MINUTO LEGAL: a última semana de UK na UE

Os membros do Parlamento Europeu apoiaram os termos da saída do Reino Unido da UE. Os eurodeputados ratificaram o Acordo de Retirada do Brexit por 621 votos a 49, após um debate emocional em Bruxelas. As informações são de BBC.

*

Confuso com a saga de 1.300 dias do Brexit? Entenda como e por que aconteceu, e o que pode ser esperado em 2020 e depois. As informações são de The Guardian.

*

O que acontece depois que o Reino Unido deixa a UE? Às 23 horas do dia 31 de janeiro de 2020, o Reino Unido deixará oficialmente a União Europeia. Nos termos do Acordo de Retirada, o Reino Unido entrará em um período de transição cumprirá as regras da UE, apesar de não ser mais um membro. As informações são de iNews.

*

Os principais cientistas devem receber vistos rápidos para a Grã-Bretanha, enquanto os ministros finalizam os planos para reduzir a migração pouco qualificada da União Europeia. As informações são de Daily Mail.

*

Relatório do Migration Advisory Committee (MAC): avaliação e recomendações sobre o sistema baseado em pontos e limites salariais para imigração. As informações são de GOV.UK.

*

As negociações sobre a relação pós-Brexit do Reino Unido com a UE começarão em 3 de março, mais de um mês após a saída do Reino Unido do bloco. As informações The Guardian.

*

Os líderes empresariais do Reino Unido receberam com satisfação propostas para reduzir o controverso teto salarial para £ 25.600, para trabalhadores imigrantes que vêm para preencher empregos no Reino Unido. Mas as empresas ainda temem a falta de pessoal em alguns setores em que os empregadores já lutam para encontrar trabalhadores. As informações são de Yahoo News.

*

Em relatório de 271 páginas, o migration advisory committee (Mac) não apóia um sistema australiano baseado em pontos. Em vez disso, recomenda um sistema misto, que contaria com um limite mínimo de salário para as pessoas que vêm ao Reino Unido, com uma oferta de emprego e um sistema baseado em pontos para trabalhadores qualificados que chegam ao Reino Unido sem um emprego arranjado. As informações são de The Guardian.

*

Cidadãos britânicos correm para se estabelecer na Espanha antes de perderem seus direitos como cidadãos da UE em 31 de dezembro. As informações são de The Guardian.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *