para vistos

 Gestores de clientes
Gerentes de escritório
Gestores de segurança
Gestores da saúde
Gerentes de asilos e creche
Gerentes de produção animal, silvicultura e pesca
Gerentes da área de eventos e exposições
Gerentes de imobiliárias
Gestores de empresas de reciclagem
Tecnólogos e técnicos de arquitetura urbanismo

Inspetores de construção
Técnicos de Operações de TI
Paramédicos
Técnicos da área médica e odontológica
Oficiais do navio

Estimadores e avaliadores
Técnicos financeiros e contábeis
Compradores e diretores de compras
Profissionais de marketing e associados
Oficiais de proteção ambiental e conservação
Profissionais de nível intermédio de serviços públicos
Consultores e especialistas em orientação profissional
Examinadores legais
Higienistas ocupacionais e escritórios de segurança (saúde e segurança)

 Ocupações de alta qualificação em escassez no Reino Unido

 Engenheiros de planejamento e controle de qualidade
Profissionais de software
Médicos
Psicólogos
Farmacêuticos / farmacologistas
Dentista
Veterinários
Profissionais docentes universitários
Professores do ensino secundário
Professores do ensino básico e de educação infantil
Profissionais da educação para portadores de necessidades especiais
Pesquisadores científicos
Pesquisadores das ciências sociais
Advogados, juízes e médicos legistas
Contabilistas
Assistentes sociais
Oficiais de liberdade condicional
Bibliotecários
Arquivistas e curadores
Parteiras
Enfermeiros
Radiologistas
Pedicuro
Fisioterapeutas
Fonoaudiólogos
Terapeutas ocupacionais
Jornalistas, editores de jornais e periódicos
Pilotos de aeronaves e engenheiros de vôo
Especialistas em Tributação

Vale lembrar que a LondonHelp4U tem uma equipe de consultores em imigração devidamente registrados e reconhecidos pelo governo britânico. Além disso, somos agente EnglishUK autorizado, por essa razão tivemos 100% de sucesso em nossos pedidos de visto em 2011. Não confie seu sonho em mãos despreparadas, faça-nos uma visita e garanta seu futuro!

 

Fundos necessários para solicitação de vistos sofrerão reajustes a partir de Junho

 Giselle Ribeiro

A partir do dia 14 de Junho, as economias pessoais em conta bancária que você deve ter em suporte à aplicação para os vistos Tier 1, 2 e 5 sofrerão reajustes. Se você pretende solicitar visto, ou renovar, garanta os recursos em sua conta o mais rápido possível, pois o Home Office exige estes fundos meses antes do requerimento do visto. Confira a seguir as explicações sobre qual categoria se encaixa em cada Tier, e também a tabela dos reajustes.

TIER 1

A categoria de vistos Tier 1 contém as seguintes subcategorias de imigrantes:

  • Empreendedor – Pessoas que querem montar ou participar ativamente na execução de negócios.
  • Investidores –  investimento financeiro deve ser substancial.
  • Empresário com pós-graduação – Pessoas que querem trabalhar aqui depois de recentemente terem se formado em uma universidade do Reino Unido.
  • Geral – Trabalhadores altamente qualificados.

A partir do dia 6 de abril, também estará incluída a categoria ‘ talento excepcional’ – indivíduos com o potencial de líderes no campo da ciência e das artes.

 Pedidos recebidos
antes do dia 14 de
vJunho
 Pedidos recebidos
em ou após o dia 14 de
Junho
Aplicações para visto
sob o Tier 1 – autorização
de entrada

£ 2,800

£ 3,100

Para imigrantes que já
estão no Reino Unido

£ 800

£ 900

Dependentes de imigrantes
que estão no Reino Unido
há menos de 12 meses

£ 1,600

£ 1,800

 Dependentes de Imigrantes

£ 533

£ 600

TIER 2

Os vistos da categoria Tier 2 seguem a norma dos “trabalhadores altamente qualificados” e estes, por sua vez, devem ter uma oferta de emprego de um patrocinador licenciado e um certificado válido de patrocínio, e passar uma avaliação baseada em pontos. Estão dentro dessa categoria os imigrantes ligados às instituições religiosas como: ministros, pastores, padres; atletas; e trabalhadores que foram transferidos pela empresa onde trabalham. E, finalmente, os estrangeiros que tenham sido oferecidos um trabalho qualificado a fim de preencher uma lacuna no mercado de trabalho que não pode ser preenchido por um trabalhador britânico ou europeu .

 Pedidos recebidos
antes do dia 14 de
Junho
 Pedidos recebidos
em ou após o dia 14 de
Junho
Aplicações para vistos
sob o Tier 2

£ 800

£ 900

Dependentes de Imigrantes
que estão no Reino Unido
há menos de 12 meses

£ 1,600

£ 1,800

Dependentes de imigrantes

£ 533

£ 600

 

TIER 5

Se aplica aos imigrantes com oferta de emprego de um patrocinador licenciado. São os chamados trabalhadores temporários, que são:

  • Artistas e esportistas – tempo de trabalho por até 12 meses. Desportistas devem ser estabelecidos internacionalmente ao mais alto nível, ou o seu trabalho deve oferecer uma contribuição significativa para o desenvolvimento e o funcionamento do desporto.
  • Trabalhadores de entidades assistenciais – o trabalho deve ser voluntário e não remunerado para uma instituição de caridade, e deve estar diretamente relacionado ao trabalho da organização patrocinadora.
  • Trabalhadores religiosos – pastores ou pessoas que vão trabalhar em uma ordem religiosa.
  • Trabalhador temporário cujo intercâmbio foi autorizado pelo governo britânico – são esquemas que visam compartilhar a prática de conhecimentos e troca de experiências.
  • Trabalhador temporário com acordo internacional –  estão incluídos funcionários de governos estrangeiros e organizações internacionais, e os funcionários privados em residências diplomáticas.
 Pedidos recebidos
antes do dia 14 de
Junho
 Pedidos recebidos
em ou após o dia 14 de
Junho
 Aplicações para o
visto sob o Tier 5

£ 800

£ 900

Imigrantes que estão
no Reino Unido há
menos de 12 meses

£ 1,600

£ 1,800

Dependentes de imigrantes
para o visto Tier 5

£ 533

£ 600

A LondonHelp4U pode ajudar todas as pessoas interessadas em obter todos os tipos de visto para o Reino Unido. Com uma equipe de consultores em imigração devidamente registrados e reconhecidos pelo governo britânico, obtivemos 100% de sucesso em nossos pedidos de visto em 2011. Confie o seu futuro em quem sabe o que faz!

 

Mudanças radicais nas regras para obtenção de residência no Reino Unido

Como parte do compromisso do governo em rever o sistema de imigração, o Home Office está modificando uma série de leis. Recentemente, foram alteradas leis relacionadas aos vistos de trabalhadores domésticos, obtidos sob o Tier 5. Na semana passada foi a vez da lei que autoriza a residência automática de profissionais qualificados, os chamadas skilled workers.  As alterações feitas atingem os imigrantes qualificados que vêm para o Reino Unido sob o visto Tier 2 do sistema baseado em pontos. Ou seja, não será mais concedido o visto  de residência apenas com base no tempo em que os mesmos estão vivendo no país.

Agora, o imigrante terá que apresentar um novo limite de remuneração mínimo para ser autorizado a permanecer no Reino Unido. Na visão do Home Office, as novas regras vão quebrar a ligação entre chegar ao Reino Unido para trabalhar e ficar para sempre. Pessoas excepcionalmente talentosas, investidores e empresários continuarão a ter a opção de ficar. Trabalhadores qualificados temporários que queiram candidatar-se terão que ganhar pelo menos 35 mil libras anuais, ou mais, para ficar.  Os imigrantes que fazem trabalhos que estão em falta, os cientistas e pesquisadores em nível de doutorado serão isentos do limite.  Já a autorização temporária para entrar e permanecer no Reino Unido será limitada a 6 anos, para reforçar o caráter temporário do Tier 2. É, sem dúvida, uma alteração radical no sistema de visto. Como o próprio Ministro da Imigração, Damian Green, disse: “As reformas do sistema de imigração vão assegurar que estamos mais seletivos não só sobre aqueles que estão autorizados a vir aqui, mas também aqueles que têm permissão para ficar permanentemente.”

Com as novas regras, o governo pretende:

  • Continuar a fornecer  visto de residência para investidores, empresários e imigrantes excepcionalmente talentosos sob o Tier 1.
  • Continuar a fornecer residência para os melhores imigrantes sob o Tier 2, desde que estes apresentem um patamar salarial mínimo de 35 mil libras anuais.
  • Permitir que aqueles que entrarem com PhD, em nível científico e de pesquisa, obtenham a residência sem ter que cumprir o limite de 35 mil libras de salário mínimo.
  • Trabalhadores em empregos de ocupação atualmente em escassez de especialistas, incluindo enfermeiras, professores e assistentes sociais, estão isentos de apresentar o mínimo salarial de 35 mil libras para adquirir a residência.
  • Consentir aos imigrantes sob o Tier 2 estender a permissão temporária para permanecer no Reino Unido até ao máximo de 6 anos, e introduzir um período de 12 meses para o ‘cancelamento` da mesma.
  • Manter o visto para os trabalhadores domésticos em domicílios particulares, mas só quando estes acompanham o empregador, e limitando a estadia para 6 meses com o direito de mudar de empregador.
  • Manter o visto atual de entrada de funcionários particulares em residências diplomáticas sob Tier 5 (trabalhador temporário – acordo internacional), com uma estadia máxima de 5 anos e sem capacidade de mudar de empregador ou fixar residência.

O governo britânico também pretende fazer mudanças nas regras de visto para grupos específicos de profissionais obterem a permissão de trabalho sem necessidade de apresentar um patrocinador. Mas por tempo limitado de até um mês, e desde que trabalhem “sem pagamento”.  Segundo o Home Office, o governo está reformando todas as rotas de entrada para o Reino Unido a fim de reduzir o número de imigrações, restringindo o direito ao trabalho para imigrantes de fora da União Europeia, assim como seu direito de permanência. A LondonHelp4U tem uma equipe de consultores em imigração registrados e reconhecidos pelo governo britânico. Por essa razão, tivemos 100% de sucesso em nossos pedidos de visto em 2011. Não confie seu sonho em mãos despreparadas, faça-nos uma visita e garanta seu futuro!

Governo Britânico implementa novas regras para beneficiar apenas os melhores estudantes e conter o abuso

Com o objetivo de reduzir o abuso no visto de estudante e garantir apenas que os melhores e mais brilhantes estudantes internacionais permaneçam para trabalhar no Reino Unido, o ministro da imigração, Damian Green, anunciou novas regras, que entrarão em vigor em poucas semanas. Atualmente, os estudantes podem trabalhar por 2 anos após os seus estudos terem sido concluídos, sob o Tier 1 (trabalho pós-estudo). Mas a partir do dia 06 de abril, um sistema mais seletivo entrará em vigor. Somente os estudantes mais talentosos poderão pedir para ficar no Reino Unido para fins de trabalho. Somente aqueles que se formarem em uma universidade, e apresentar uma oferta de trabalho qualificado, com um salário de pelo menos 20 mil libras (ou mais, em alguns casos) feita por um empregador respeitável credenciado pela Agência de Fronteiras do Reino Unido, serão capazes de continuar a viver e trabalhar no país a fim de beneficiar a economia britânica.

As regras são parte de uma reforma radical do sistema de visto de estudante do governo que tem como meta:

  • Incentivar o crescimento – o governo britânico abrirá um sistema de “Estudante Empreendedor”, com até 1.000 vagas para estudantes internacionais que trabalham em idéias inovadoras e querem ficar para desenvolvê-las, mas não atendem aos requisitos do Tier 1 (Empreendedor);
  • Impulsionar a economia – os jovens empresários ou diretores de pequenas empresas terão a chance de ficar no Reino Unido depois de terminados seus estudos, mas devem comprovar 50 mil libras para investir em seus negócios;
  • Garantir que os alunos possam se sustentar – pela primeira vez, desde 2008, haverá um aumento na quantidade de dinheiro que os estudantes e imgrantes, juntamente com seus dependentes, devem comprovar;
  • Evitar o abuso – restringir estágios a um terço para os estudantes internacionais que estudam apenas cursos que não sejam de graduação universitária. Isso vai garantir que aqueles que vêm para o Reino Unido estão aqui para estudar, e não trabalhar (como foi frequentemente o caso no passado). Além disso, o tempo que pode ser gasto em um curso de graduação será restrita a um limite de 5 anos.

Se você se encaixa nos requisitos do Tier 1 fique atento ao seguintes detalhe:

A partir do dia 6 abril, o Home Office deixará de manter os requerimentos abertos pelos empreendedores com pedidos de extensão para o visto com base no Tier 1, enquanto o requerente busca os documentos comprovativos. Atualmente, o órgão mantém os requerimentos em aberto para o estrangeiro levantar as evidências de que foi registrado como diretor ou autônomo, no Reino Unido nos 3 meses anteriores à aplicação. Como o Home Office observou que tal procedimento, introduzido em 2008, não estava sendo utilizado, fez a retirada do serviço. Se você se candidatar a partir de 6 de abril deverá fazê-lo já com todos os seus documentos em mãos, incluindo a evidência dos registros citados acima. A LondonHelp4U tem uma equipe de consultores em imigração devidamente registrados e reconhecidos pelo governo britânico. Além disso, somos agente EnglishUK autorizado, por essa razão tivemos 100% de sucesso em nossos pedidos de visto em 2011. Não confie seu sonho em mãos despreparadas, faça-nos uma visita e garanta seu futuro!